Posts Tagged ‘Rodrigo de Castro’

Paralisação da rodovia 381 é reflexo da má gestão petista, afirmam deputados

abril 27, 2011

Deputado Marcus Pestana na tribuna da Câmara nesta 3ª-feira. Foto Beto Oliveira/Agência Câmara

Deputados mineiros criticaram nesta terça-feira, dia 26, da tribuna da Câmara dos Deputados, a falta de atenção do governo federal com as rodovias brasileiras. Os tucanos Paulo Abi-Ackel, Marcus Pestana e Rodrigo de Castro lamentaram a situação precária das estradas, em especial a da BR-381, que liga Belo Horizonte, Ipatinga e Valadares ao litoral do Espírito Santo. A ponte no Rio das Velhas, no km 454, em Sabará, na Grande BH, está interditada desde a última quarta-feira, dia 20, após uma viga de sustentação da estrutura ceder, provocando o afundamento da pista.

Os parlamentares ressaltaram que a interdição gerou um longo engarrafamento e prejudicou quem precisou usar a rodovia durante o feriado da Semana Santa. Os tucanos cobraram urgência do governo federal na duplicação da estrada para evitar que mais acidentes e mortes ocorram. Empresas transportadoras de setores diversos calculam um prejuízo de pelo menos R$ 1 milhão por dia.

Líder da Minoria na Câmara, Abi-Ackel afirmou que o governo não tem planos de investimento para solucionar os problemas da BR, mais conhecida como “rodovia da morte”. Na avaliação do parlamentar, a administração federal não tem condições de dar às estradas a manutenção necessária e deveria transferir essa responsabilidade aos estados. “Isso é um exemplo da absoluta falta de capacidade gerencial do governo, sobretudo no aspecto de investimento necessário nas rodovias no Brasil. Há oito anos discute-se a duplicação ou a concessão dessa estrada, mas enquanto se pensa e debate, a obra simplesmente ruiu”, destacou.

Marcus Pestana disse que a queda da ponte aconteceu por falta de manutenção. O tucano afirmou que toda a região foi afetada no feriado quando os mineiros se deslocaram para o litoral. “É inaceitável. Essa é a obra mais importante de infraestrutura do meu estado. É uma irresponsabilidade não se fazer a correta manutenção das obras, do asfalto, e não encarar esse desafio é a principal reivindicação”, apontou.

Segundo Rodrigo de Castro, a rodovia está paralisada devido à irresponsabilidade do governo federal com MG. O deputado ressaltou que a ponte está sob a responsabilidade do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) há mais de dois anos. “Aquela estrada tem ceifado vidas e causado acidentes um atrás do outro. E não se vê uma providência efetiva por parte do Dnit, da Presidência da República, do governo do PT, que já entra no seu nono ano e não apresenta solução para o caos existente na infraestrutura brasileira”, ressaltou.

Prejuízo

→ Empresas transportadoras calculam um prejuízo de pelo menos R$ 1 milhão por dia. O valor pode subir depois de um levantamento completo do tempo perdido, gasto de combustível e desgaste dos veículos em desvios e congestionamentos.

→ Segundo o Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas do Estado de Minas Gerais (Setcemg), 35% da riqueza do país circula pelo trecho interrompido.

Fonte: Diário Tucano

Leia também Anastasia discute com Dnit soluções para melhorar tráfego na BR-381 e recuperar ponte

Governador Antonio Anastasia conhece projeto Escolas Zico 10

abril 4, 2011

O deputado Rodrigo de Castro, o senador Aécio Neves e o ex-jogador Zico com o governador Anastasia. Foto Wellington Pedro/Imprensa MG

O governador Antonio Anastasia recebeu em audiência, nesta segunda-feira, dia 4, o ex-jogador de futebol Zico, que apresentou, durante o encontro, o projeto Escolas Zico 10. O programa, que une esporte e educação, já atende aproximadamente 15 mil crianças, entre 5 e 16 anos, em mais de 15 estados no Brasil. Em Minas Gerais, ele está presente em cidades como Poços de Caldas, Montes Claros e Juiz de Fora.

A intenção de Zico é contar com o apoio do Governo do Estado para implantação do projeto em outros municípios mineiros, incluindo Belo Horizonte e Região Metropolitana. De acordo com o ex-jogador, o projeto é voltado para crianças de comunidades carentes, que ocupam, gratuitamente, espaços públicos para a prática do futebol, orientados por professores do projeto.

