Posts Tagged ‘governador de Minas Gerais’

Anastasia destaca importância do Sebrae para o fortalecimento das micro e pequenas empresas

fevereiro 9, 2011

Foto: Wellington Pedro / Imprensa MG

O governador Antonio Anastasia participou, nesta quarta-feira, dia 9, em Brasília, da solenidade de posse do presidente do Conselho Deliberativo Nacional e da Diretoria Executiva do Sebrae para o período 2011 a 2014. Assumiu o cargo, o mineiro Roberto Simões, ex-presidente do Sebrae-MG e atual presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais (Faemg). Antonio Anastasia afirmou que o trabalho realizado pelo Sebrae é fundamental para o fortalecimento das micro e pequenas empresas e para a geração de empregos de qualidade, uma das principais metas do Governo de Minas.

“Acho que a questão da microempresa cada vez mais temos que investir e aprofundar. Por que motivo? É ela que gera mais empregos. Temos em Minas Gerais, hoje, uma grande obsessão que é gerar empregos de qualidade. E não há dúvida alguma que as micro e pequenas empresas geram um número maior de empregos. Então, todo tipo de estímulo será dado para que isso ocorra. O Sebrae é uma referência, hoje, nacional e, até internacional, pelo bom exemplo que dá a favor do pequeno e micro empresário no Brasil. É uma instituição relativamente jovem no Brasil, mas já disse a que veio e tem feito belos trabalhos ”, disse o governador Antonio Anastasia.

Empreendedorismo
Segundo o governador, a parceria entre o Governo de Minas e o Sebrae tem sido fundamental na qualificação dos empresários e no empreendedorismo em todas as áreas.

“O Sebrae é parceiro de primeira hora não só do Governo do Estado, mas da sociedade e dos empresários. Realiza um belíssimo trabalho, quer de qualificação, quer de apoio aos empresários, ao empreendedorismo, no turismo, no comércio, em todas as áreas. Então, é uma instituição que encontrou, de maneira muito feliz, o seu lugar na sociedade brasileira. Agora, para nós, mineiros, é uma satisfação ainda maior com a posse de Roberto Simões”, afirmou o governador.

Durante a solenidade, foi realizada a cerimônia pública de transmissão de cargo, já que a posse oficial da nova direção da instituição ocorreu em 20 de janeiro. O governador participou da cerimônia ao lado do ex-presidente do Sebrae, senador Adelmir Santana; do ex-diretor presidente Paulo Okamotto; do novo diretor- presidente Luiz Eduardo Barreto Filho; do ministro Fernando Pimentel; do presidente da Câmara dos Deputados, deputado Marcos Maia; e do governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz.

Novo presidente do Sebrae
Natural de Paraopeba, Roberto Simões é engenheiro agrônomo e mestre em Economia Rural (UFV – Viçosa). Casado e pai de três filhos, é vice-presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), presidente da Faemg e do Conselho Administrativo do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-AR/MG). Também é membro do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social do Estado e do Conselho Administrativo da Emater/MG.
Atuou como diretor-geral do Centro de Estudos Rurais (1966 – 1974), da Secretaria da Agricultura de Minas Gerais; diretor-Substituto do Conselho Nacional de Desenvolvimento da Pecuária – Condepe (1974 – 1977); coordenador-geral Comissão Estadual de Planejamento Agrícola de Minas Gerais – CEPA/MG (1977 – 1978). Em 1978, ingressou na Faemg como chefe do Departamento de Estudos Econômicos. Em 1990, assumiu o cargo de diretor-secretário, função acumulada com a de superintendente do Senar-AR/MG, a partir de 1994. Em 2005, se tornou presidente das duas instituições.

Fonte: Agência Minas

Governador e ministro anunciam R$ 70 milhões para municípios atingidos pelas chuvas

fevereiro 3, 2011

Governador Antonio Anastasia e o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra. Foto Osvaldo Afonso / Imprensa MG

O governador Antonio Anastasia e o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, anunciaram, nesta quinta-feira, dia 3, em Belo Horizonte, o repasse de R$ 70 milhões para o atendimento emergencial dos municípios atingidos pelas chuvas em Minas Gerais. Do total, R$ 50 milhões serão repassados pelo Governo Federal e R$ 20 milhões pelo Governo do Estado. Inicialmente serão atendidos 52 municípios que já estão com processos de Situação de Emergência homologados pelo Governo de Minas.

