Posts Tagged ‘Servas’

Governo Anastasia autoriza uso de terreno do Servas para sede do Grupo Galpão

abril 19, 2011

O prédio será construído de acordo com o conceito de arquitetura sustentável

O governador Antonio Anastasia e a presidente do Serviço Voluntário de Assistência Social (Servas), Andrea Neves, participaram nesta terça-feira (19), de solenidade que autoriza o uso de parte do terreno onde funciona o Centro Mineiro de Referência em Resíduos (CMRR), pertencente à instituição, para uso do Grupo Galpão, uma das mais importantes companhias de teatro de Minas Gerais e do país. No local, funcionarão a nova sede do grupo e as novas instalações do Galpão Cine Horto – Espaço de Criação, Formação e Memória do Grupo Galpão -, onde serão oferecidas atividades gratuitas para formação de profissionais e de público.

“É uma parceria fundamental, primeiro para lembrar que aqui, no Centro Mineiro de Referência em Resíduos, já temos algo que é muito bonito. Aqui colocamos alunos, pessoas vinculadas à reciclagem, aqueles que antigamente se chamavam catadores, mas são fundamentais em nossa sociedade, que pegam aquilo que era chamado lixo, mas são bens que podem ter uma grande utilidade e uma beleza muito especial, de grande criatividade. É significativo poder conciliar esse espaço com um grupo tão importante da cultura mineira, que é o Grupo Galpão, referência brasileira e até internacional que temos em Minas Gerais”, disse o governador Anastasia.

O governador Antonio Anastasia destacou a importância da parceria com o Grupo Galpão para a formação de profissionais e na geração de empregos de qualidade.

“Além da formação de pessoas e da cidadania, contamos com a qualificação das pessoas e aqui volta o que é a obsessão fundamental de meu governo, a geração de empregos de qualidade. A cultura é uma indústria extremamente poderosa. Temos uma grande potencialidade em tudo que se refere ao conhecimento, à criatividade, à arte, ao empreendedorismo”, afirmou Anastasia.

Prédio verde
A nova sede do Grupo Galpão contará com teatro para 400 lugares, auditório, Centro de Pesquisa e Memória do Teatro, salas de aula, atelier de figurino, alojamento, praça de apresentações de espetáculos de rua, café, loja, além de estacionamento para 90 carros.

O novo espaço cultural será construído de acordo com o conceito de arquitetura sustentável. Com quatro andares, a construção terá sua fachada rodeada por “cortinas verdes”, formada por pequenos arbustos de bambu, que reduzirá a necessidade do uso de ar-condicionado.

O projeto, assinado pelos arquitetos Mariza Machado e Fernando Maculan, também prevê o reaproveitamento de água da chuva e acessibilidade para deficientes físicos. O prédio será construído em área de 2.055 metros quadrados, onde hoje funciona um estacionamento. A área será cedida ao Grupo Galpão por 25 anos.

A presidente do Servas, Andrea Neves, afirmou que a presença do Grupo Galpão ao lado do Centro Mineiro de Referência em Resíduos reforça o compromisso do Governo de Minas com o meio ambiente e o desenvolvimento social, buscando formas inovadoras para lidar com desafios que estão presentes no dia a dia da sociedade brasileira.
“Seremos vizinhos de pessoas que já dividem conosco o mesmo espaço simbólico de existência, espaço da solidariedade e da criatividade”, afirmou.

Ação pioneira no país, o Centro Mineiro de Referência em Resíduos é uma iniciativa do Servas e Governo de Minas, por meio da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad), Fundação Estadual do Meio Ambiente (Feam), e apoio do Sebrae-MG. O centro reúne, desde junho de 2007, atividades com o objetivo de transformar os resíduos em oportunidades de trabalho e renda e o consumo consciente.

Formação cultural
O diretor-geral do Galpão Cine Horto, Chico Pelúcio, afirmou que a cessão do uso do terreno concretiza um grande sonho do grupo que, há 29 anos, vem montando espetáculos de grande comunicação com o público. O Grupo Galpão irá transferir para o novo espaço todas as atividades desenvolvidas pela companhia.

“Iniciamos um novo projeto de vida, gerador de sonhos, de melhores cidadãos e de uma sociedade mais humana. Além de termos a oportunidade de ampliar e potencializar nossos projetos”, disse.