A intenção do ex-jogador é que o governo entre principalmente com a cessão de espaços para a implementação das escolas. A contratação e capacitação dos profissionais ficariam por conta da empresa de Zico, bem como a disponibilização do material esportivo.

Para fazer parte das Escolas Zico 10 é necessário que a criança comprove frequência e bom rendimento na escola. “As crianças beneficiadas não querem perder a oportunidade, então, pelos resultados que temos visto, o que mais tem sido elogiado é a mudança de comportamento deles. E isso me deixa feliz, porque minha preocupação não é formar jogadores de futebol, mas usar o futebol para formar o cidadão”, disse Zico.

Segundo Zico, seus assessores se reunirão agora com os responsáveis pelas Secretarias de Estado envolvidas para identificar possíveis áreas para implantação do projeto e buscar a sua viabilização. Também participaram do encontro o senador Aécio Neves e o deputado federal Rodrigo de Castro.

Fonte: Agência Minas

Antônio Anastasia se reúne com presidente nacional do PSDB

março 1, 2011

Foto Omar Freire / Imprensa MG

O governador Antonio Anastasia recebeu, nesta terça-feira, dia 1º de março, no Palácio Tiradentes, o presidente nacional do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), deputado federal Sérgio Guerra, acompanhado do deputado federal Rodrigo de Castro, que também é secretário geral do partido.

Durante o encontro, eles conversaram sobre o Fórum de Governadores do PSDB, cuja primeira reunião foi realizada em Maceió (AL), no dia 15 de dezembro de 2010. O próximo encontro será realizado em Belo Horizonte. Os governadores do PSDB se reunirão a cada três meses para discutir questões estaduais para mais integração e troca de experiências.

Deputados apoiam recondução de Sérgio Guerra à presidência do partido

janeiro 26, 2011

Sérgio Guerra, presidente nacional do PSDB

Mais de 50 deputados federais do PSDB assinaram nesta quarta-feira, dia 26, documento de apoio a recondução do senador e deputado eleito Sérgio Guerra (PSDB/PE) na presidência nacional do partido. Segundo o atual secretário-geral da legenda, deputado Rodrigo de Castro (PSDB/MG), a iniciativa nasceu naturalmente entre os tucanos na Câmara. A eleição para escolha do novo presidente acontecerá em maio deste ano. Guerra assumiu o cargo em novembro de 2007.

“A bancada entendeu que seria legítimo pleitear este cargo para um deputado federal. E ninguém melhor que Sérgio Guerra, que já fez uma grande condução nestes quatro anos, e tem todas as condições para manter a unidade do partido, reforçando as vitórias que temos alcançado ao longo deste período”, avaliou.

Para o deputado mineiro, a permanência de Guerra é fundamental para que o PSDB avance e chegue ainda com mais força nas próximas eleições. “Tanto para conduzir as eleições nos estados, regionais e municipais como também para ser um indutor do fortalecimento do partido e de um caráter mais plural. Ir ao encontro das nossas raízes, discutir os grandes temas e ser uma legenda de vanguarda como sempre foi para o Brasil”, ressaltou.

Os deputados Bruno Araújo (PSDB/PE), Otavio Leite (PSDB/RJ) e Carlos Brandão (PSDB/MA) também defenderam o nome do senador pernambucano.

“Dá uma estabilização para que possamos pensar nas convenções regionais e as convenções municipais”, destacou Araújo.

“É um excelente nome. Sérgio Guerra é um homem capaz, equilibrado e preparado para exercer esse papel”, elogiou Otavio Leite.

“Há uma unidade em torno do nome de Sérgio Guerra. Ele próprio só deseja continuar no cargo se houver esse consenso e nós todos estamos trabalhando nesse sentido”, completou Brandão.

Leia também Parlamentares destacam união do partido na primeira reunião da bancada em 2011

Fonte: Diário Tucano

PSDB discute processo de reestruturação e de fortalecimento do partido

novembro 19, 2010

A reunião aconteceu na sede do PSDB, em Brasília. Foto Paula Sholl

Na primeira reunião após as eleições, a Executiva Nacional do PSDB discutiu nesta quinta-feira, dia 18, conduzir um processo de reestruturação e fortalecimento do partido. O primeiro desafio é organizar as convenções municipais , estaduais e nacional. “Haverá uma ação com vistas às convenções”, anunciou o presidente da legenda, senador Sérgio Guerra (PE). Os encontros serão realizados, respectivamente, até os dias 20 de março, 17 de abril e 29 de maio.

