A convite de tucanos, ministros vão à Câmara tratar de assuntos da agenda internacional

A Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional da Câmara aprovou nesta quarta-feira, dia 16, requerimentos de deputados do PSDB para realização de audiências públicas com os ministros das Relações Exteriores, Antonio Patriota, e da Defesa, Nelson Jobim. A pedido do deputado Antonio Carlos Mendes Thame (PSDB/SP), Patriota dará explicações sobre as providências adotadas em relação às dificuldades enfrentadas por brasileiros para entrarem na Espanha. Eduardo Azeredo (PSDB/MG) quer que o ministro esclareça as diretrizes da política externa do governo Dilma. O tucano espera ainda informações de Jobim sobre o Plano de Reequipamento das Forças Armadas, incluindo a compra dos caças para a Aeronáutica.

De acordo com Mendes Thame, é importante que o Itamaraty esteja atento às providências adotadas pelas autoridades espanholas no sentido de evitar as deportações injustificáveis de brasileiros. O deputado relatou os problemas enfrentados por uma jovem acadêmica do Brasil que foi barrada ao chegar na Espanha e acabou sendo detida pela Polícia de Madri. “Cabe a nós realizar uma ação preventiva para evitar que novos problemas surjam, de tal forma que o nosso relacionamento diplomático e parlamentar continue o melhor possível e se evite novos fatos desagradáveis como esse”, destacou o tucano, ao lembrar que situação semelhante foi enfrentada por uma pesquisadora da Universidade de São Paulo em 2008.

O deputado também afirmou que recebeu uma carta do embaixador da Espanha no Brasil, Carlos Alonso Zaldívar, onde o diplomata explica que seu país está adotando medidas para evitar problemas com os turistas brasileiros. De acordo com o embaixador, o número de deportados brasileiros caiu de 2.842 em 2008 para 1.831 em 2010. “Precisamos saber se  essas providências estão sendo acompanhadas pelo Itamaraty e se da parte do governo brasileiro também estão sendo tomadas medidas com esse propósito”, destacou.

Por se tratar de um período em que se inicia a legislatura e também o governo Dilma, Azeredo explica que o chanceler deve ainda fazer um prognóstico das diretrizes da política externa do novo governo e as perspectivas da relações exteriores. A situação de países do norte da África e do Oriente Médio também deve ser um dos temas tratados com ministro das Relações Exteriores.

De Nelson Jobim, o deputado espera obter informações pertinentes a aquisição pelo governo dos caças supersônicos que fazem parte da reestruturação das Forças Armadas. O tucano lembra que o assunto já causou muita polêmica, mas até agora permanece sem uma definição clara. “Essa questão permanece recorrente. O país já discute o tema há mais de 10 anos e sempre há adiamentos. Portanto, é oportuna a vinda do ministro para esclarecer a comissão sobre essa verdadeira novela”, destacou Azeredo.

Fonte: Diário Tucano

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: