Posts Tagged ‘presidente do PSDB/MG’

Presidente do PSDB/MG se reúne com a bancada estadual

novembro 22, 2010

O presidente do PSDB de Minas Gerais, deputado federal Narcio Rodrigues, se reúne nesta segunda-feira, dia 22, com a bancada estadual tucana na sede do partido (Rua Alvarenga Peixoto, 974 – 2º andar – BH), a partir das 16h30. O encontro tem como objetivo discutir com os deputados estaduais políticas públicas e espaço no governo.

Outra reunião, desta vez com os deputados federais, está marcada para amanhã, dia 23, durante um jantar em Brasília. Após estes encontros, o presidente do PSDB vai levar sugestões do partido ao governador Antonio Anastasia. O governador está ouvindo todos os partidos da base aliada. A primeira reunião foi com parlamentares do PSDB, na quinta-feira, dia 18.

REUNIÃO COM OS DEPUTADOS ESTADUAIS DO PSDB (atuais e eleitos)

LOCAL: sede do PSDB/MG – Rua Alvarenga Peixoto, 974 – 2º andar – Santo Agostinho (esquina com Av. Olegário Maciel) – BH

HORÁRIO: 16h30

Confira, abaixo, as bancadas atuais e os parlamentares estaduais e federais eleitos pelo PSDB

(more…)

Políticos mineiros recomendam a indecisos que observem a biografia dos candidatos

setembro 30, 2010

Narcio Rodrigues e Tilden Santiago reforçam que Anastasia é o candidato mais preparado para conduzir o futuro de Minas

Na reta final da campanha e a apenas quatro dias das eleições em primeiro turno, políticos mineiros recomendam aos eleitores indecisos que não tomem nenhuma decisão sem antes avaliar a biografia dos candidatos ao governo do Estado de Minas Gerais. Para o deputado federal Narcio Rodrigues, um dos coordenadores da campanha da coligação “Somos Minas Gerais” e presidente do PSDB em Minas Gerais e também para o ex-ministro e ex-embaixador do Brasil em Cuba, Tilden Santiago, suplente do ex-governador Aécio Neves na chapa ao Senado, é importante que a decisão dos eleitores seja consciente. Na maioria das pesquisas, o percentual dos eleitores que ainda não escolheram o candidato ao Governo de Minas ainda está na faixa dos 15%.

A campanha eleitoral, de acordo com Narcio Rodrigues, colocou na vitrine todas as qualidades do governador Antonio Anastasia, a sua participação à frente de todas as realizações do Governo de Minas nos últimos oito anos e os 365 compromissos para que o Estado continue avançando nos próximos quatro anos.

“Antonio Anastasia já vem conduzindo de forma exemplar o Governo de Minas e ao longo de toda a campanha demonstrou que é aquele quem tem as melhores condições de conduzir o nosso Estado pelos próximos quatro anos”, disse Narcio Rodrigues.

Para Tilden Santiago, é preciso julgar o salto observado nas ações de saúde, no desenvolvimento social, na melhoria da qualidade de vida das pessoas, na redução do índice de criminalidade, conquistados no governo de Aécio e Anastasia. Segundo ele, um governo moderno, que pensa na sustentabilidade e na geração de empregos.

“As importantes conquistas desses últimos oito anos, com a queda no índice de criminalidade, nos indicadores sociais, com o investimento na educação, são fatos que estão aí para serem comprovados. Enquanto o seu adversário sonha em fazer, Anastasia fala em como avançar a partir do que já foi feito. A defesa da revitalização do Rio São Francisco, o rio da integração nacional, é uma marca da modernidade de Antonio Anastasia”, afirmou Tilden Santiago.

O ex-embaixador reforça também que Minas Gerais mudou muito nos últimos oito anos e que a continuidade desse trabalho desenvolvido em todo o Estado é o principal diferencial de Anastasia em relação aos outros candidatos.
 
Presença no interior
Foram 113 cidades visitadas pelo governador Antonio Anastasia nos últimos três meses, o que equivalem a 30.761 quilômetros percorridos, desde cidades pólo até municípios médios e pequenos. Ele também participou de todos os seis debates promovidos pelas redes de TV.

O principal objetivo foi apresentar os resultados das políticas públicas adotadas pelo Governo de Minas nos últimos oito anos e debater as propostas de seu Plano de Governo. Antonio Anastasia manteve o ritmo de viagens na última semana e visitou todas as regiões do Estado, para reforçar a campanha junto aos eleitores ainda indecisos.

Ao longo de toda a campanha eleitoral para o primeiro turno, o reconhecimento dos mineiros a este trabalho se refletiu na consolidação de sua liderança em todas as pesquisas de intenção de voto divulgadas na última semana. Antonio Anastasia cresceu, em média, 25 pontos porcentuais nas medições, nos últimos dois meses.

“Isso explica porque a candidatura de Anastasia passou de 20 pontos atrás de seu principal adversário e às vésperas da eleição, todos os institutos apontam que ele pode vencer no primeiro turno com uma boa margem. Essa campanha tem naturalidade com Minas Gerais. Somos Minas Gerais. O forte da candidatura de Anastasia, Aécio e Itamar é a caracterização da mineiridade. Essa candidatura nasceu dos interesses de Minas, da grandeza do que foi feito em Minas nos últimos anos em todas as regiões do Estado”, disse Tilden Santiago.
 
Eleitorado consciente
A grande mudança observada nas eleições deste ano, segundo o deputado federal Narcio Rodrigues, é que a escolha dos candidatos foi muito mais pautada pela razão, do que pela emoção, o que demonstra um amadurecimento dos eleitores mineiros, que não se deixam mais levar por promessas vazias.

“Os eleitores estão bem mais vigilantes, cobrando coerência e, por isso, estão mais criteriosos e rigorosos na escolha dos candidatos e focados na realidade. Anastasia já vem conduzindo de forma exemplar o Governo de Minas. E ao longo de toda a campanha, demonstrou que é aquele quem tem as melhores condições de conduzir o nosso Estado”, acredita o deputado. 

Para Tilden Santiago, a inteligência, o caráter, a clarividência e a memória de Anastasia também explicam o sucesso da sua campanha. Nos debates argumentou com segurança de quem sabe o que está falando, ao contrário dos seus adversários. Conhecido pela sua capacidade técnica, da força de quem saiu da academia, com especialização em Direito Público, para colocar em prática o seu conhecimento na administração pública, Tilden Santiago disse que o governador Antonio Anastasia também surpreendeu ao revelar a sua vocação política.

“Convido os indecisos a olharem a situação em que encontra Minas Gerais, a verem os avanços desses oito anos de governo Aécio e Anastasia e ver a diferença que existe entre ele e os outros candidatos, da sua simplicidade, das suas características que são as mesmas dos mineiros, que cativa a todos os que o conhecem”, disse Tilden Santiago.
 
(more…)

Presidente do PSDB/MG rebate informações falsas do candidato Hélio Costa

setembro 5, 2010

O presidente do PSDB mineiro e um dos coordenadores da campanha da coligação Somos Minas Gerais, deputado Narcio Rodrigues, afirmou, neste domingo, dia 5, que a divulgação de números e de informações incorretas pelo candidato do PMDB Hélio Calixto Costa revelam seu desconhecimento da realidade do Estado.

“O candidato do PMDB bateu recorde esta semana de equívocos e falsas informações aos eleitores, e sempre deriva para promessas infundadas. Acredito que a sua tentativa de manipulação de números e dados se revelará sem efeito. Os mineiros que vivem em Minas conhecem bem nossa realidade, ao contrário dele. Como já disse antes, Minas precisa ser apresentada novamente ao ex-ministro”, disse Narcio.

O coordenador chamou se “invencionice” a afirmativa feita pelo candidato do PMDB e PT sobre a cobrança de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) na tarifa de água. Tal cobrança não é aplicada nos estados brasileiros. 

“É um absurdo a afirmação feita da cobrança de ICMS sobre a água. Um desrespeito e um desserviço ao eleitor. Nenhum estado brasileiro, incluindo Minas, cobra ICMS sobre a água, isso simplesmente não existe, é pura invencionice do candidato. A Constituição Federal não permite essa taxação sobre o serviço de água. Quem vive em Minas sabe que o único governador que tentou mudar a legislação e instituir a cobrança de ICMS na tarifa de água foi Newton Cardoso, do PMDB, um dos principais aliados e amigos do candidato Hélio Costa”, afirmou Narcio

E acrescentou: “Com relação às contas de água, o que o Governo de Minas está fazendo de concreto é subsidiar a água tratada em 164 localidades do Norte do Estado, beneficiando 134 mil pessoas, através da Copanor.”

O coordenador destacou ainda que, ao contrário do citado no programa eleitoral do candidato do PMDB, no estado de Goiás a alíquota de ICMS sobre o álcool é de 20%, e não 17%. No caso do Mato Grosso do Sul, o ICMS cobrado não é de 18%, como foi dito, e sim de 25%, com uma redução para 22% já definida para o próximo ano. Em Minas Gerais, a alíquota atual sobre o álcool é de 25% e será reduzida para 22% a partir de janeiro de 2011, conforme legislação já aprovada pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG).
 
Isenção de luz a 2,8 milhões de mineiros
Sobre a conta de luz, Narcio Rodrigues disse que a Cemig isenta hoje do pagamento de ICMS mais da metade dos 5,1 milhões de consumidores residenciais. São 2,8 milhões de mineiros que apresentam um consumo mensal  de até 90 kwh. Entre esses consumidores, estão ainda 1,9 milhão de famílias de baixa renda, que pagam uma tarifa mais baixa, que varia entre R$ 2,99 a R$ 16,43 por mês para o consumo de até 90 kwh. Trata-se da maior isenção em todo o País.

Na conta de luz paga pelos mineiros, incidem, no entanto, dez impostos  federais que são cobrados de todos os consumidores sem qualquer faixa de isenção. Se o governo federal concedesse a mesma isenção feita pelo Governo de Minas, o valor pago na conta de luz reduziria em 30%.“O candidato do PMDB falta com a verdade também quando diz que a nossa UEMG é paga.  A UEMG não cobra mensalidades ou matrícula em nenhum de seus cursos de graduação, oferecidos nos seus seis campi do Estado. A Universidade é pública e se mantêm com recursos estaduais. É oportunismo do candidato não reconhecer os avanços conquistados nos últimos oito anos”, afirmou.
 
Internet nas escolas
Sobre a internet nas escolas públicas de Minas, O Governo de Minas investiu R$ 100 milhões para equipar as quase 4 mil escolas estaduais com novos computadores e interligá-las à internet. Os computadores foram adquiridos com recursos próprios do Estado a partir de 2004. Somente em 2007, três anos mais tarde, o Governo Federal iniciou o envio de equipamentos para as escolas mineiras. Hoje, 57% das 3.806 escolas estaduais estão equipadas com computadores adquiridos pelo Tesouro do Estado. Em  43% das  escolas existem equipamentos fornecidos pelo Estado e pela União.

“Também é incorreta a afirmativa do candidato de que Minas já foi o primeiro estado brasileiro no agronegócio e atualmente ocupa a quarta colocação. Segundo a última comparação entre estados, realizada pelo Ipea, órgão do Governo Federal, Minas ocupava, em 2007, a liderança no PIB da agropecuária, com destaque para a produção de café, leite e cana de açúcar”, afirmou Narcio.

Presidente do PSDB de Minas responde críticas feitas pelo vice de Hélio Costa

setembro 2, 2010

Informação à imprensa

O presidente do PSDB, Narcio Rodrigues, rebateu nesta quinta-feira as críticas feitas pelo candidato a vice-governador pela coligação Todos Juntos por Minas, Patrus Ananias, sobre o Choque de Gestão e os serviços prestados à população mineira.

“A afirmativa, mais uma vez, demonstra desconhecimento do que aconteceu em Minas Gerais nos últimos anos. O Choque de Gestão equilibrou as contas públicas de Minas Gerais e possibilitou exatamente que o Estado retomasse os seus investimentos e oferecesse a prestação de bons serviços à população”, destacou.

Narcio lembrou que, na área social, o Governo de Minas investiu, em recursos próprios, R$ 4,7 bilhões em ações de redução da pobreza e das desigualdades regionais entre 2003 e 2009.

“O interessante é que diferentes instituições atestam os avanços de Minas na área social. O próprio Ministério do Desenvolvimento Social, ocupado por Patrus Ananias, enquanto manteve um ranking apontou Minas em primeiro lugar na implantação do Sistema Único de Assistência Social (SUAS). Em outro estudo, o Ipea, órgão ligado ao Governo Federal, mostra que Minas antecipará em três anos a meta nacional de erradicação da pobreza extrema e relatório da ONU, divulgado em março, também afirma que Minas já conseguiu antecipar importantes metas estipuladas para o Brasil no documento Metas do Milênio”, destacou Narcio.

O deputado ressaltou ainda que os investimentos de Minas na saúde, entre 2003 e 2009, aumentaram mais de 200%. Assim como os outros estados brasileiros, Minas segue as determinações do Tribunal de Contas do Estado e cumpre integralmente a Emenda 29, ao contrário do que afirma Patrus Ananias. Em 2009, foram aplicados R$ 3,37 bilhões em ações de saúde, o que corresponde a 15,44% da receita do Estado.
 