Durante o encontro, foi criado um grupo que vai sugerir a agenda de trabalho. “Vamos propor medidas para que essas convenções já estejam inseridas no projeto de reconstrução, ampliação e democratização do partido”, acrescentou Guerra. O grupo será formado pelo líder do partido na Câmara, João Almeida (BA), pelo secretário-geral, Rodrigo de Castro (MG), pelos deputados Luiz Paulo Vellozo Lucas (ES) e Carlos Sampaio (SP), além do deputado licenciado Walter Feldman (SP).

A primeira medida prevista é o recadastramento dos filiados, a fim de incentivar a participação e o vínculo efetivo dos militantes e simpatizantes com o partido. Também deverá ser feita outra reunião, mais ampla, que deverá ter a participação do ex-presidente da República Fernando Henrique Cardoso, do ex-governador José Serra (SP), de senadores, entre eles, Aécio Neves (MG), e também dos deputados eleitos.

Neste encontro, deverá ser discutida a proposta de Aécio de formar um grupo de notáveis para reformular o programa da legenda. Antes desta reunião maior, deverá haver um encontro dos governadores eleitos pelo partido. Ela está sendo preparada pelo governador reeleito de Alagoas, Teotônio Vilela, que esteve nesta quinta-feira em Brasília.

Um consenso da reunião da Executiva é que o partido fará “dura oposição” ao governo federal como forma de defender os 45% de eleitores que votaram no candidato à Presidência José Serra (SP).

Walter Feldman mostrou o tom da postura que será adotada: “A eleição, no Brasil, se sobrepõe à politica. O processo se dá a partir do interesse eleitoral. Falta o debate das ideias. Precisamos repensar o partido, os programas, as ideias”, disse.

Presente ao encontro, Vellozo Lucas completou: “A agenda deve conter vários ingredientes em defesa de valores. Estamos motivados para empreender um programa audacioso de fortalecimento das bases do partido”.

Fonte: Agência Tucana

Governador Anastasia fala sobre o resultado das eleições

novembro 1, 2010

Foto Wellington Pedro / Imprensa MG

Logo após a divulgação dos resultados da eleição presidencial, na noite deste domingo, dia 31 de outubro, o governador reeleito Antonio Anastasia (PSDB) falou aos jornalistas  no Palácio das Mangabeiras. Ouça entrevista:

O governador estava acompanhado do vice-governador eleito, deputado Alberto Pinto Coelho, e deputado federal Rodrigo de Castro, secretário-geral do PSDB, que também falou à imprensa. Confira entrevista:

Abaixo, leia transcrição da entrevista do governador Antonio Anastasia

(more…)

Aécio Neves e Teotônio Vilela saem às ruas em Alagoas em apoio a Serra

outubro 23, 2010

Fotos Leo Drumond / Nitro

O ex-governador de Minas e senador eleito Aécio Neves (PSDB/MG)  participou, na manhã deste sábado, dia 23, em Arapiraca (Alagoas), de carreata em apoio à candidatura de José Serra à Presidência da República e à reeleição do governador Teotônio Vilela (PSDB). Ao lado do presidente nacional do PSDB, senador Sérgio Guerra, e do secretário-executivo do PSDB, Rodrigo de Castro, Aécio Neves percorreu várias ruas da cidade, cumprimentou eleitores e conversou com lideranças políticas.

“Estamos aqui para trazr a palavra de José Serra que será fundamental para colocar o Brasil num novo ciclo”, disse Aécio Neves, ao iniciar a carreata que reuniu centenas de apoiadores por cerca de dois quilômetros de extensão. Recebidos com grande entusiasmo, Aécio e o governador de Alagoas, que disputa a reeleição, também conversaram com eleitores no terminal rodoviário de Arapiraca.

Eleito senador por Minas com 7,56 milhões de votos, o ex-governador tem percorrido várias capitais brasileiras, além de cidades do interior de Minas, para mobilizar lideranças políticas e levar as propostas de José Serra aos eleitores. Desde 14 de outubro, Aécio Neves participou de atos políticos em Belo Horizonte e Juiz de Fora (MG), Goiânia (GO), Teresina (PI) e Belém (PA)
 
Boa gestão pública diminui desigualdade social
 
Em entrevista, Aécio Neves destacou a importância dada à gestão pública pelos governos administrados pelo PSDB. Segundo ele, o exemplo de gestão pública de Minas ecoou nos estados brasileiros e já tem demonstrado resultados. Em 2003, Aécio Neves implantou em Minas o chamado “Choque de Gestão”, conjunto de medidas administrativas que permitiu a recuperação financeira do Estado e a retomada dos investimentos nas áreas sociais e de infraestrutura.