Entre as principais iniciativas, destacam-se o Oficinão Residência, projeto destinado ao aperfeiçoamento artístico e à capacitação; o Cine Horto Pé na Rua; o Festival de Cenas Curtas; o Cena-Espetáculo; o Galpão Convida e o Sabadão, oportunidades de troca de experiências e instrumentalização para artistas e técnicos de diversas cidades do Brasil e exterior. Mais de 90% das atividades do Grupo Galpão são gratuitas.

Anualmente, cerca de 10 mil crianças de escolas públicas participam de atividades culturais de cunho didático desenvolvidas pelo Grupo Galpão. Desde 2006, a companhia mantém o Centro de Pesquisa e Memória do Teatro (CPMT), que se tornou um centro de referência artística, com mais de 5.500 títulos em livros, CDs e DVDs, acessíveis de forma inteiramente gratuita.

Assinaram o documento, a presidente do Servas, a secretária de Planejamento e Gestão, Renata Vilhena, e o diretor do Galpão Cine Horto e presidente da Associação Galpão, Roberto Franco. Também estiveram presentes à solenidade a secretária de Cultura, Eliane Parreiras, o secretário de Meio Ambiente, Adriano Magalhães, o diretor-presidente do Escritório de Prioridades Estratégicas do Governo de Minas, Tadeu Barreto, e o presidente da Fundação Estadual do Meio Ambiente, José Cláudio Junqueira.

Fonte: Agência Minas

Anúncios

Circuito Cultural Praça da Liberdade: Prédio do Servas abrigará Museu Clube da Esquina

dezembro 10, 2010

A solenidade de assinatura do Termo de Permissão de Uso do prédio do Servas foi realizada no Palácio Tiradentes. Foto Omar Freire / Imprensa MG

O governador em exercício, Alberto Pinto Coelho, participou nesta sexta-feira, dia 10, no Palácio Tiradentes, na Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves, da assinatura do Termo de Permissão de Uso do prédio do Serviço Voluntário de Assistência Social (Servas) para implantação do Museu Clube da Esquina. O espaço integrará o Circuito Cultural Praça da Liberdade, maior complexo cultural do país aberto à população, implantado nos prédios públicos do entorno da Praça da Liberdade, em Belo Horizonte.

A implantação do Museu Clube da Esquina contará com R$ 8 milhões, destinados pela bancada mineira na Câmara dos Deputados, por meio de emendas ao Orçamento Geral da União (OGU) de 2010. No mesmo local será desenvolvido o Centro de Referência da Música de Minas Gerais, espaço que irá valorizar um dos principais patrimônios do Estado, a música.

Após a solenidade, Alberto Pinto Coelho ressaltou a importância da valorização e preservação da memória da música mineira com a criação deste novo Museu.

“A música é um patrimônio de Minas Gerais dos mais caros e o Clube da Esquina representa essa memória da maneira mais esplendorosa. O Museu do Clube da Esquina é uma conquista importante para Minas Gerais no contexto de algo muito significativo que é a valorização da memória da nossa música. Esse convênio aqui celebrado é um momento histórico”, disse o governador em exercício.

O secretário de Estado de Cultura, Washington Mello, o compositor Márcio Borges e o cantor e compositor Lô Borges também assinaram o termo. Para o secretário, o objetivo do Museu Clube da Esquina é de se transformar em ponto de convergência, de cultura, de troca de experiências, e, principalmente, em ponto de luta pela democracia, pela defesa dos direitos humanos, por Minas Gerais e pelos músicos. “Com a música de Minas Gerais, vamos conseguir fazer isso. Esse é mais um presente para Minas Gerais e para os mineiros”, afirmou.

Educação

O compositor Márcio Borges explicou que o Museu Clube da Esquina também terá um aspecto educacional voltado para a comunidade, e irá oferecer curso de música, oficinas e workshops.

“O Museu terá um aspecto educacional muito forte, principalmente voltado para as áreas de crianças em situação de risco social. Teremos um programa para buscar as crianças na escola para visitação ao Museu, que também poderão se matricular nos cursos que vamos oferecer. Esse é o meu grande orgulho, ter conseguido fazer um projeto que refletisse a sociedade e, ao mesmo tempo, agradecesse a sociedade, o povo e a comunidade mineira por tudo que nos deu”, disse.

A solenidade de assinatura do Termo de Permissão de Uso do prédio do Servas para implantação do Museu Clube da Esquina também contou com a presença da secretária de Estado Extraordinária de Relações Institucionais, Maria Coeli, do artista Toninho Horta, da diretora do Museu Clube da Esquina, Cláudia Maria, e do empresário e membro da diretoria do Museu, Marcelo Pianete.

