Posts Tagged ‘Governador Anastasia’

Governo Anastasia autoriza uso de terreno do Servas para sede do Grupo Galpão

abril 19, 2011

O prédio será construído de acordo com o conceito de arquitetura sustentável

O governador Antonio Anastasia e a presidente do Serviço Voluntário de Assistência Social (Servas), Andrea Neves, participaram nesta terça-feira (19), de solenidade que autoriza o uso de parte do terreno onde funciona o Centro Mineiro de Referência em Resíduos (CMRR), pertencente à instituição, para uso do Grupo Galpão, uma das mais importantes companhias de teatro de Minas Gerais e do país. No local, funcionarão a nova sede do grupo e as novas instalações do Galpão Cine Horto – Espaço de Criação, Formação e Memória do Grupo Galpão -, onde serão oferecidas atividades gratuitas para formação de profissionais e de público.

“É uma parceria fundamental, primeiro para lembrar que aqui, no Centro Mineiro de Referência em Resíduos, já temos algo que é muito bonito. Aqui colocamos alunos, pessoas vinculadas à reciclagem, aqueles que antigamente se chamavam catadores, mas são fundamentais em nossa sociedade, que pegam aquilo que era chamado lixo, mas são bens que podem ter uma grande utilidade e uma beleza muito especial, de grande criatividade. É significativo poder conciliar esse espaço com um grupo tão importante da cultura mineira, que é o Grupo Galpão, referência brasileira e até internacional que temos em Minas Gerais”, disse o governador Anastasia.

O governador Antonio Anastasia destacou a importância da parceria com o Grupo Galpão para a formação de profissionais e na geração de empregos de qualidade.

“Além da formação de pessoas e da cidadania, contamos com a qualificação das pessoas e aqui volta o que é a obsessão fundamental de meu governo, a geração de empregos de qualidade. A cultura é uma indústria extremamente poderosa. Temos uma grande potencialidade em tudo que se refere ao conhecimento, à criatividade, à arte, ao empreendedorismo”, afirmou Anastasia.

Prédio verde
A nova sede do Grupo Galpão contará com teatro para 400 lugares, auditório, Centro de Pesquisa e Memória do Teatro, salas de aula, atelier de figurino, alojamento, praça de apresentações de espetáculos de rua, café, loja, além de estacionamento para 90 carros.

O novo espaço cultural será construído de acordo com o conceito de arquitetura sustentável. Com quatro andares, a construção terá sua fachada rodeada por “cortinas verdes”, formada por pequenos arbustos de bambu, que reduzirá a necessidade do uso de ar-condicionado.

O projeto, assinado pelos arquitetos Mariza Machado e Fernando Maculan, também prevê o reaproveitamento de água da chuva e acessibilidade para deficientes físicos. O prédio será construído em área de 2.055 metros quadrados, onde hoje funciona um estacionamento. A área será cedida ao Grupo Galpão por 25 anos.

A presidente do Servas, Andrea Neves, afirmou que a presença do Grupo Galpão ao lado do Centro Mineiro de Referência em Resíduos reforça o compromisso do Governo de Minas com o meio ambiente e o desenvolvimento social, buscando formas inovadoras para lidar com desafios que estão presentes no dia a dia da sociedade brasileira.
“Seremos vizinhos de pessoas que já dividem conosco o mesmo espaço simbólico de existência, espaço da solidariedade e da criatividade”, afirmou.

Ação pioneira no país, o Centro Mineiro de Referência em Resíduos é uma iniciativa do Servas e Governo de Minas, por meio da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad), Fundação Estadual do Meio Ambiente (Feam), e apoio do Sebrae-MG. O centro reúne, desde junho de 2007, atividades com o objetivo de transformar os resíduos em oportunidades de trabalho e renda e o consumo consciente.

Formação cultural
O diretor-geral do Galpão Cine Horto, Chico Pelúcio, afirmou que a cessão do uso do terreno concretiza um grande sonho do grupo que, há 29 anos, vem montando espetáculos de grande comunicação com o público. O Grupo Galpão irá transferir para o novo espaço todas as atividades desenvolvidas pela companhia.

“Iniciamos um novo projeto de vida, gerador de sonhos, de melhores cidadãos e de uma sociedade mais humana. Além de termos a oportunidade de ampliar e potencializar nossos projetos”, disse.