“É um primeiro passo que estamos dando, tanto o Governo Federal, quanto o Governo do Estado, para a recuperação dos municípios que foram atingidos. É bom lembrar que quando tivemos o momento mais grave das chuvas, houve o atendimento imediato mais importante, que foi o atendimento humanitário, de segurança, para as remoções, para abastecimento, para recomposição imediata. Agora, é um trabalho um pouco mais lento, de reconstrução das vias públicas, estradas e casas danificadas e destruídas”, afirmou o governador Antonio Anastasia em entrevista.

Recuperação de estradas e pontes
Os recursos aprovados já foram liberados para a Secretaria de Transportes e Obras Públicas e serão aplicados na recuperação da infraestrutura, como vias públicas, estradas, pontes e casas. Antonio Anastasia destacou que os esforços para a liberação dos recursos para atendimento aos municípios demonstram integração entre os governos estadual e federal.

“O Estado está aportando mais R$ 20 milhões nesse momento a esse recurso. Então, já temos aí R$ 70 milhões, demonstrando uma boa integração. Foi um dos temas que tratei com a senhora presidenta Dilma, em Brasília, durante a nossa audiência e demonstrando, de fato, em primeiro lugar, essa cooperação”, disse o governador.

O ministro Fernando Bezerra garantiu que além dos recursos repassados para o trabalho de recuperação das cidades, outras ações serão realizadas pelo Governo Federal para ajudar o Governo do Estado a se recuperar de desastres naturais. Entre elas estão construção de casas para as famílias atingidas, além de ações de prevenção. O ministro destacou também que a Secretaria Nacional de Defesa Civil está sendo reestruturada para melhor atender.

“Gostaríamos de atender até mais do que isto. Até o presente momento, já liberamos recursos superiores a R$ 300 milhões e estamos em contato permanente com as autoridades estaduais. Na medida da possibilidade do Governo Federal, vamos ampliando essas ajudas nas diversas linhas que o Ministério da Integração possui no que diz respeito às ações de defesa civil”, afirmou o ministro.

Auxílio aos municípios
Em Minas, 113 municípios decretaram Situação de Emergência em razão das chuvas desde outubro. Desses processos, 52 já foram homologados pelo Governo do Estado e 8 reconhecidos pelo Governo Federal. Outros 47 municípios apenas comunicaram à Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec-MG), por meio da Notificação Preliminar de Desastre (Nopred), algum tipo de adversidade causada pelas chuvas e ainda não decretaram Situação de Emergência. A notificação permite que a Defesa Civil seja informada de problemas enfrentados e que possa enviar as primeiras ações de reposta, como materiais de ajuda humanitária.

Desde o início de janeiro, quando ocorreram os maiores danos pelas chuvas, o Governo de Minas tem auxiliado as prefeituras na elaboração de documentos necessários e no suporte aos processos legais exigidos para a liberação dos recursos. O Grupo de Trabalho Multidisciplinar, formado por representantes de secretarias e órgãos do Estado já realizou reuniões com representantes de 51 municípios e outros estão sendo convocados e serão atendidos nos próximos dias.

Entre as demandas estão recuperação de estradas municipais e vias e recuperação de pontes. Os recursos serão repassados aos municípios tão logo os projetos, reunindo documentação e especificidades do desastre ocorrido, estejam concluídos e aprovados. As prefeituras deverão prestar contas da aplicação do dinheiro.

Ajuda humanitária e crédito especial
A Defesa Civil já distribuiu 99 toneladas de cestas básicas; 9.200 colchões, 8.500 cobertores, 97 rolos de lona, 510 sacos de roupas e 12.300 telhas. Os municípios mais atingidos pelas chuvas em Minas Gerais também têm recebido equipes de apoio técnico e ajuda humanitária. Todos os que decretam Situação de Emergência ou solicitam apoio humanitário, são atendidos em caráter emergencial, de acordo com suas necessidades.

O Governo de Minas também criou linha de crédito emergencial para apoiar financeiramente microempresas, empresas de pequeno porte e cooperativas para a reparação de danos causados por chuvas e inundações, no Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG). Serão financiados projetos de R$ 5 mil a R$ 100 mil ou 20% do faturamento contábil. Prazo de quitação de 36 meses com juros de 6% ao ano.