Outros espaços

Em 2010, três novos espaços já foram inaugurados no Circuito: o Espaço TIM UFMG do Conhecimento, o Museu das Minas e do Metal – EBX e, no dia 30 de novembro deste ano, o Memorial Minas Gerais – Vale.

Até novembro, os dois primeiros espaços e o Palácio da Liberdade receberam nada menos do que 83 mil visitantes, número que sobe para mais de 400 mil se somadas as visitações à Biblioteca Pública Estadual Luiz de Bessa e ao Arquivo Público Mineiro.

Novas parcerias

Também esse ano, foi firmada parceria com a Fundação Roberto Marinho para a criação do Museu do Homem Brasileiro, sendo que está em processo de licitação a implantação de um hotel padrão cinco estrelas no prédio do Ipsemg na rua Gonçalves Dias. Também foi anunciado a criação do Museu do Automóvel na área do estacionamento do Palácio da Liberdade.

Para 2011, estão previstas as inaugurações do Centro de Arte Popular – Cemig e, até o final do ano, do Centro Cultural Banco do Brasil.

Estão previstos para integrar o Circuito Cultural Praça da Liberdade o Museu do Automóvel, a ser instalado em área do complexo do Palácio da Liberdade e um hotel padrão cinco estrelas no antigo prédio do Ipsemg, em fase de licitação.

Ainda fazem parte do Circuito Cultural, o Palácio da Liberdade, aberto à visitação pública sempre aos domingos, a Biblioteca Pública Estadual Luiz de Bessa, o Arquivo Público Mineiro e o Museu Mineiro.

Fonte: Agência Minas

Governador Antonio Anastasia abre festival de catadores de material reciclável

agosto 16, 2010

Anastasia abriu a 9ª edição do Festival, que acontece na Serraria Souza Pinto, em BH. Foto Emmanuel Pinheiro/Nitro

O governador de Minas, Antonio Anastasia, participou nesta segunda-feira, dia 16, da abertura da 9ª edição do “Festival Lixo e Cidadania, Reciclando Atitudes”, que reunirá na capital mineira, esta semana, cerca de duas mil pessoas, entre eles catadores e ambientalistas de todo o país. O movimento dos catadores de material reciclável está presente em 140 municípios mineiros, dos quais 80 participam do festival juntamente com representantes de 16 estados brasileiros. Com o tema “Participar, agir, transformar”, o encontro pretende mobilizar a sociedade para a importância do desenvolvimento sustentável, o empreendedorismo e a educação ambiental.

Durante a abertura, foi assinado protocolo de intenções entre as prefeituras de Itaúna, Nova Lima e Machado e a Associação Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis para a inclusão dos empreendimentos dos catadores como prestadores de serviço na coleta seletiva. Foi anunciada, também, parceria entre o Instituto Coca-Cola Brasil e o Serviço Voluntário de Assistência Social (Servas), por meio do Centro Mineiro de Referência em Resíduos, e a Ong Doe seu Lixo, de apoio às Cooperativas e Associações de Catadores de Material Reciclável, para a implantação de programa de coleta seletiva em 10 municípios mineiros.O governador destacou a importância do movimento dos catadores de material reciclável para garantir dignidade e renda aos trabalhadores que atuam com reciclagem.

“Não há dúvida de que, entre todos os movimentos sociais que envolvem a população de rua, esse é um dos mais legítimos, ao permitir que a pessoa saia da condição de invisibilidade para ter respeito, dignidade e reconhecimento. É o empenho de cada um daqueles que participam do movimento que permite que ele tenha atingido esse patamar. Esse festival é o reconhecimento do valor social desse trabalho, que é fonte de renda e alternativa de vida digna”, ressaltou Antonio Anastasia em seu discurso.
 
Educação ambiental
O coordenador do Fórum Lixo e Cidadania, José Aparecido Gonçalves, afirmou que Minas está na vanguarda da política de resíduos sólidos e já é referência no país. Segundo ele, o festival é um grande instrumento de educação da sociedade para uma mudança de comportamento em relação ao lixo. 

“Temos uma política estadual de resíduos sólidos que incorpora formalmente os catadores, enquanto agentes ambientais importantes na coleta seletiva. Minas sai na frente nessa questão. Temos de fortalecer essas ações para que cada município tenha suas organizações de catadores incorporadas formalmente nos programas de coleta seletiva”, afirma José Aparecido Gonçalves. 