Entre as principais iniciativas, destacam-se o Oficinão Residência, projeto destinado ao aperfeiçoamento artístico e à capacitação; o Cine Horto Pé na Rua; o Festival de Cenas Curtas; o Cena-Espetáculo; o Galpão Convida e o Sabadão, oportunidades de troca de experiências e instrumentalização para artistas e técnicos de diversas cidades do Brasil e exterior. Mais de 90% das atividades do Grupo Galpão são gratuitas.

Anualmente, cerca de 10 mil crianças de escolas públicas participam de atividades culturais de cunho didático desenvolvidas pelo Grupo Galpão. Desde 2006, a companhia mantém o Centro de Pesquisa e Memória do Teatro (CPMT), que se tornou um centro de referência artística, com mais de 5.500 títulos em livros, CDs e DVDs, acessíveis de forma inteiramente gratuita.

Assinaram o documento, a presidente do Servas, a secretária de Planejamento e Gestão, Renata Vilhena, e o diretor do Galpão Cine Horto e presidente da Associação Galpão, Roberto Franco. Também estiveram presentes à solenidade a secretária de Cultura, Eliane Parreiras, o secretário de Meio Ambiente, Adriano Magalhães, o diretor-presidente do Escritório de Prioridades Estratégicas do Governo de Minas, Tadeu Barreto, e o presidente da Fundação Estadual do Meio Ambiente, José Cláudio Junqueira.

Fonte: Agência Minas

Anúncios

Governador Antonio Anastasia lança Projeto Professores da Família

abril 5, 2011

Os cem primeiros Professores da Família com o governador Antonio Anastasia Foto Wellington Pedro / Imprensa MG

O governador Antonio Anastasia lançou nesta terça-feira, dia 5, no Palácio Tiradentes, na Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves, o Projeto Educacional Professores da Família, um dos compromissos do Programa de Governo para melhorar o desempenho escolar dos estudantes do ensino médio em municípios com até 30 mil habitantes e com Índice de Educação Básica (Ideb) abaixo da média nacional. Além de melhorar o rendimento dos alunos em sala de aula, o programa tem o objetivo de reduzir a evasão escolar e aumentar a participação dos pais na educação dos filhos a partir da presença dos Professores da Família nas residências onde for identificada essa necessidade.

“A evasão escolar é um problema que temos de combater de maneira muito enérgica. O Professor da Família será fundamental no combate a ela, porque vamos estimular os alunos e, mais do que isso, vamos saber as causas, caso a caso, em cada família, em cada residência, da eventual evasão daquele aluno e evitar que ele abandone a escola. Porque o aluno que abandona a escola, na realidade, é um aluno que está deixando oportunidades para o seu futuro”, disse o governador Anastasia, em entrevista.

O Governo do Estado investirá R$ 1,9 milhão no projeto, este ano, para atender 22 escolas estaduais do ensino médio de nove municípios, beneficiando 4,2 mil alunos. A meta é implantar o projeto em mais 36 cidades que fazem parte do Programa Travessia, no próximo semestre, chegando a 100 em 2012. No primeiro momento, serão atendidas Presidente Kubitschek, Santo Antônio do Jacinto, Itinga, Ninheira, Mateus Leme, Confins, Arinos, Matutina e Capim Branco.

A partir do levantamento da situação de cada aluno, em cada escola estadual, a Secretaria de Estado de Educação encaminhará um Professor da Família à casa do estudante que não apresente bom rendimento para identificar as fragilidades existentes, motivá-lo e permitir sua inserção no sistema estadual de ensino.

Os 100 primeiros Professores da Família

Durante a solenidade, foram apresentados pela secretária de Educação, Ana Lúcia Gazzola, os 100 primeiros Professores da Família, escolhidos por processo público de seleção. A partir das visitas às famílias, os professores desenvolverão plano de ação com metodologia de estudos, acompanhamento escolar e interlocução frequente com a escola sobre as dificuldades e possibilidades dos alunos. O programa também tem o objetivo de estimular os pais dos alunos a retomar ou iniciar os estudos.

Para o Professor da Família de Mateus Leme, Adaílson Gonçalves, o projeto será uma oportunidade de resgatar não só os alunos, mas também famílias. “Certamente encontraremos muitas famílias degradadas, envolvidas com drogas que, com nossa capacidade, resgataremos. Levaremos as crianças novamente para a escola, beneficiando não só elas, mas a sociedade como um todo”, disse Gonçalves.