Coligação Somos Minas Gerais
Belo Horizonte, 02 de setembro de 2010

Anastasia defende campanha de alto nível e com debate de propostas

setembro 1, 2010

Os candidatos da Coligação Somos Minas Gerais fizeram caminhada em Ribeirão das Neves. Fotos Rodrigo Lima/Nitro

O governador Antonio Anastasia, candidato à reeleição, e o ex-governador Aécio Neves, candidato ao Senado, percorreram hoje juntos as ruas do município de Ribeirão das Neves, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH). Em contato direto com os eleitores, Antonio Anastasia reiterou o compromisso assumido por ele, Aécio Neves e o ex-presidente Itamar Franco de realizar uma campanha em alto nível, sem ataques pessoais e com o debate de propostas para o desenvolvimento das regiões de Minas.

“A campanha a governador é uma campanha muito importante e tem que ser feita em alto nível, com debate, propostas, como estamos fazendo. Quero reiterar aqui nosso propósito. Sou o atual governador de Minas. Estamos fazendo um trabalho muito bem avaliado e queria reiterar isso. A eleição em Minas se decide aqui em Minas, pelos mineiros”, disse Antonio Anastasia.

O governador destacou o bom entendimento e as parcerias firmados pelo Estado e o governo federal ao longo de oito anos. Ele voltou a defender que Minas mantenha a autonomia política que sempre marcou a história do Estado em benefício da população, e destacou que a eficiência na administração pública somada à tradição republicana de Minas são hoje um patrimônio que deve ser preservado nos próximos anos.

“Sempre temos respeito ao presidente da República e reiteramos sempre: a eleição do Estado se faz aqui no Estado, pelos mineiros. Tivemos uma boa convivência administrativa durante esses anos todos, as parcerias foram realizadas. O tratamento republicano é importante e sabemos, independente de quem venha a ser o presidente da República, que esse tratamento republicano vai continuar. Temos em Minas é competência, exatamente a eficiência de fazer ainda melhor em Minas como fizemos ao longo desses últimos anos. Agora, volto a insistir: é importante que Minas tenha sempre essa sua autonomia, fruto da nossa tradição republicana”, afirmou Antonio Anastasia.

Caminhada

Os candidatos chegaram a Ribeirão das Neves acompanhados pelo ex-ministro e ex-embaixador em Cuba, Tilden Santiago, segundo suplente de Aécio Neves na chapa ao Senado, e pelo presidente estadual do PSDB e um dos coordenadores da Coligação “Somos Minas Gerais, deputado Narcio Rodrigues. Foram recebidos pela população, por prefeitos e lideranças políticas da Região Metropolitana.

O prefeito de Neves, Walace Ventura (PSB) e centenas de moradores da cidade acompanharam de perto a caminhada pela Praça Central, tiraram fotos e não esconderam o carinho e o respeito que têm por Antonio Anastasia e Aécio Neves. Os candidatos pararam no bar e restaurante Central, na rua Raimundo Nonato de Souza,  onde  comeram o famoso bolinho de carne, receita exclusiva da casa.

Investimentos sociais

Para o prefeito de Ribeirão das Neves, o reconhecimento dos moradores da cidade pelo trabalho do governador Anastasia e do ex-governador Aécio nos últimos oito anos não é gratuito, e sim resultado dos investimentos feitos em obras de saneamento básico, na segurança pública, educação, saúde e na duplicação da estrada ligando Neves a Justinópolis.

O programa Poupança Jovem também teve a sua primeira turma formada em Ribeirão das Neves e garantiu a possibilidade de um futuro melhor para 2 mil jovens da cidade. Eles receberam uma bolsa de R$ 3 mil após completarem o Ensino Médio.

“São inúmeros os projetos desenvolvidos pelo Anastasia e pelo Aécio na cidade. Ribeirão das Neves, acima de tudo, tem mostrado reconhecimento pelo que o Aécio iniciou e que está tendo continuidade com o Anastasia. O município se sente extremamente honrado por poder agradecer tudo o que tem sido feito por eles”, afirmou Walace Ventura.

Educação e trabalho

Em Ribeirão das Neves são atendidos 11.558 alunos de 27 escolas de Ensino Médio da cidade. O investimento total do Governo de Minas, só em Ribeirão das Neves, foi R$ 57 milhões, desde 2007, para o custeio das atividades e das poupanças.

No dia 22 de março de 2010, o governador Antonio Anastasia, vice-governador à época, junto com então governador, Aécio Neves, participou, em Ribeirão das Neves, da formatura da primeira turma de estudantes atendidos pelo Poupança Jovem.  Mais de 2 mil alunos concluíram o ensino médio em 26 escolas estaduais do município.