O governador Antonio Anastasia ressaltou a importância das parcerias com os diversos setores da sociedade em ações voltadas para a melhor destinação dos resíduos sólidos. O Festival Lixo e Cidadania – Reciclando Atitudes é realizado pelo Governo de Minas, por meio do Centro Mineiro de Referência em Resíduos, Serviço Voluntário de Assistência Social (Servas), Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável e Fundação Estadual de Meio Ambiente, em parceria com entidades representativas do segmento. Entre elas estão: o Fórum Estadual Lixo e Cidadania, Instituto Nenuca de Desenvolvimento Sustentável, Movimento Nacional de Catadores de Materiais Recicláveis, Associação de Catadores de Papel, Papelão e Materiais Reaproveitáveis de Belo Horizonte (Asmare), entre outras.
 
Resíduos sólidos
O governador destacou a atuação do Centro Mineiro de Referência em Resíduos, criado de forma pioneira pelo Governo de Minas, com o objetivo de criar alternativas de transformação de resíduos em oportunidades de trabalho. “Temos de agradecer e reconhecer às instituições da sociedade civil que acreditam nesse projeto. Estamos identificando metodologias. Eu próprio passei a aprender, nos últimos anos, exatamente, como é possível ter criatividade e alternativas tecnológicas e alternativas de qualidade de vida com os resíduos sólidos que temos. Então, este tipo de parceria é muito importante. É sempre bem vindo e, no Centro Mineiro de Resíduos, temos diversas parcerias. Todas elas bem vindas”, afirmou.

Criado em 2007, o Centro Mineiro de Referência em Resíduos é um espaço onde são oferecidos cursos e oficinas de capacitação em gestão de resíduos, desenvolvidas pesquisas e oficinas de educação ambiental. O centro já capacitou 220 participantes em gestão de resíduos de construção civil, de hospitais e postos de combustíveis, qualificou mais de 400 jovens e 60 técnicos ambientais.

“Temos uma política estadual de resíduos sólidos que incorpora formalmente os catadores, enquanto agentes ambientais importantes na coleta seletiva. Minas sai na frente nessa questão. Temos de fortalecer essas ações, para que cada município tenha suas organizações de catadores incorporadas formalmente nos programas de coleta seletiva”, afirma José Aparecido Gonçalves. 
            
Arte e cidadania
Após a solenidade de abertura, Antonio Anastasia visitou exposição de artesanato produzido com material reciclado. O governador afirmou que o movimento garante reconhecimento e fonte de renda para os catadores que transformam produtos que aparentemente não tem valor em arte e cultura.

“Fiquei observando as belezas das peças, algo verdadeiramente único, que consegue transformar algo que aparentemente não tem valor em algo útil, bonito, que agrega valor e é arte, cultura. Esse trabalho garante renda, dignidade e inclusão daqueles que estão neste segmento”, reconhece o governador Antonio Anastasia.

Antonio Anastasia discute políticas de apoio às atividades de reciclagem

maio 10, 2010

O governador Antonio Anastasia discursou durante o encontro - Foto Carlos Alberto/Imprensa MG

O governador Antonio Anastasia  participou, nesta segunda-feira, dia 10, de um encontro com a presidente da Fundação France Libertés, Danielle Mitterrand, representantes do movimento dos catadores de materiais recicláveis de Minas Gerais e empresários. Na reunião, realizada no restaurante Reciclo, mantido pelos catadores, foram discutidas as políticas do Governo de Minas  de apoio às atividades de reciclagem, com ênfase para a preservação do meio ambiente a inclusão social dos trabalhadores.

“É uma parceria muito importante, de um projeto tão bonito que Minas Gerais começou há alguns anos e que está rendendo frutos. Nós todos somos, sob certo aspecto, responsáveis pela produção desses materiais recicláveis, que chamamos popularmente de lixo, mas que, na verdade, não são lixo em sua plenitude, porque podem ser reciclados e gerarem qualidade de vida e renda para as pessoas. É um projeto interessantíssimo, até porque reúne o governo, mas também a sociedade civil e o empresariado”, destacou o governador.