Qualificação

Os professores da família são profissionais com ensino médio ou superior com habilidade em lidar com juventude, conhecimento de informática e mobilização juvenil. Os profissionais terão treinamento inicial com carga horária de 32 horas, acompanhamento diário pela internet e encontros presenciais, mensais, na Escola Travessia, em Belo Horizonte.

Além do treinamento específico sobre as ações e atividades a serem desenvolvidas, os Professores da Família também receberão treinamento sobre a concepção de pobreza adotada pelo Programa Oficina de Travessias, e políticas sociais para a Juventude.

Leia matéria completa Minas lança o Projeto Educacional Professores da Família

Governador Anastasia e senador Aécio enaltecem exemplo de José Alencar

março 29, 2011

A Assessoria do governador Antonio Anastasia divulgou nota sobre o falecimento do ex-presidente José Alencar. Leia:

“Minas  já deu muitos exemplos para o Brasil de vida e de luta. Poucos foram tão marcantes como é o caso do empresário, político e cidadão José  Alencar.  Sua luta incansável contra a doença, com certeza, vai ficar na memória de todos nós brasileiros. Vem na minha lembrança agora, uma frase de outro grande mineiro, Guimarães Rosa que dizia que” as pessoas não morrem, ficam encantadas”. É o caso do José Alencar. Um exemplo de resistência, persistência e esperança. À família que acompanhou suas batalhas, o nosso pesar, nossa solidariedade, o nosso abraço.”

O governador Anastasia decretou 7 dias de luto oficial no Estado pelo falecimento do ex-vice-presidente José Alencar.

Em Belo Horizonte, o velório será na quinta-feira pela manhã, no Palácio da Liberdade.Ouça entrevista do governador:

http://www.psdb-mg.org.br/midias/download/id/3141

O senador Aécio Neves (PSDB/MG) também divulgou nota. Leia:

José Alencar foi um líder maiúsculo, que honrou os melhores valores de Minas e cada uma das páginas de nossa história.

Empreendedor e visionário por natureza, levou para a vida pública, no Senado da República e na Vice-Presidência, a densa experiência de quem construiu um verdadeiro império com dedicação e trabalho duro.

Neste itinerário, a partir do chão das muitas fábricas que colocou de pé, soube moldar uma generosa visão nacional.

Homem público exemplar, dedicou-se, como poucos, à causa do desenvolvimento brasileiro. Seu compromisso com ele era tão superior que se permitia, naturalmente e sem constrangimentos, fazer críticas e cobranças públicas ao governo do qual compartilhava o comando.

Desse patamar, deu inestimáveis contribuições a Minas e ao País.

Jamais perdeu a fé. Foi sempre um bravo. Um lutador que enfrentou os sacrifícios impostos pela doença de forma exemplar, com coragem e desprendimento, e um incorrigível otimismo.

Minas inteira chora por  um dos seus filhos mais queridos.

O Brasil está de luto.

Perdemos, todos, um dos melhores homens públicos de nossa história.

Brasília, 29 de março de 2011.

Ouça entrevista do senador:

Parte I

http://www.psdb-mg.org.br/midias/download/id/3140

Parte II

http://www.psdb-mg.org.br/midias/download/id/3139

Circuito Cultural Praça da Liberdade ganha novos espaços

março 29, 2011

Assinatura dos protocolos de intenções para implantação de mais dois espaços no Circuito Cultural Praça da Liberdade. Foto Omar Freire/Imprensa MG

O governador Antonio Anastasia, o presidente da Fiat Automóveis, Cledorvino Belini, e o presidente da Casa Fiat de Cultura, José Eduardo de Lima Pereira, firmaram parceria, nesta terça-feira, dia 29, para implantação da Casa Fiat de Cultura e do Museu do Automóvel, espaços que passarão a integrar o Circuito Cultural Praça da Liberdade. A Casa Fiat de Cultura ocupará o prédio do Palácio dos Despachos e o Museu do Automóvel será instalado em galpão que servia de estacionamento para veículos do Gabinete Militar do Governador, na área interna do Palácio da Liberdade.

Durante a solenidade, o governador destacou a importância da criação de mais dois novos espaços para o Circuito Cultural Praça da Liberdade. Atualmente, já estão em funcionamento o Espaço TIM UFMG do Conhecimento, o Museu das Minas e do Metal e o Memorial Minas Gerais – Vale, além do Palácio da Liberdade, aberto ao público sempre aos domingos, a Biblioteca Pública Estadual Luiz de Bessa e o Arquivo Público Mineiro. Juntos, os espaços receberam cerca de 500 mil visitantes no primeiro ano de implantação do circuito cultural.