Em Ribeirão das Neves são 2.120 alunos de 26 escolas participando do projeto Escola em Tempo Integral do governo. Mais de 600 jovens participam dos cursos de ensino profissionalizante oferecidos pelo Governo do Estado em parceria com a iniciativa privada.

Pelo menos 56 escolas da cidade foram reformadas com recursos do Governo do Estado, beneficiando 52.380 alunos. Dentro do programa Travessia, 4 mil trabalhadores foram qualificados e capacitados pela Usina do Trabalho.

Desenvolvimento Econômico

O Governo de Minas investiu R$ 186,6 milhões em 10 projetos que geraram 1.867 empregos diretos nos setores de transporte terrestre, segurança, químico, moveleiro, comércio e agroindústria em Ribeirão das Neves.

Outros R$ 56,1 milhões foram usados em obras desde 2003, como a da construção do Presídio José Martinho Drummond, a reforma da Casa de Detenção Antônio Dutra Ladeira, construção do 40º Batalhão da PMMG, construção da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) – Justinópolis, reforma e adequação do galpão e construção de acesso interno na Penitenciária José Maria Alkimin,  além da obra de Construção de Praça Central no Bairro Várzea Alegre, que deve ser entregue à população ainda neste ano.

Pausa na caminhada para comer o famoso bolinho de carne no bar e restaurante Central, em Ribeirão das Neves

Presidente do PSDB aponta contradição de candidato do PMDB em críticas a convênios

agosto 31, 2010

Deputado Narcio Rodrigues: "Hélio Costa também deveria criticar Lula por manter inalterada assinatura de convênios durante período eleitoral"

O presidente estadual do PSDB e um dos coordenadores da coligação “Somos Minas Gerais”, deputado Narcio Rodrigues, classificou nesta terça-feira, dia 31, como artificiais e contraditórias as críticas feitas pelos candidatos do PMDB à assinatura de convênios entre o Governo de Minas e municípios do Estado. Segundo ele, as críticas servem apenas como ataques gratuitos ao governador Antonio Anastasia, que assumiu a liderança na disputa pela sucessão do Governo de Minas. Prova disso é que o Governo Federal mantém inalterada a rotina de assinatura de convênios com prefeituras e estados no País mesmo no período eleitoral.

“A campanha do candidato do PMDB continua insistindo em criar factóides políticos. Agora, no desespero de tentar reverter a perda de apoio à sua candidatura, decidiu adotar uma postura totalmente contraditória. Em Minas, atacam os convênios absolutamente regulares realizados pelo Governo do Estado e as prefeituras, mas escondem dos eleitores que o Governo Federal, do qual ele e seu vice foram ministros, continua assinando convênios com municípios em todo país. Ou eles assumiram uma postura falsa com o claro objetivo de confundir os eleitores mineiros ou devem dirigir as mesmas graves acusações que têm feito ao governador de Minas também ao presidente Lula”, disse o coordenador da coligação que apóia Anastasia.

Por determinação do governador Antonio Anastasia, as secretarias e órgãos estaduais suspenderam em 3 de julho a assinatura de quaisquer convênios com prefeituras mineiras, respeitando o prazo estabelecido pela Justiça Eleitoral que veda a transferência de recursos públicos nos três meses que antecedem à data das eleições. Já o Governo Federal suspendeu o repasse dos recursos, mas continua firmando convênios entre a União, estados e municípios brasileiros.

“Em Minas os prazos e procedimentos determinados pela legislação eleitoral foram integralmente cumpridos por orientação expressa do governador. O amplo apoio à reeleição de Anastasia pelos prefeitos mineiros, inclusive do PT e do PMDB, não se deve à velha política do favorecimento. É exatamente o contrário. Os prefeitos apóiam Anastasia porque ele manteve, ao lado de Aécio Neves, uma prática transparente e correta, sem apadrinhados, em favor dos mineiros”, disse Narcio.
 
Convênio federais
A realização de novos convênios por parte do Governo Federal continuam ocorrendo normalmente em todo o País. No último dia 26, por meio do Ministério da Integração Nacional, a União repassou R$ 200 milhões ao Estado de Alagoas para obras de reconstrução de infraestrutura. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União.