(more…)

Antonio Anastasia assina termo de doação de equipamentos de baixo consumo de energia

abril 26, 2010

Governador Antonio Anastasia em pronunciamento na doação de equipamentos - Foto Carlos Alberto/Imprensa MG

O governador Antonio Anastasia assinou, nesta segunda-feira, dia 26, em Campo Belo,  no Sul de Minas, termo de doação de geladeiras, chuveiros, lâmpadas e outros equipamentos de baixo consumo de energia para 17 entidades sociais de cinco municípios da região. A distribuição desses equipamentos faz parte do projeto Energia do Bem, integrante do Programa de Eficiência Energética (PEE) da Cemig que já beneficiou 1.409 instituições com mais de R$ 23,5 milhões.

“Temos, de maneira muito positiva, um projeto social muito ativo, que significa um respeito às entidades filantrópicas e beneficentes. Essas entidades estão recebendo o apoio da Cemig, do Servas, do Governo do Estado, para reduzir a conta da tarifa de energia e poder gastar seus recursos mais com as pessoas que atendem. É um projeto muito positivo que tem ocorrido em toda Minas Gerais”, explicou o governador.

Além de Campo Belo, entidades de Candeias, Cristais, Santana do Jacaré e São Francisco de Paula serão beneficiadas pelo Energia do Bem. Serão beneficiadas instituições de longa permanência para idosos, creches, Apaes, abrigos, albergues, casas de passagem, casas-lares e centro de recuperação para dependentes químicos com equipamentos que geram economia de energia, além de permitir mais conforto e segurança.

Leia matéria completa Programa distribui equipamentos de baixo consumo de energia

Confira  Transcrição da entrevista do governador Antonio Anastasia em Campo Belo

Leia também Governador Antonio Anastasia cumpre agenda em Uberlândia

Parceria: Aécio Neves assina convênio para ampliar núcleos do Plug Minas

março 2, 2010

Governador Aécio Neves cumprimenta o gerente do Plug Minas, Carlos Gradim - Foto Omar Freire/Imprensa MG

O governador Aécio Neves assinou convênio com a Usiminas e a PUC Minas, nesta terça-feira, dia 2,  para implantação do Núcleo Inove – Jogos Digitais, no espaço Plug Minas – Centro de Formação e Experimentação Digital, instalado no bairro Horto, em Belo Horizonte, onde, no passado, funcionava a Febem. O programa tem como objetivo capacitar estudantes para trabalhar na produção de jogos digitais. Serão qualificados 500 alunos da rede pública de Belo Horizonte e Sabará, a cada ano.

“Todas as ações deste governo tem um só objetivo, que é o de dar a Minas Gerais melhores condições para cuidar das suas crianças, mais oportunidades para seus jovens e melhor qualidade de vida para todos. Conhecendo o Plug Minas, vemos que quando se tem parceiro, as coisas andam. No lugar da lembrança do mais triste quadro da Febem, hoje é espaço de alegria. E esse é um esforço que orgulhará a todos nós mineiros”, afirmou o governador.

(more…)

Governo Aécio Neves entrega obras em Conselheiro Pena

fevereiro 12, 2010

O governador em exercício inaugurou o Centro Solidário, em Conselheiro Pena - Foto Wellington Pedro/Imprensa MG

O governador em exercício, professor Antonio Anastasia, inaugurou nessa quinta-feira, dia 11, conjunto de obras nas áreas de educação, saúde e habitação em Conselheiro Pena, na região Leste. Ele inaugurou o Centro Solidário de Educação Infantil, espaço planejado para atender 120 crianças de zero a seis anos, oferecendo conforto, equipamentos e material adequado ao seu desenvolvimento e ao aprendizado de qualidade. O Centro Solidário de Conselheiro Pena é o 15º em atividade no Estado e foi construído através da parceria do Governo Aécio Neves e do Serviço Voluntário de Assistência Social (Servas) com a iniciativa privada. 

O governador em exercício também inaugurou um posto de saúde que funcionará como base para o trabalho das equipes do Programa Saúde da Família no município. O Governo Aécio Neves investiu R$ 180 mil na construção do posto, que atenderá população estimada em 15,2 mil pessoas. O governador descerrou ainda placa alusiva à inauguração de novo conjunto habitacional da Companhia de Habitação do Estado de Minas Gerais (Cohab/MG), com 50 unidades. Os primeiros moradores a receberem as chaves da casa própria foram as donas de casa Maria da Conceição Cruz e Etelvina Miguel da Silva. 