“Ficamos muito felizes com essa nova parceria que fazemos com a Fiat, através da Casa Fiat de Cultura, para que o Palácio dos Despachos, um dos prédios que foram desocupados na Praça da Liberdade, tivesse também essa destinação cultural muito importante. Vai abrigar a Casa Fiat, hoje funcionando no Belvedere, mas que será muito melhor instalada na Praça da Liberdade. A Fiat assume também o compromisso de, em parceria com o Veteran Car Club do Brasil, colocar um acervo importante no Museu do Automóvel, que será construído nos jardins do Palácio da Liberdade”, disse Antonio Anastasia em entrevista.

Leia matéria completa Circuito Cultural Praça da Liberdade ganha novos espaços

Fonte: Agência Minas

Anastasia participa do Fórum Nacional dos Secretários e Dirigentes Estaduais de Cultura

março 25, 2011

Foto Gil Leonardi/Secom MG

O governador Antonio Anastasia participou, nesta sexta-feira, dia 25,  no Palácio Tiradentes, da abertura da 25ª edição do Fórum Nacional dos Secretários e Dirigentes Estaduais de Cultura. No encontro, representantes de 24 estados brasileiros e do Ministério da Cultura discutiram temas como as políticas culturais adotadas nos âmbitos nacional e estadual, o Sistema Nacional de Cultura e a aplicação na área cultural do conceito de “economia criativa”, para garantir a geração de emprego e renda.

Em seu pronunciamento de boas vindas aos participantes, Antonio Anastasia destacou os investimentos do Governo de Minas para estimular a cultura do Estado. O governador ressaltou que a produção cultural se apresenta como uma relevante fonte de riquezas para o Estado.

“No sentido mais amplo da palavra, falamos aqui de uma indústria que emprega, que gera riquezas, que se desdobra em turismo, que permite as viagens, a interligação das pessoas e a integração do Brasil. Então, o aspecto econômico tem uma relevância muito grande, que muitas pessoas não percebem”, disse o governador.

Antonio Anastasia ressaltou ainda o papel do poder público de estimular e prover os incentivos e a infraestrutura necessária para tornar a realização cultural cada vez mais presente no cotidiano dos mineiros.

O Fórum Nacional dos Secretários de Cultura se encerra amanhã, em Ouro Preto, onde será realizada eleição da nova presidência e diretoria do fórum e a nova Comissão Nacional de Política Cultural (CNPC) e da Comissão Nacional de Incentivo à Cultura (CNIC).

Fonte: Agência Minas

Anastasia cria comitê para desenvolvimento do setor de petróleo e gás em Minas

março 23, 2011

Governador Anastasia discursa em reunião com lideranças empresariais. Foto Omar Freire/Imprensa MG

O governador Antonio Anastasia assinou, nesta quarta-feira, dia, decreto para instalação do Comitê Estadual para Desenvolvimento do Setor de Petróleo e Gás em Minas Gerais. A assinatura aconteceu durante reunião com lideranças empresariais do Estado, com o objetivo de desenvolver a cadeia produtiva de fornecedores de bens e serviços para atender o programa de expansão de investimentos da Petrobras. O planejamento da estatal, apresentado na reunião pelo presidente, José Sérgio Gabrielli, prevê investimentos de US$ 3,5 bilhões em Minas Gerais até 2014.

“São oportunidades que se apresentam para Minas Gerais, por isso, a criação do comitê. Teremos condições de estimular as empresas mineiras a serem cada vez mais fornecedoras da Petrobras, nessa grande atividade econômica que é a extração de petróleo e gás”, destacou o governador.

O comitê será formado por integrantes do Governo do Estado, da Petrobras, representantes do setor empresarial e de instituições de pesquisa e terá como atribuições, fomentar e acompanhar o desenvolvimento do setor e ainda articular políticas para a cadeia produtiva de petróleo e gás.

Mercado ampliado

O presidente da Petrobras informou que as empresas mineiras poderão atender às demandas da Petrobras dentro do Estado e aproveitar as oportunidades que se abrirão em todo o país, onde os recursos previstos para investimentos são de US$ 224 bilhões. Segundo Gabrielli, atualmente estão cadastradas como fornecedoras da Petrobras 187 empresas mineiras e mais 140 em condições técnicas de fornecimento.