Já no dia 18, também no período eleitoral, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, anunciou empréstimo de R$ 3,7 bilhões do Banco de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para melhorar o perfil de endividamento da Companhia Energética de Goiás (Celg). A medida foi noticiada por diversos veículos de imprensa à época.
A Prefeitura de Registro, em São Paulo, também foi beneficiada por convênios com o Governo Federal durante o período eleitoral. No dia 20, foram autorizados recursos para a construção de 380 casas pelo Programa “Mina Casa, Minha vida”.
 
Prazo limite
Assim como o Governo do Estado de Minas Gerais, o Governo Federal também cumpriu a Lei Eleitoral ao estabelecer o dia 3 de julho como limite para a liberação de recursos por meio de convênios. Nos dias 1º e 2 de julho, segundo apuração do jornal Correio Braziliense, os ministérios do Turismo. Cidades, Esporte e Saúde depositaram nas contas de prefeituras municipais R$ 166 milhões para obras de abastecimento de água, esgotamento sanitário, quadras esportivas, pavimentação de ruas. A base de dados foi baixada do Siafi (sistema informatizado que registra os gastos do governo) pela ONG Contas Abertas.

A Prefeitura de Ribeirão Preto também foi uma das últimas a ter convênios aprovados pelo Governo Federal antes do limite da Lei Eleitoral. No dia 30 de junho, o Ministério da Agricultura aprovou investimentos de R$ 2,4 milhões no Parque Permanente de Exposições da cidade.

Parcerias com iniciativa privada e municípios garantem a Minas salto de desenvolvimento

agosto 28, 2010

Deputado Narcio Rodrigues, presidente do PSDB/MG e coordenador da campanha da Coligação Somos Minas Gerais

O presidente Regional do PSDB e um dos coordenadores da campanha eleitoral em Minas, deputado federal Narcio Rodrigues, destacou neste sábado, dia 28, o importante papel assumido pelo Governo de Minas como promotor e facilitador do desenvolvimento econômico nas regiões do Estado. Os investimentos anunciados por empresas privadas em Minas, entre 2003 e 2010, totalizam R$ 240 bilhões, com a geração de 448.220 novos empregos diretos para a população.

“O êxito da política econômica e o planejamento responsável empreendido pelo ex-governador Aécio Neves e pelo atual governador Antonio Anastasia podem ser medidos pelo crescimento econômico que Minas vive com índices superiores às médias nacionais, com forte atração de investimentos para o Estado. A parceria e a confiança do setor privado no governo responsável e ético  de Aécio, e agora de Anastasia, são as bases para o ciclo virtuoso de desenvolvimento que todos queremos para Minas”, disse Narcio.

Apenas no primeiro semestre deste ano foram anunciados investimentos privados de R$ 38,4 bilhões, que vão gerar 37 mil empregos diretos e mais de 95 mil empregos indiretos para os mineiros.

Política tributária
Na prática, o Governo de Minas tem adotado várias medidas que se traduzem em redução da carga tributária, sem comprometimento da arrecadação do Estado, e, com estrita observância às imposições da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). Prova desse esforço é que foi possível reduzir a carga tributária de 245 produtos, todos com grande alcance social. São produtos que compõem a cesta básica, de higiene e materiais escolares, entre outros. Em 2003, o Estado aprovou a redução da alíquota do diesel de 18% para 12%, o que trouxe reflexos diretos no custo das empresas com transporte e logística.

Transparência na parceria com as prefeituras

Narcio Rodrigues respondeu também às afirmativas feitas pela chapa de oposição à reeleição de Antonio Anastasia em relação aos convênios firmados pelo Estado com os municípios mineiros. O coordenador destacou que o relacionamento do Governo de Minas com as prefeituras sempre foi mantido por meio de parcerias administrativas voltadas ao interesse público, sem qualquer discriminação de municípios.

“Os prefeitos do PT e do PMDB são testemunhas da ação transparente, ética e responsável do Governo de Minas. Eles têm dito isso publicamente. Essa semana, Anastasia ouviu isso diretamente dos prefeitos da oposição que reconhecem nele as qualidades de um gestor moderno e antenado com seu tempo. Em Minas não há mais espaço para a política do passado, que favorecia aliados e apadrinhava os amigos. Sepultamos a política do fisiologismo”, disse Narcio.

O deputado destacou que os convênios firmados este ano pelo Governo de Minas e as prefeituras municipais atenderam aos termos e aos prazos estabelecidos pela Legislação Eleitoral. “O Governo de Minas cumpriu rigorosamente o que determina a Justiça Eleitoral. Os convênios realizados aqui inclusive seguiram os mesmos moldes dos assinados pelo governo federal com prefeituras e estados. Com uma diferença fundamental: em Minas não houve favorecimento dos aliados”, disse Narcio. Em 2010, o Governo de Minas firmou 1.624 convênios com 804 prefeituras mineiras no montante de R$ 678 milhões.