“Acredito que o país só vai avançar na direção correta e na velocidade que podemos avançar, quando tivermos nos governos estaduais gestores que compreendam que a administração pública, ao contrário do que muitos acham, pode ser eficiente e apresentar resultados objetivos e concretos para melhorar a vida das pessoas e para diminuir as desigualdades sociais. Mostramos isso em Minas, e muitos companheiros têm mostrado isso em outros estados, inclusive em Alagoas. Vamos mostrar ao Brasil que a gestão pública de qualidade dá resultados”, afirmou o ex-governador.

Aécio Neves destacou que, no Senado, será parceiro dos governadores do PSDB para apoiá-los na defesa da revisão do pacto federativo que permitirá melhor distribuição dos recursos entre os estados brasileiros. Ele destacou a gestão do governador Teotônio Vilela que conseguiu superar dificuldades financeiras e promover desenvolvimento econômico e social do Estado.

“O Brasil todo torce muito para Alagoas, seja pela dificuldade que Alagoas viveu no passado, pela capacidade de superação que tem demonstrado. Temos que construir um projeto para Alagoas que é um projeto para o Brasil também, de turismo organizado. O Teo tem sido um leão na busca de novos investimentos para Alagoas. Ele tem credibilidade para isso. Fico entusiasmado em poder, de alguma forma, estar ao seu lado, ajudar aqui esse processo de desenvolvimento, que venha cada vez mais rápido. Desenvolvimento organizado e turismo sustentável. Quero é ser parceiro deste desafio pelos próximos quatro anos. Acho que vai orgulhar muito a população de Alagoas”.

Confira, abaixo, transcrição da entrevista de Aécio Neves

(more…)

Tucanos cobram mais investigação sobre quebra de dados sigilosos de integrante do PSDB

outubro 5, 2010

Para Eduardo Azeredo, está claro que houve interesse político. Foto Geraldo Magela/Ag.Senado

Parlamentares tucanos cobraram nesta terça-feira, dia 5, a continuidade das investigações sobre a quebra ilegal de dados sigilosos de integrantes do PSDB e punição para o servidor da Receita Federal acusado de violar os dados fiscais do vice-presidente do partido, Eduardo Jorge. Segundo reportagem do jornal “O Estado de S.Paulo“, Gilberto Souza Amarante, funcionário do Fisco em Formiga (MG), quebrou intencionalmente, sem motivação funcional, o sigilo do dirigente tucano.

Para o senador Eduardo Azeredo (PSDB/MG), essa apuração só confirma o método usado por vários membros do PT de violar sigilos, de espionar e “de fazer um trabalho sujo para tentar prejudicar os adversários”. Segundo o parlamentar, está claro que houve interesse político e o caso ainda precisar chegar aos destinatários finais dos dados de Eduardo Jorge.

Uma testemunha ouvida pela Polícia Federal (PF) disse que a encomenda para a quebra ilegal do sigilo partiu de Brasília. “A investigação tem que mostrar com clareza quem são os responsáveis e não demorar ou ficar sendo adiada. Tem que ficar claro que ele estava usando seu posto para uso partidário”, cobrou o tucano.

A apuração da Receita sobre o caso contradiz a versão de Amarante de que abriu os dados de Eduardo Jorge por “confusão”. Filiado ao PT desde 2001, o funcionário alegou que buscava um “homônimo” do tucano. Mas de acordo com o relatório, ele abriu informações, inclusive, sobre as empresas de Eduardo Jorge, acessando cerca de 10 páginas cadastrais.

“Disso se conclui inicialmente que Gilberto Souza Amarante realizou pesquisa direcionada ao CPF ou ao nome de Eduardo Jorge Caldas Pereira”, afirma a corregedoria da Receita. A partir desse levantamento, o órgão federal pediu a abertura de um processo disciplinar contra o funcionário.

O deputado Rodrigo de Castro (PSDB/MG) acredita que a violação dos dados aconteceu, pois existe uma visão distorcida do que é o Estado dentro do governo Lula. “Isso só demonstra o reflexo do aparelhamento do PT ao preencher quadros técnicos com filiados e simpatizantes do partido. E isso também mostra que a qualidade do serviço público brasileiro, inclusive de uma instituição como a Receita Federal, está comprometida pela má gestão petista”, afirmou Castro.