Fonte: Agência Minas

Governador Anastasia preside solenidade de entrega da Medalha Santos Dumont

outubro 26, 2010

A solenidade foi realizada na Fazenda Cabangu, onde nasceu Santos Dumont. Foto Wellington Pedro/Imprensa MG

O governador Antonio Anastasia presidiu, nesta terça-feira, dia 26, em Santos Dumont, na Zona da Mata, a cerimônia de entrega da Medalha Santos Dumont. A solenidade foi realizada na Fazenda Cabangu, onde nasceu o aviador. A comenda, concedida pelo Governo de Minas, é uma homenagem a pessoas e entidades que tenham contribuído para o desenvolvimento e o progresso no país.

Durante a solenidade, o governador destacou o exemplo de ousadia deixado pelo mineiro Santos Dumont, e que tem sido a marca de Minas Gerais.

“Nos últimos anos, Minas Gerais tem sido marcado pela ousadia. Em termos de gestão pública, por exemplo, ficamos tão ousados que nos tornamos um modelo internacional, indicado pelo Banco Mundial como um paradigma a ser seguido por outros estados subnacionais. A ousadia apresentou resultados muito concretos. Acho que nós, mineiros, temos na expressão da ousadia, do empreendedorismo, da coragem, do denodo, sentimentos muito fortes à mineiridade. Então, Santos Dumont é um belo exemplo disso, e vamos continuar sempre nessa mesma trilha”, afirmou Anastasia, em entrevista.

O governador afirmou que poucos brasileiros inovaram e foram tão ousados em seus sonhos quanto Santos Dumont. Ele disse que Minas tem procurado seguir esse caminho para dar um salto de crescimento e alcançar um novo patamar de desenvolvimento.

“Precisamos, mais do que nunca, de buscar novos caminhos para antigos problemas, que perpassam diversos governos e diferentes gerações de brasileiros, relegando-nos à posição de promessa permanente, que se renova, mas nunca se realiza. Precisamos parar de contar décadas perdidas e fazermos, juntos, a grande travessia definitiva para um outro e novo patamar de desenvolvimento”, afirmou o governador em seu pronunciamento. 
 
Novos caminhos
O governador destacou que a trajetória de Santos Dumont ensinou a mineiros e brasileiros que não existem metas instransponíveis e desafios insuperáveis. Ele afirmou ainda que é preciso ousar para dar mais qualidade e eficiência à gestão pública.

O vice-governador eleito e presidente da Assembléia Legislativa, deputado Alberto Pinto Coelho, orador oficial da cerimônia, destacou que a realidade de milhares de aviões cruzando diariamente os céus do mundo e transportando milhões de passageiros a cada ano, encurtando distâncias e unindo os povos, começou por meio do sonho precursor de Santos Dumont.

“A partir deste mesmo sonho, irradiou-se pelo mundo a poderosa indústria da aviação com sua impressionante rede de infraestrutura de aeroportos em escala planetária, a geração de milhares de empregos diretos e indiretos e a cada vez mais importante indústria do Turismo, abrindo espaços econômicos estratégicos, como se dá com a internacionalização do nosso Aeroporto Tancredo Neves, em Confins. Tudo isso faz agigantar em nossos olhos o pensamento criador que animou a vida e a obra de Santos Dumont”, disse Alberto Pinto Coelho.
 
Referência
A Medalha Santos Dumont foi criada para comemorar o primeiro voo com uma aeronave mais pesada do que o ar, em 23 de outubro de 1906, pelo brasileiro Alberto Santos Dumont. Nos três graus – ouro, prata e bronze – foram agraciadas neste ano 176 personalidades, entre elas o reitor da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Clélio Campolina, e os empresários Alfons Gardemann, da indústria Pado, líder de mercado no setor de cadeados e fechaduras, e Constantino Oliveira Júnior, presidente da Gol Transportes Aéreos.

Para Constantino, receber a medalha tem duplo significado: “É muito motivador para que a gente continue acreditando nos nossos sonhos e naquilo que a gente busca como referência pessoal e profissional. Uma medalha com o nome de Santos Dumont tem um significado duplo pra mim, que hoje atuo na área e faço do avião um pouco daquilo que foi o sonho de Santos Dumont, ou seja, um veículo para aproximar as pessoas”, afirmou.

Leia, abaixo, pronunciamento do governador Antonio Anastasia durante solenidade

(more…)

Política moderna é a que alia conhecimento técnico à sensibilidade política, diz Anastasia

agosto 10, 2010

O governador Antonio Anastasia participou, em Belo Horizonte, de sabatina do jornal Folha de S. Paulo e do portal Uol. Foto Marcus Desimoni

O governador Antonio Anastasia, candidato à reeleição pela coligação “Somos Minas Gerais”, participou nesta terça-feira, dia 10, em Belo Horizonte, de sabatina promovida pelo jornal Folha de S. Paulo, na qual respondeu a perguntas de jornalistas de uma plateia de aproximadamente 200 pessoas. No início da sabatina, Antonio Anastasia afirmou que tem toda experiência política e administrativa para conduzir o Estado aos avanços que necessita nas áreas econômicas e sociais. Segundo o governador, a política que exerce à frente do Governo do Estado é moderna por se basear na união da gestão pública de qualidade com a sensibilidade política, passando ao largo dos métodos ultrapassados da “politicagem”.

“Nos dias de hoje, os políticos têm que ter conhecimento técnico e os técnicos têm que ter sensibilidade política. Na minha formação pessoal, me dediquei a vida inteira à administração pública, tanto na formação acadêmica, técnica, como a experiência. Em matéria de conhecimento e sensibilidade política, tenho plenas condições de exercer o Governo do Estado, mas não tenho experiência em politicagem e passo ao largo dela. ”, afirmou Antonio Anastasia.

O governador reiterou que no velho método, do político negativo, aquele que está envolvido nas denúncias, em demagogia e falsas promessas. Ele destacou que o projeto de governo defendido por ele, pelo ex-governador Aécio Neves e pelo ex-presidente Itamar Franco, candidato ao Senado, não comunga destes métodos ultrapassados da chamada “politicagem”.

 “O método novo de se fazer política é o que estamos fazendo aqui em Minas, com muita honradez, com muita probidade, com base e indicadores e resultados e que nos tornou um paradigma até internacional”, disse Antonio Anastasia, ao lembrar que a forma de administrar o Estado, implantada nas gestões Aécio Neves e Antonio Anastasia, é indicada como modelo mundial a outros países pelo Banco Mundial (Bird) e pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Antonio Anastasia destacou, durante a sabatina, que a construção de um novo projeto é um processo gradativo de avanço. “Nós representamos um projeto político que fala de uma continuidade, não de um continuísmo. De uma continuidade com permanentes avanços. Nós fizemos muito, mas falta muito mais para fazer”, afirmou.
 
 Desenvolvimento social

Antonio Anastasia citou o modelo de gestão adotado pelo Governo de Minas como o pressuposto para o Estado recuperar a capacidade de investir em áreas como saúde, segurança pública, educação e infraestrutura. Para ele, o País precisa encarar de frente a discussão nacional sobre a questão da gestão de qualidade, responsabilidade nos gastos públicos e planejamento nos investimentos. Segundo Anastasia, o Brasil atingirá um estágio mais elevado de desenvolvimento social, quando for adotada uma gestão pública de qualidade.

“O Brasil só vai ingressar no estágio de civilização que desejamos, quando tiver uma administração pública profissional. O atual Governo Federal, lamentavelmente, nunca deu valor a isso. Não vejo nos princípios, na concepção, na visão de mundo e de governo que tem os nossos adversários, o menor traço de preocupação”, afirmou o governador.

Confira íntegra da sabatina de Antonio Anastasia

Norte de Minas unido com Antonio Anastasia, Aécio Neves e Itamar Franco

agosto 3, 2010

Em Montes Claros, prefeitos e lideranças de todos os partidos declaram apoio à reeleição de Antonio Anastasia. Foto Victor Schwaner/Nitro

O governador Antonio Anastasia, candidato à reeleição pela coligação “Somos Minas Gerais”, recebeu hoje, dia 3, em Montes Claros (Norte de Minas), o apoio de 83 dos 92 prefeitos que fazem parte Associação dos Municípios da Área Mineira da Sudene (AMAMS). Um a um, cada prefeito subiu ao palanque, montado no bairro Melo, para declarar formalmente seu apoio à reeleição do governador, que estava acompanhado do ex-governador Aécio Neves e do ex-presidente Itamar Franco, candidatos ao Senado Federal.