(more…)

Presidente do Servas e Juan Pablo Sorín entregam alimentos para creches

novembro 19, 2009

Sorín e a presidente do Servas, Andrea Neves, com crianças da creche. Foto Carlos Alberto/Secom MG

O ex-jogador Juan Pablo Sorín, por meio da parceria do Serviço Voluntário de Assistência Social (Servas) e do Cruzeiro Esporte Clube, deu uma lição de solidariedade nesta quinta-feira, dia 19, em Belo Horizonte. Parte das 90 toneladas de alimentos arrecadadas no partida de despedida do ex-atleta, realizada no início deste mês, começaram a ser distribuídas para entidades que atendem meninos e meninas de até 14 anos e Associações de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apaes) da Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH).

Os alimentos doados pelos torcedores se transformaram em 45 mil cestas e serão distribuídas para 51 entidades da RMBH e cidades mineiras que decretaram situação de emergência em virtude das chuvas, por meio de parceria com a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil de Minas Gerais (Cedec/MG).

O processo de realização da primeira entrega teve início no galpão do Vita Vida, programa de complementação alimentar, nas Centrais de Abastecimento de Minas Gerais S/A (Ceasa), em Contagem, na RMBH. O próprio Sorín ajudou a montar algumas cestas, mas a grande demonstração do ex-atleta foi que para montar uma cesta de alimentos, além de feijão, açúcar, fubá, macarrão, óleo e arroz, é preciso adicionar ingredientes como amor, gratidão e a vontade de ajudar ao próximo.

A presidente do Servas, Andrea Neves, acompanhou Sorín na visita à Associação Dinâmicas, que atende desde recém-nascidos até adolescentes de 14 anos, na região do Aglomerado Morro das Pedras.

Leia matéria completa Servas e Sorín promovem goleada de solidariedade em Belo Horizonte

Aécio Neves lança campanha de valorização do idoso

outubro 22, 2009
O cantor Zezé di Camargo e o governador Aécio durante lançamento do programa. Foto Wellington Pedro/Imprensa MG

Zezé di Camargo e Aécio Neves durante lançamento do programa. Foto Imprensa MG

O governador Aécio Neves lançou, nesta quinta-feira, dia 22, campanha de valorização do idoso, com objetivo de sensibilizar e mobilizar a sociedade em torno de ações que proporcionem a melhoria da qualidade de vida das pessoas idosas. Em Minas Gerais vivem 2,8 milhões de idosos, número que corresponde a 14,6% da população do Estado, segundo o IBGE (censo 2007). O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) afirma que 62% dos lares brasileiros são mantidos pelos idosos. A campanha é uma iniciativa do Governo Aécio Neves e do Serviço Voluntário de Assistência Social (Servas) e será realizada por meio da veiculação de filmes e anúncios pelos veículos de comunicação de Minas Gerais.

Leia matéria completa Aécio Neves lança campanha de valorização dos idosos

Ouça Entrevista do governador Aécio Neves no lançamento da Campanha de Valorização do Idoso

Confira Transcrição da entrevista do governador Aécio Neves e do cantor Zezé di Camargo

Servas inaugura área de convivência no Centro de Referência à Gestante Privada de Liberdade

setembro 15, 2009
 
A presidente do Servas durante inauguração da Área de Convivência - Foto: José Carlos Paiva/Secom MG

A presidente do Servas durante inauguração da Área de Convivência - Foto: José Carlos Paiva/Secom MG

Um espaço com paredes coloridas, repleto de brinquedos, tapetes emborrachados, andadores, carrinhos, bebês-conforto e até piscina de bolinhas, encheu os olhos das mães e, principalmente, das crianças do Centro de Referência à Gestante Privada de Liberdade, com sede em Vespasiano, Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), na manhã desta terça-feira, dia  15. A chamada Área de Convivência foi inaugurada durante uma cerimônia informal, com a presença da presidente do Servas, Andrea Neves; da secretária-adjunta de Defesa Social, Soraia Ghader; do subsecretário de administração prisional, Genilson Zeferino e da secretária de Estado Planejamento Renata Vilhena.

A solenidade foi marcada também pela assinatura de um Termo de Parceria entre a Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds) e o SESI/Fiemg, por meio do Instituto Minas pela Paz (IMPP), para a oferta de oficinas de geração de renda para as detentas. Outro convênio, estabelecido com o Instituto Edna Roriz, ofertará cursos de fabricação de produtos de higiene como sabonetes líquidos e desinfetantes e, numa segunda fase, pães e geleias.

Leia matéria completa