“Minas tem tradição em setores como mineração, siderurgia, eletroeletrônica, mecânica, construção pesada, e as empresas daqui podem, perfeitamente, focarem a entrada nesses segmentos novos, que são de petróleo e gás, para atender as compras da Petrobras no Brasil inteiro”, disse ele.

Gabrielli garantiu também que dos investimentos previstos no Estado, US$ 1,3 bilhão será destinado à Refinaria Gabriel Passos (Regap), localizada em Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Os recursos serão destinados a unidades de hidrotratamento e de hidrodesulfurização, que têm o objetivo de extrair o enxofre da gasolina e do diesel produzido na Regap, para que a produção atenda a exigências ambientais. Gabrielli afirmou que a Regap é parte de um sistema de refinarias brasileiras, cuja expansão é uma prioridade importante na lógica de reavaliação da capacidade da Petrobras no Brasil.

Sobre o polo acrílico

Em relação à instalação do complexo petroquímico para produção de acido acrílico, o presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, afirmou que por decisão da Petrobras, a área petroquímica da empresa foi reestruturada e as decisões sobre o setor, inclusive a instalação do complexo, passou a ser de responsabilidade da Braskem, empresa privada da qual a Petrobras detém 40% do controle.

Essa empresa é quem vai conduzir os projetos de investimento na área petroquímica. Não é a Petrobras que tomará a decisão sobre esta questão”, disse.

O governador Antonio Anastasia garantiu todo o empenho para continuar trabalhando junto à Petrobras e à bancada mineira no Congresso Nacional, com o objetivo de atrair para Minas Gerais o empreendimento. O complexo está previsto em protocolo de intenções assinado, em 2005, pelo Governo do Estado e a estatal de energia.

“Houve uma decisão da Petrobras, na mudança da sua estratégia empresarial, de repassar a gestão para uma empresa privada, a Braskem, da qual a Petrobras é sócia. Então, a responsabilidade agora é da Braskem, mas o presidente está conosco, novamente com o ministro, com o compromisso de levarmos a essa empresa Braskem às necessidades de termos aqui em Minas um pólo acrílico, que é muito importante. Vamos continuar empenhados neste grande esforço, fundamental para o nosso desenvolvimento”, disse Antonio Anastasia.

Parcerias

O governador Antonio Anastasia reforçou a importância da parceria entre o Governo de Minas e a Petrobras, na exploração de dois poços de gás na Bacia do Rio São Francisco, no Norte do Estado. O governador também ressaltou que a implantação do ramal do gasoduto entre São Carlos (SP) e Uberaba, oficializado semana passada em evento com a presença da presidenta Dilma Rousseff, facilitou a instalação de uma fábrica de amônia da estatal, em Uberaba.

“A Petrobras está sendo grande parceira nossa com a fábrica de amônia. Sabemos que ainda precisamos de mais e a Petrobras tem interesse em fazer esta expansão porque Minas é o segundo mercado consumidor e é o segundo parque industrial do Brasil”, afirmou o governador.

O encontro com lideranças empresarias contou com a presença do ministro de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel; do vice-governador, Alberto Pinto Coelho; da secretária de Desenvolvimento Econômico, Dorothéa Werneck; do presidente da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), Olavo Machado Jr.; e do presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, Dinis Pinheiro; além de empresários do setor energético mineiro.

Governador Antonio Anastasia participa da abertura do Núcleo Inove do Plug Minas

março 22, 2011

Governador Antonio Anastasia discursa na abertura do Núcleo Inove Plug Minas. Foto Omar Freire/Imprensa MG

O governador Antonio Anastasia participou, nesta terça-feira, dia 22, da abertura do Núcleo Inove – Jogos Digitais, o mais novo espaço a entrar em atividade no Plug Minas. O Inove qualificará, anualmente, 500 jovens para trabalhar na criação e no desenvolvimento de jogos digitais, um mercado em franca expansão no Brasil e no mundo. Viabilizado por meio da parceria do Estado com a Usiminas e PUC Minas, o Inove é o sétimo núcleo do Plug Minas.

Durante a solenidade, o governador ressaltou a importância das políticas públicas voltadas para os jovens mineiros e afirmou que o Plug Minas abre as portas para o mercado de trabalho, assegurando aos estudantes um futuro melhor. Criado em 2009, o Plug Minas é um avançado centro de experimentação e formação que está capacitando jovens para entrar no disputado mercado tecnológico e digital.