Mais de três mil pessoas, entre lideranças políticas, vereadores, prefeitos e ex-prefeitos lotaram o evento e emocionaram o Antonio Anastasia, Aécio Neves e Itamar Franco com o clima de festa e dedicação à campanha dos candidatos da coligação “Somos Minas Gerais”.
 
Movimento a favor de Minas

Para o ex-governador Aécio Neves, a recepção memorável que tiveram é resultado das ações do Governo do Estado nos últimos oito anos. Segundo ele, a confiança no trabalho de Antonio Anastasia deixou de se tornar um fato eleitoral e transformou em um movimento a favor de Minas Gerais.

“Hoje é um momento histórico. Estamos aqui recebendo o reconhecimento de praticamente a totalidade dos prefeitos de todos os partidos. É algo a favor de Minas. Deixou de ser um movimento a favor de um candidato, contra outro. É a favor de Minas. É a favor da permanência da verdade, da seriedade, dos investimentos feitos com absoluta transparência. Os mineiros se orgulham muito do que foi feito ao longo do desses últimos anos”, disse Aécio Neves.
 
Apoio maciço dos municípios

O governador Antonio Anastasia disse que a manifestação dos prefeitos de diferentes partidos políticos demonstra que Minas quer a continuidade da parceria entre o Estado e as prefeituras. Ele reafirmou seu compromisso de, reeleito, manter o modelo de gestão do Governo de Minas, que, em oito anos, nunca fez discriminação entre partidos na liberação de recursos públicos ou na construção de parcerias. Durante a administração do PT em Belo Horizonte, estado e prefeitura realizaram juntos o maior conjunto de obras na capital nos últimos dez anos. A mesma parceria administrativa ocorreu nos outros municípios mineiros.

“Não há dúvida que tivemos, ao longo destes anos, uma parceria com os prefeitos mineiros de todos os partidos. É bom dizer sempre do caráter republicano que o governador Aécio Neves imprimiu ao governo desde o primeiro dia e que estamos dando esta continuidade. Os prefeitos, os líderes municipais, ex-prefeitos e vereadores têm um papel fundamental. Os prefeitos são gratos em razão daquilo que foi realizado ao longo desse tempo. Fico muito satisfeito com esse apoio maciço e é evidente que os prefeitos terão uma participação fundamental na nossa campanha”, afirmou Antonio Anastasia.
 
Governo AécioAnastasia mudou o Norte de Minas, declaram prefeitos

O prefeito de Varzelândia, Carlos Antunes, do PT, participou do encontro e declarou apoio aos candidatos da coligação “Somos Minas Gerais”. Ele afirmou que o trabalho feito por Antonio Anastasia e Aécio Neves está acima das questões partidárias. “Antes de ter compromisso com a legenda partidária, tem que ter compromisso com o povo. Se eles estão me ajudando, tenho que retribuir essa ajuda que eles deram para Varzelândia, para meu povo. O governador Anastasia tem dado todo o apoio às prefeituras e não foi diferente com meu município. Antes já tinha esse trabalho feito com o governador Aécio Neves e agora deu continuidade, levando benefício para o meu povo que tanto precisa”, disse o prefeito.

Para o prefeito de Patis e presidente da Associação dos Municípios da Área Mineira da Sudene, Valmir Morais (PTB), o Governo de Minas, nos últimos anos, tirou o município do ostracismo com a construção de postos de saúde, pavimentação de estradas, plantio de lavouras comunitárias para pequenos produtores, implantação da telefonia celular, entre outras parcerias.

“Não podemos deixar esta administração de Aécio Neves parar. E ninguém melhor para ser um gestor do nosso Estado do que o Anastasia. Prova é que Aécio afastou e colocou Anastasia no seu lugar, que já era o vice, e nós temos por obrigação de apoiar nesta caminhada de Minas para que não percamos essa evolução na administração pública. Sabemos que Anastasia como técnico, como pessoa, como ser humano é um exemplo em Minas. E Aécio Neves nunca nos deixaria na mão colocando uma pessoa que não tivesse estas qualidades”, declarou.
 