Aécio Neves destaca capacidade de articulação política de Alberto Pinto Coelho

agosto 18, 2010

 

Deputado Alberto Pinto Coelho, candidato a vice-governador da Coligação Somos Minas Gerais

O candidato ao Senado e ex-governador Aécio Neves destacou nesta quarta-feira,dia 18, a capacidade de articulação política do candidato a vice de Antonio Anastasia na chapa da coligação “Somos Minas Gerais”, deputado estadual Alberto Pinto Coelho (PP). Presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, Alberto Pinto Coelho tem, segundo Aécio Neves, grande conhecimento da realidade social do Estado e será fundamental para garantir a boa governança ao lado de Antonio Anastasia.

“Primeiro como líder de governo, ele teve a capacidade de articular  as alianças necessárias para que nós fizéssemos o mais profundo ajuste fiscal já feito em qualquer estado brasileiro. Sem a participação da Assembleia todo o esforço para que Minas readquirisse sua capacidade de investimentos, seria nulo. Depois, como presidente da Assembleia, Alberto Pinto Coelho conduziu com muita competência  e seriedade as principais votações que permitiram a Minas entrar neste círculo virtuoso de crescimento”, disse Aécio Neves.

Para ele, a liderança de Alberto Pinto Coelho, sua capacidade de diálogo e seu profundo conhecimento do que ocorre hoje em Minas serão essenciais no futuro mandato do governo Anastasia. “Para que Minas continue a avançar nessa mesma direção”, afirmou o ex-governador Aécio Neves

Ampla base de apoio e de votos

Parlamentar reconhecido e admirado pela classe política, Alberto Pinto Coelho é hoje uma das principais lideranças em Minas, sobretudo pelo amplo apoio de forças políticas que ele reúne nas mais diversas regiões do Estado.  Com 16 anos de mandato, o deputado é votado em 750 dos 853 municípios mineiros. O vice na chapa de Anastasia faz parte de um grupo aprovado por aliança formada entre 12 diferentes partidos, a mais ampla união de forças já ocorrida no Estado.

“Alberto é um vice que, pela sua trajetória pessoal e profissional, pela sua força política, por sua liderança, pela sua densidade eleitoral, será decisivo na sucessão em Minas”,  destaca o governador Antonio Anastasia, candidato à reeleição. Para o deputado Alberto Pinto Coelho, governador e vice precisam ter histórica sintonia para garantir a governabilidade e o desenvolvimento de ações e programas de interesse da população.

“O governador Anastasia e eu  temos uma convergência natural, não nos aproximamos ontem, para buscar votos hoje, ou para legitimar este ou aquele arranjo eleitoral. Sempre tivemos diálogo franco e produtivo. Temos as mesmas crenças e convicções. Não há, entre nós, desconfianças ou constrangimentos, mas identidade de propósitos e mesma visão de futuro. Como candidato a vice, não poderia  ter exemplo melhor de contribuição efetiva nas grandes tarefas da governança do que o próprio Anastasia, enquanto vice do nosso grande líder Aécio Neves, cujo trabalho alcança amplo reconhecimento em todo o país”, afirmou.

O parlamentar diferencia ainda o papel de vice e o de governador. Em relação à superexposição do vice, promovida pela chapa adversária, Alberto alerta que o governador é quem tomará todas as decisões. “Cabe ao vice contribuir. Não cabe ao vice aparecer. Quem tomará as decisões e quem tem a caneta na mão é o governador. Então  dar a mesma dimensão (do vice ao governador) é enganar o eleitor, é dar a impressão de que quem vai governar é o vice e não o governador”, disse.
 
Sintonia política e diálogo no trabalho por Minas
Como presidente do Legislativo desde 2007, Alberto presidiu Comissões, foi líder de bancada e líder de governo. Sua reeleição ao cargo em 2009 contou com 74 dos 77 votos, o que comprova sua liderança e a confiança dos parlamentares. Alberto preside também o Partido Progressista (PP) em Minas e é presidente de honra do Colegiado de Presidentes das Assembleias Legislativas do país, entidade que comandou durante dois anos (2007-2009).

Formado em Administração de Empresas, ele agrega ao trabalho legislativo quase 30 anos de experiência em gestão de empresa estatal. Ocupou cargos de alta gerência e de diretorias nas áreas de gestão administrativa, comercial, planejamento operacional e de marketing. Foi também representante do Ministério das Comunicações em Minas e comandou o Departamento Nacional de Telecomunicações (Dentel-MG).