“Este é um projeto que a gente fica entusiasmado de ver e, a cada vez que eu venho aqui, vejo mais inovações. Sei que muitos alunos do Inove estarão, em breve, nesse mercado profissional digital. Tenho certeza que vocês, pluggers, estão aqui para apresentar a Minas e ao Brasil o resultado desse projeto. O Inove permitirá que os nossos jovens mineiros tenham mais alternativas e mais oportunidades”, afirmou em entrevista.

Parcerias

No Plug Minas, Antonio Anastasia visitou as novas instalações do Núcleo Inove, acompanhado dos secretários de Cultura, Eliane Parreiras, e de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Narcio Rodrigues, e de Defesa Social, Lafayette Andrada; da presidente do Servas, Andrea Neves, e do gerente do Plug Minas, Carlos Gradim.

O governador destacou a importância das parcerias para a implantação dos núcleos do Plug Minas. No Inove, a Usiminas investiu R$ 2,3 milhões para construir o galpão de 1.400 metros quadrados e para manter as atividades nos próximos cinco anos. A PUC Minas será responsável pelo conteúdo, aplicando no Inove a mesma metodologia adotada nos cursos superiores de Tecnologia em Jogos Digitais, Letras e Psicologia oferecidos pela universidade.  “É uma honra para o Governo de Minas poder contar com PUC Minas e a Usiminas, parceiras fundamentais que nos ajudam a implantar políticas públicas como essa”, disse o governador.

O reitor da PUC Minas, Dom Joaquim Giovani Mol, ressaltou a satisfação em participar do projeto Inove que está estreitamente relacionado à educação. “É um projeto preocupado, acima de tudo, com o desenvolvimento do ser humano. Isso é visível por tudo aquilo que vai sendo realizado, construído e feito em Minas Gerais”, disse o reitor.

O presidente da Usiminas, Wilson Brumer, afirmou que a preparação é fundamental para o jovem entrar no mercado de trabalho cada vez mais exigente. “Certamente aqui, no Núcleo Inove, vamos ter essas pessoas preparadas. O Inove tem muito a ver com o futuro que nos espera. Cada vez mais a juventude se prepara para os novos desafios e para o mercado de trabalho”, destacou.

Leia matéria completa Anastasia participa da abertura do Núcleo Inove do Plug Minas

Anastasia firma parceria para implantar gasoduto e fábrica de amônia em Uberaba

março 17, 2011

Governador Anastasia durante solenidade em Uberaba. Foto Wellington Pedro / Imprensa MG

O governador de Minas Gerais, Antonio Anastasia, e a presidente da República, Dilma Rousseff, assinaram, nesta quinta-feira, dia 17, em Uberaba, no Triângulo Mineiro, protocolo de intenções para a implantação do gasoduto ligando São Paulo a Uberaba e a implantação no município de uma fábrica de amônia.

Durante a solenidade, Antonio Anastasia afirmou que o investimento da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) na construção do gasoduto contribuirá para a atração de novas empresas, garantindo mais empregos em toda a região. Para a construção do gasoduto, o Governo de Minas investirá R$ 750 milhões, recursos da Cemig, controladora da Companhia de Gás de Minas Gerais (Gasmig). A Petrobras investirá na fábrica de amônia cerca de US$ 1,3 bilhão com a previsão de gerar cinco mil empregos diretos durante as obras.

“Está em curso um grupo de trabalho entre a prefeitura e a Secretaria de Desenvolvimento Econômico para identificar novos e potenciais investimentos que utilizem o gás em Uberaba. Aproveito para reiterar o compromisso do Governo de Minas que o gasoduto chegará a Uberaba, mas será um gasoduto de todo o Triângulo. E faremos, com os nossos recursos, sempre em parceria com o governo federal, que esse gasoduto siga também até Uberlândia para atender a todo o Triângulo Mineiro, o que dará certamente mais empregos e qualidade de vida a essa importante região do Brasil central”, disse o governador.

Leia matéria completa Anastasia firma parceria para implantar gasoduto em Uberaba

Governador Antonio Anastasia presta solidariedade às vítimas do terremoto no Japão

março 15, 2011

O governador de Minas Gerais Antonio Anastasia ofereceu, na noite dessa segunda-feira, dia 14, apoio às vítimas do terremoto que atingiu o Japão na última sexta-feira. O governador colocou o Corpo de Bombeiros de Minas Gerais à disposição junto ao Governo Federal para eventual ajuda no socorro àquele país.