Antonio Anastasia é o verdadeiro governo que o Norte de Minas precisa

Há 15 anos na vida pública, o prefeito de Jaíba Detinho Araúna (PMN) disse que nunca viu em Minas um trabalho tão qualificado como o desenvolvido pelo atual governo. “Nunca vi um governo investir tanto no Norte de Minas. Por isso, é um dos grandes motivos para nós, norte-mineiros, votarmos e apoiarmos pessoas que nos valorizaram. Foram vários ligamentos de cidades que nem tinham estrada direito e hoje tem a pavimentação. Muitas obras na área de educação. Meu município tem o maior projeto de irrigação da América Latina. Foi um benefício que a Cemig, junto com o Governo do Estado, um grande investimento para nosso município nas escolas, na área de agricultura, no setor de pavimentação. Quem for norte mineiro nunca vai ver uma administração de um Estado fazer o que eles fizeram para o Norte de Minas”, declarou Detinho.

A continuidade da gestão Aécio Neves/Antonio Anastasia também foi destacada pelo prefeito de Fruta de Leite, Nixon Marlon (PR), que também vai se empenhar pela reeleição do governador. “O Antonio Anastasia é o verdadeiro governo que o Norte de Minas precisa. E nós queremos dar continuidade ao governo Aécio que foi um governo excelente. Olhou realmente para o Norte de Minas. É um governador municipalista. Anastasia vai fechar um ciclo de desenvolvimento para a nossa região”, disse.

Ainda em Montes Claros, Antonio Anastasia, Aécio Neves e Itamar Franco participam de carreta pelas ruas da cidade, fazem uma parada no tradicional Café Galo e se reúnem com representantes da Pastoral da Criança.

Antonio Anastasia e Aécio Neves querem campanha transparente e verdadeira

agosto 3, 2010

Em Montes Claros, os candidatos da Coligação Somos Minas Gerais receberam o apoio de 83 prefeitos do Norte de Minas. Foto Victor Schwaner

O governador Antonio Anastasia, candidato à reeleição, defendeu nesta terça-feira em Montes Claros (Norte de Minas) a transparência e o debate de propostas na campanha eleitoral. Ao lado do ex-governador Aécio Neves e do ex-presidente Itamar Franco, candidatos ao Senado Federal, Antonio Anastasia afirmou que a sociedade espera dos candidatos clareza na apresentação de propostas e que os debates são fundamentais para que o eleitor possa avaliar a capacidade e o compromisso daqueles que se propõem a administrar o país e o Estado.

“Vamos apresentar as propostas e esperamos que tenhamos em Minas uma campanha de alto nível, uma campanha de debates, inclusive com os debates que já estão marcados. Isso é importante para que o eleitor mineiro, inclusive atendendo ao que recomenda o Tribunal Eleitoral, conheça os candidatos, conheça profundamente seu passado, sua história, seu perfil, suas qualidades e o que ele fez”, afirmou o governador.
 
Compromissos cumpridos
Em sua chegada a Montes Claros, Antonio Anastasia recebeu o apoio público de 83 dos 92 prefeitos que integram a Associação dos Municípios da Área Mineira da Sudene (Amans). Ele ressaltou que até 3 de outubro percorrerá todas as regiões do Estado para apresentar aos eleitores propostas dos programas e projetos que estarão no seu Plano de Governo e que serão honrados e cumpridos, assim como Aécio Neves e ele já fizeram ao longo de oito anos.

“Faremos uma campanha extremamente propositiva, apresentando nossas propostas, nossas ideias. Vamos apresentar naturalmente aquilo que foi feito ao longo dos últimos anos e mostrar o que significa a continuidade. Como vamos avançar nas diversas políticas públicas, em educação, saúde, segurança e infraestrutura”, afirmou Antonio Anastasia durante entrevista.
 
Verdade na prestação de contas
O valor da transparência e do compromisso com a verdade junto aos eleitores também foram destacados pelo candidato ao Senado Aécio Neves em Montes Claros.  O ex-governador foi enfático ao afirmar que durante oito anos o governo de Minas se pautou pela transparência nas informações sobre a gestão do Estado e adotou de forma inédita no país a divulgação para a sociedade das metas de trabalho em todas as áreas do governo: na educação, saúde, segurança, obras e finanças públicas.  Minas é o único Estado brasileiro a tornar público os resultados da administração em 100% dos programas e ações governamentais.