A confiança dos parlamentares em Alberto Pinto Coelho foi demonstrada em sessão plenária na Assembleia Legislativa quando seu nome foi lançado para a sucessão em Minas. A reação do plenário foi imediata. Até deputados que estão hoje no palanque da oposição ocuparam o microfone para exaltar as qualidades de Alberto Pinto Coelho.  “Ele tem nada menos que o apoio declarado de 57 deputados estaduais, o que significa o apoio de 600 prefeitos”, aponta o deputado estadual Gustavo Valadares (DEM).

O presidente do PSDB mineiro, deputado federal Narcio Rodrigues, ressalta a escolha de Alberto para vice na chapa ao lado de Antonio Anastasia. “Eleito vice, o deputado Alberto Pinto Coelho será indispensável, inclusive, na consolidação da base de sustentação do governo Anastasia pela facilidade que tem em dialogar e pela competência em construir consensos”, destaca o deputado federal Narcio Rodrigues, presidente do PSDB mineiro.

Coligação Somos Minas Gerais ajuiza representação contra Sensus e PR

julho 15, 2010

Deputado Narcio Rodrigues: pesquisa possui fortes indícios de favorecimento a um dos candidatos ao governo do Estado. Foto Emmanuel Pinheiro / Nitro

A coligação Somos Minas Gerais ajuizou na Procuradoria Regional Eleitoral de Minas Gerais, nesta quinta-feira, dia 15, uma representação contra o Instituto Sensus e o Partido da República (PR) por suspeita de fraude na pesquisa eleitoral registrada na última terça-feira, dia 13, referente à disputa pelo Governo de Minas Gerais.

O presidente estadual do PSDB, deputado federal Narcio Rodrigues, afirma que há fortes indícios de manipulação da pesquisa para favorecer um dos adversários do governador Antonio Anastasia, candidato à reeleição pela coligação Somos Minas Gerais.

O deputado afirma que a pesquisa tem quatro irregularidades:
1) Não identifica os municípios e bairros abrangidos pela pesquisa, informações obrigatórias previstas na legislação eleitoral,
2) A pesquisa foi registrada junto ao TRE/MG no dia 13 de julho e divulgada no dia seguinte, não respeitando a legislação eleitoral, que determina o prazo de cinco dias após o registro para a divulgação,
3) O questionário apresentado aos entrevistados faz uma propaganda  clara sobre um dos candidatos em prejuízo dos demais,
4) A Executiva Estadual do PR não reconhece ter encomendo a pesquisa, como consta no registro da mesma junto à Justiça Eleitoral.

Leia matéria completa Coligação “Somos Minas Gerais” ajuíza representação por suspeita de fraude em pesquisa

Assista ao vídeo

Conselho Político é formado e faz sua primeira reunião

junho 21, 2010

A próxima reunião do Conselho será realizada na 6ª-feira, na sede do PSDB/MG

Realizada na manhã desta segunda-feira, dia 21, na sede do PSDB/MG, em Belo Horizonte, a primeira reunião do Conselho Político criado para discutir as questões que envolvem a reeleição do governador Antonio Anastasia (PSDB), além da formação das chapas proporcionais e majoritária para as eleições 2010. Estiveram presentes presidentes de partidos e representantes do DEM, PPS, PP, PTB, PR, além do presidente do PSDB, deputado Narcio Rodrigues e do secretário Danilo de Castro.  

O Conselho irá se reunir semanalmente e a próxima reunião acontecerá na sexta-feira, dia 25, às 15 horas. “Este colegiado será o fórum para discutir as pendências partidárias e as estratégias de comunicação, entre outros assuntos, como também a escolha do vice e dos suplentes ao Senado. Teremos uma aliança ampla com 14 ou 15 partidos e precisamos dar noção de conjunto, de unidade, até para que não surjam problemas que possam dividir essa base”, informou o deputado Narcio Rodrigues.

Narcio explicou que as primeiras discussões estão centradas na formação das chapas proporcionais – para deputados federais e estaduais. Só depois será discutida a chapa majoritária. “Nosso objetivo é reeditar o `chapão’ e acreditamos em pelo menos seis partidos fazendo parte dele”, afirmou o presidente dos tucanos mineiros.

Na convenção do PSDB, que será realizada no domingo, dia 27, na Assembleia Legislativa, Narcio adiantou que o partido irá apresentar sua chapa completa.

Fonte: PSDB/MG