Direção estadual do PDT formaliza apoio a pré-candidatura do governador Anastasia

junho 24, 2010

A direção estadual do PDT formalizou o apoio a candidatura do governador Antonio Anastasia - Foto Emmanuel Pinheiro/Nitro Imagens

O governador Antonio Anastasia conquistou um importante apoio nesta quinta-feira, dia 24. A direção estadual do PDT formalizou o apoio a sua pré-candidatura a reeleição ao governo de Minas, decisão que foi referendada pela executiva nacional do partido e que será oficializada na convenção marcada para este sábado.

Para o ex-governador Aécio Neves, que participou da reunião que aconteceu no Palácio das Mangabeiras, esse apoio tem um significado especial pelo fato do PDT ser um partido com muito simbolismo e por ter participado do projeto político e econômico adotado no Estado ao longo desses sete anos e meio de governo. Para ele, esse realinhamento a esse projeto político em torno do nome do governador Antonio Anastasia é extremamente importante. “Estamos extremamente felizes porque estamos recebendo a manifestação praticamente unânime e oficial do PDT, respaldada pela direção nacional do partido, de apoio a candidatura do governador Anastasia. Isso tem um significado muito especial porque nós, que começamos juntos esse trabalho em Minas Gerais e estamos agora nos reagrupando para enfrentar uma nova etapa. O PDT é um partido que tem um simbolismo do ponto de vista político no Brasil extremamente importante, participou do governo nesses sete anos e meio e reafirma o seu compromisso com Minas para continuar avançando. É um apoio para nos muito expressivo”, comemora o ex-governador Aécio Neves.

O presidente do diretório estadual do PDT e prefeito de Nova Serrana, Paulo César Freitas, disse que o partido entendeu que o melhor para Minas Gerais é continuar com essa aliança com o PSDB e esse apoio será oficializado na convenção estadual, marcada para acontecer neste sábado na Câmara Municipal de Belo Horizonte. “Nós entendemos que o melhor para Minas Gerais é a composição com o PSDB e viemos comunicar ao governador Antonio Anastasia e ao ex-governador Aécio Neves a nossa posição. Estaremos homologando a nossa decisão na convenção”.

Para o governador Antonio Anastasia mais do que um apoio, a decisão da direção estadual do PDT de adesão a esse projeto político é uma prova de que eles estão no caminho adequado para desenvolver Minas e melhorar a qualidade de vida da população. “Fico feliz com a adesão do PDT e com a aliança que estamos fazendo. O PDT é um partido muito importante, programático, que já está conosco no governo e tem quadros excepcionais na Assembléia Legislativa e na Câmara dos Deputados”.

Convenção PSDB

Neste domingo o PSDB realiza a sua convenção estadual, na Assembleia Legislativa, quando formaliza o nome do governador Antonio Anastasia do governo do Estado, o do ex-governador Aécio Neves para o Senado e também a formação de alianças. A outra vaga do Senado na coligação a ser formada pelos tucanos será ocupada pelo ex-presidente Itamar Franco. Segundo Aécio, as negociações para composição das chapas vão continuar na próxima semana, mas o PDT vai ocupar outros espaços majoritários.

Ouça
Entrevista de Aécio Neves, Paulo César Freitas e Antonio Anastasia
Entrevista do secretário-geral do PSDB, Rodrigo de Castro


Confira, abaixo, outras fotos do encontro. Crédito Emmanuel Pinheiro/ Nitro Imagens

(more…)

Para tucanos, candidatura de Serra é o fim da divisão do Brasil

junho 15, 2010

Deputado Rodrigo de Castro, secretário-geral do PSDB

A formalização da candidatura de José Serra à Presidência da República representa o primeiro passo para colocar um fim na divisão do Brasil entre ricos e pobres, insuflada pelo governo petista. A avaliação é dos deputados federais Rodrigo de Castro (PSDB/MG) e Antonio Carlos Pannunzio (PSDB/SP).

Serra foi confirmado como candidato a presidente na convenção nacional do PSDB, no sábado, na cidade de Salvador (BA). O evento realizado no Clube Espanhol contou com a participação de políticos e militantes tucanos e de partidos aliados (DEM, PPS).

Para Rodrigo de Castro, chegou o momento de fazer do Brasil um País igualitário e justo, sem distinção de classe econômica, raça ou sexo. “A divisão pregada pelo governo não pode continuar. Vamos à luta por um país justo, unido, sem distinção”, disse.

“Foi uma convenção maravilhosa. O PSDB começa a eleição com o melhor candidato, a melhor proposta e uma militância aguerrida e disposta a se empenhar na vitória pelo Brasil. Com certeza, estamos no caminho certo, de um Brasil melhor”, acrescentou o deputado.

Leia matéria completa Candidatura de Serra é o fim da divisão do Brasil