Pesquisa realizada pelo Portal G1 sobre transparência nos portais dos 26 estados brasileiros e do Distrito Federal elegeu o Portal do Governo de Minas com a melhor nota entre todos os demais em razão da facilidade das consultas dos dados e do detalhamento das informações disponibilizados ao público, com fornecimento de informações até mesmo sobre os repasses de recursos aos municípios.

“Se queremos em Minas uma campanha onde o debate das ideias prevaleça, é necessário que todos os candidatos, em especial o nosso adversário, comecem a falar de dados concretos, de propostas consistentes. O candidato está hoje na obrigação de dizer qual foi o dia e a quem foram solicitadas informações sobre dados do governo que não foram transmitidas a ele”, afirmou Aécio Neves.

O ex-governador destacou, ainda, que as informações governamentais e a prestação de contas à sociedade foram publicadas durante toda sua administração nos sites e nos portais do Governo de Minas.  Os dados só foram retirados da internet, além do período da campanha eleitoral de 2006, a partir do último dia 3 de julho, por determinação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) , na Resolução 23.089/2009. A medida foi publicada em toda imprensa mineira. As informações, no entanto, permanecem sendo prestadas pelas secretarias de Estado e pelos órgãos públicos.

Aécio Neves disse que responderá a todas as inverdades que serão apresentadas aos eleitores mineiros durante a campanha. “Daqui por diante qualquer inverdade, qualquer acusação em relação ao governo nesses últimos anos será respondida diretamente por mim”, afirmou o ex-governador.

Governo Antonio Anastasia tem avaliação positiva de 76% do eleitorado mineiro, aponta Ibope

agosto 2, 2010

Governador Antonio Anastasia: avaliação positiva da maioria dos mineiros, de acordo com o Ibope

O governador de Minas Gerais, Antonio Anastasia, obteve avaliação positiva de 76% dos mineiros entrevistados pelo Ibope, em pesquisa divulgada realizada no Estado. Com apenas quatro meses de mandato, a administração de Antonio Anastasia é considerada ótima/boa por 52% dos entrevistados e como regular por 24%.

A pesquisa Ibope mostrou ainda que 61% dos entrevistados aprovam a maneira como Antonio Anastasia administra o Governo de Minas, confirmando o Instituto Datafolha, em levantamento divulgado no dia 27 de julho que mostrou o mesmo índice de aprovação.

Na pesquisa Datafolha, Antonio Anastasia foi considerado o segundo governador mais bem avaliado do país entre os que assumiram o cargo no dia 31 de março. Esta avaliação mostrou que o índice de popularidade de Antonio Anastasia foi de 141 (em uma escala que vai de 0 a 200), o segundo mais alto do país, superado apenas pelo governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), primeiro colocado no ranking de governadores brasileiros e que cumpre mandato desde 2006.

A pesquisa Ibope foi realizada entre os dias 26 e 29 de julho de 2010, com 1.806 eleitores de diversas regiões do Estado, com idades variadas e grau de escolaridade e nível de renda diferenciados.

Governador Antonio Anastasia visita Carangola neste domingo

agosto 1, 2010

O governador Antonio Anastasia, candidato à reeleição, visita neste domingo, dia 1º de agosto, o município de Carangola, na Zona da Mata. Ele desembarca por volta de 14 horas e segue para a Praça Onofre de Castro Alves, onde se encontra com lideranças políticas para apresentar as propostas da coligação “Somos Minas Gerais” aos eleitores da região.  Em seguida, ele faz caminhada até o Parque de Exposição para visitar o último dia da 61ª Expocarangola, maior feira agropecuária do município.  Antonio Anastasia participa da premiação do julgamento de raças bovinas e visita as barracas de comida da exposição para degustar o típico café com queijo mineiro.
           
Mais saúde e segurança
Nos últimos oito anos, as ações do Governo de Minas foram fundamentais para o desenvolvimento econômico e social de Carangola. A área de saúde mereceu atenção especial do Estado. Foram investidos R$ 4,3 milhões no município, sendo que R$ 1,6 milhão foi aplicado no Pro-Hosp, programa voltado para a melhoria do atendimento nos hospitais regionais.

Os recursos também priorizaram investimentos na Saúde em Casa. Desde 2005, já foram investidos R$ 408 mil para os serviços de atenção básica, na compra de instrumentos médicos e material de custeio para equipes do Programa de Saúde na Família (PSF). O valor também foi  destinado ao custeio de sete equipes e de 51 agentes comunitários que atuam no município. 