“Minas Gerais é solidária com as nações amigas, com os estados irmãos, como foi o caso do Rio de Janeiro, nas enchentes do início do ano, quando mandamos recursos e também recebemos apoio, especialmente do Governo Federal nas nossas enchentes. Isso é importante, porque é a solidariedade humana, tão relevante na nossa vida”, afirmou o governador.

Anastasia ressaltou ainda a possibilidade de Minas Gerais prestar auxílio econômico na recuperação japonesa. “O Japão vai passar por uma fase de recuperação econômica e isso pode gerar também a possibilidade de colaborarmos, através de produtos feitos em Minas Gerais. Como Minas e Japão são muito próximos, eu tenho certeza que o desdobramento será a recuperação do Japão, para alegria de todos nós”, disse.

As declarações do governador foram feitas durante a posse da nova diretoria da Associação Comercial de Minas Gerais (ACMinas) em que foram empossados o novo presidente, Roberto Luciano Fortes Fagundes, e mais 15 vice-presidentes, diretores e  conselheiros fiscais.

Fonte: Agência Minas

Governador Anastasia defende mais ousadia nas políticas sociais de combate à pobreza

fevereiro 21, 2011

A 1ª Reunião do XII Fórum Executivo de Governadores do Nordeste foi realizada em Aracaju. Foto Marcos Rodrigues/Secom SE

O governador Antonio Anastasia participou, nesta segunda-feira, dia 21, em Aracaju (Sergipe), da reunião do 12º Fórum dos Governadores do Nordeste. Durante o encontro, que contou com a presença da presidente da República, Dilma Rousseff, o governador defendeu uma política social mais ousada para reduzir as desigualdades no país.

Antonio Anastasia afirmou que o Grande Norte, região formada pelos Vales do Jequitinhonha, Mucuri e Norte de Minas, enfrenta desafios semelhantes ao dos estados do Nordeste, mas destacou que os avanços na redução da pobreza em Minas foram expressivos nos últimos anos. Ele disse também que Minas está pronta para implantar e testar novos programas de inclusão social.

“Minas se oferece como parceira, como verdadeiro laboratório para testarmos os mais diversos programas e projetos de inclusão social cada vez mais, inclusive nos referindo àquelas pessoas chamadas invisíveis, que não estão ainda incluídas, nem mesmo nas contabilidades oficiais, porque estão à margem da realidade brasileira como um todo. O Grande Norte tem os mesmos indicadores sociais e econômicos do Nordeste e, por isso, a necessidade de reduzir as desigualdades regionais. É vontade firme de nosso Estado participar desse fórum doravante tendo uma parceria mais estreita para desenvolvermos projetos em comum”, afirmou o governador em seu pronunciamento.

Em sua apresentação, a presidenta Dilma Rousseff elogiou as propostas apresentadas pelo Governo Antonio Anastasia e destacou que o governo federal e os outros estados brasileiros devem seguir, em seus programas administrativos, o modelo de metas e resultados que norteiam ações sociais do Governo de Minas Gerais.

Contrapartida social

Ao lado do secretário para o Desenvolvimento dos Vales do Jequitinhonha, Mucuri e Norte de Minas, Gil Pereira, e do secretário especial para Assuntos Sociais, Marcelo Garcia, Antonio Anastasia apresentou aos governadores do Nordeste iniciativa inédita do Governo de Minas que criou, pela primeira vez no país, a contrapartida social nas transferências de recursos para os municípios.

A partir de abril, o Estado exigirá das prefeituras metas de melhoria de indicadores sociais nas áreas de educação, saúde e assistência social, sempre que repassar recursos para obras de infraestrutura.

“Lançamos na semana passada uma proposta para estimular os municípios mineiros na chamada contrapartida social. Seria um tipo de ônus, ou seria um tipo de sansão estabelecendo que todos os convênios que o estado estabeleça de maneira voluntária com os municípios mineiros, os prefeitos vão assumir metas específicas para melhorar os seus indicadores de educação, de combate à dengue e de assistência social, em especial no que se refere ao tabelamento das questões do Bolsa Família”, afirmou o governador.

Leia matéria completa Governador Anastasia defende mais ousadia nas políticas sociais de combate à pobreza