A área de segurança também teve prioridade em Carangola. Entre 2003 e 2009, o Governo de Minas investiu R$ 2,7 milhões e o município recebeu 12 novas viaturas da Polícia Militar. Os resultados dos investimentos resultaram na redução de 44,6% dos crimes violentos em Carangola no período.
 
Melhores estradas
A recuperação e pavimentação de estradas na região diminuiu o tempo de deslocamento das viagens, facilitou o escoamento da produção regional e garantiu mais segurança e conforto aos motoristas. Somente com pavimentação de estradas, foram investidos R$ 109,5 milhões para asfaltamento de 178 quilômetros de estradas. Já o ProMG, outro programa desenvolvido pelo Governo de Minas, recuperou 1.000 quilômetros de rodovias da região com investimentos de R$ 63 milhões.

Campanha à reeleição do governador Anastasia é a 1ª do Brasil a reduzir impactos ambientais

julho 20, 2010

Em entrevista durante o lançamento da Campanha Carbono Zero, a Superintendente da Associação Mineira de Defesa do Meio Ambiente (AMDA), Dalce Ricas, manifestou apoio à candidatura de Antonio Anastasia

A campanha eleitoral da coligação “Somos Minas Gerais” será a primeira no Brasil a adotar medidas para neutralizar a emissão de gases do efeito estufa, dentro do conceito “carbono zero”. Todas as atividades de impacto ambiental da campanha, como o consumo de energia elétrica, combustível, papel, plástico, entre outros, serão compensados com o plantio de árvores. A medida foi anunciada pelo candidato à reeleição, governador Antonio Anastasia, na manhã desta terça-feira, dia 20, durante abertura do Comitê Central dos candidatos da coligação, em Belo Horizonte. Antonio Anastasia, o ex-governador Aécio Neves, candidato ao Senado, se reuniram no local com importantes ambientalistas.

“Vamos fazer uma inovação. Vamos colocar em nosso plano de governo, de tal modo que o Estado progressivamente vá adotando a chamada economia de baixo carbono. Todos somos testemunhas de como o clima tem se modificado no mundo e aqui entre nós também. Prejudica a agricultura, prejudica a nossa qualidade de vida. Todos temos de ter hoje esse compromisso com o meio ambiente. Estamos aqui com a presença de grandes nomes, inclusive brasileiros, na área ambiental, com esse propósito”, disse o governador Antonio Anastasia.

Leia matéria completa Campanha à reeleição do governador Anastasia é a primeira do Brasil a reduzir impactos ambientais

Cidades mineiras se preparam para receber delegações estrangeiras na Copa 2014

julho 19, 2010

Minas Gerais avança nos preparativos para sediar os jogos da Copa do Mundo de 2014 e da Copa das Confederações em 2013. As obras do estádio do Mineirão, o principal estádio mineiro, estão rigorosamente dentro do prazo estabelecido pela FIFA. Além disso, cidades de várias regiões de Minas já começam a se estruturar para se candidatarem a receber delegações de seleções internacionais durante as duas competições.

Durante visita a Governador Valadares (Vale do Rio Doce), o governador Antonio Anastasia, candidato à reeleição pela Coligação Somos Minas Gerais, afirmou que a cidade do Leste mineiro possui uma das melhores condições para ser subsede do mundial. Além de disponibilizar o atual estádio José Mammud Abbas, com capacidade para 5,5 mil pessoas, a prefeitura e a universidade Univale, estudam a construção do Estádio Municipal Universitário, capaz de receber 15 mil torcedores. Antonio Anastasia destacou, no entanto, que a decisão para receber as seleções não caberá ao governo, mas às próprias delegações estrangeiras.

“Várias seleções vão se dirigir para o Brasil, e vamos ter as chamadas subsedes. São cidades próximas à capital que tem de ter aeroporto, rede hoteleira e um bom estádio para ser uma subsede. Acho que Valadares tem todas as condições. Então é uma das cidades que pode competir. Mas a decisão não é nossa. A decisão é das seleções estrangeiras, que vão escolher e optar por onde vão ficar”, disse.

Leia matéria completa Cidades mineiras se preparam para receber delegações estrangeiras na Copa 2014