Antonio Anastasia inaugura Centro Viva Vida em Teófilo Otoni

Foto Omar Freire / Imprensa MG

O governador Antonio Anastasia inaugurou, nesta quinta-feira (17), o Centro Viva Vida Zilda Arns, em Teófilo Otoni, no Vale do Mucuri. Com investimentos de R$ 3,74 milhões, recursos do Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES), o novo centro de saúde materno-infantil realizará consultas e exames para gestantes e recém-nascidos de 16 municípios da região formada por cerca de 300 mil pessoas.

Durante a solenidade, o governador destacou a importância dos Centros Viva Vida criados a partir da implantação do programa estruturador Viva Vida no início do primeiro governo Aécio Neves, em 2003, que possibilitou a Minas Gerais reduzir de forma significativa o índice de mortalidade infantil e materna em todo o Estado.

Em Minas Gerais, a taxa de óbitos infantis em menores de um ano para cada mil nascidos vivos caiu de 17,55, em 2003, para 14,06 em 2009, o que representou uma redução de 19,9% do índice. No Estado houve também queda na Razão da Morte Materna (RMM), de 39,31 para 26,24, entre 2003 e 2010, uma diminuição de 33,25%.

“Vamos cumprir nossos compromissos, com seriedade e muita responsabilidade, para melhorarmos a qualidade de vida das pessoas do Mucuri. Neste momento, a inauguração do Centro Viva Vida já é um ponto importante, dando continuidade a um projeto muito exitoso e que tem ajudado a reduzir, especialmente, a mortalidade infantil e também a materna”, afirmou o governador em entrevista.

O Governo de Minas já investiu R$ 129,5 milhões em aproximadamente 700 municípios mineiros para a construção e o custeio de materiais de 37 Centros Viva Vida em todo o Estado. Do total, 24 centros já foram inaugurados e outros três centros devem ser implantados em 2011. Mais dez estão passando por análise de implantação. A expansão do programa prevê atingir o total de 51 Centros até 2014.

Melhor qualidade de vida

Acompanhado pelo secretário de Estado de Saúde, Antônio Jorge de Souza Marques, o governador Antonio Anastasia destacou que um dos principais compromissos de seu governo será melhorar a qualidade de vida dos mineiros, reduzindo a mortalidade infantil e materna.

“A saúde tem relevância maior porque cuida do que temos de melhor, que é a nossa vida. Esses Centros têm como objetivo ajudar a saúde das mulheres e dos recém-nascidos. Isso é fundamental para termos a segurança do nosso futuro”, completou o governador Antonio Anastasia durante seu pronunciamento.

No Centro Viva Viva serão realizados atendimentos em ginecologia, mastolologia, pediatria e urologia, além de enfermagem, psicologia, nutrição, fisioterapia e assistência social. Em relação aos exames, estarão disponíveis mamografias, ultrassonografias, cardiotocografias, cirurgias de alta frequência, entre outros.

Para o Centro Viva Vida Zilda Arns, o Governo de Minas repassará, anualmente, a quantia de R$ 1,19 milhão para custeio. O Centro atenderá a população de Angelândia, Ataléia, Campanário, Franciscópolis, Frei Gaspar, Itambacuri, Ladainha, Malacacheta, Nova Módica, Novo Cruzeiro, Ouro Verde de Minas, Pescador, Poté, São José do Divino, Setubinha e Teófilo Otoni. Este ano deve ocorrer a expansão para as microrregiões de Nanuque, Águas Formosas e Padre Paraíso.

Saúde preventiva

O secretário de Estado de Saúde, Antônio Jorge, afirmou que os exames realizados no Centro permitirão mais eficiência no diagnóstico e na prevenção de doenças sérias como o câncer.

“O Centro Viva Vida vai trazer para esta região acesso a exames, procedimentos, estratégias da saúde reprodutiva e, principalmente, vai trazer eficiência na prevenção daqueles cânceres mais comuns que são o câncer de mama, de colo de útero e de próstata. São procedimentos que trarão, seguramente, impacto nos indicadores sociais e melhorias na assistência. O Centro vai colaborar muito para dar mais vida e vida de qualidade às pessoas daqui”, explicou.

A prefeita de Teófilo Otoni, Maria José Haueisen (PT), agradeceu os investimentos históricos do Governo de Minas no Vale do Mucuri em todas as áreas sociais, em especial na saúde, que tem melhorado a qualidade de vida da população e o crescimento do município.

“Estamos recebendo em Teófilo Otoni benefícios para a saúde como nunca foi dado até então. A inauguração do Centro Viva Vida é uma grande referência disso. Daí, o interesse que sentimos por parte do Governo Aécio e, agora, do Governo Anastasia, em lutar para a melhoria da nossa saúde. Nossa fala hoje, sobretudo, é de agradecimento. Muito obrigada pelos investimentos que temos recebido do Governo do Estado. O nosso povo merece”, proferiu.

Consórcio Intermunicipal de Saúde

Em Teófilo Otoni, o governador também participou da solenidade de posse do novo presidente do Consórcio Intermunicipal de Saúde Entre Vales do Mucuri e Jequitinhonha (CIS EVMJ), o prefeito de Poté, Gildésio Sampaio de Oliveira. Antonio Anastasia recebeu uma placa que o homenageia como colaborador e idealizador do projeto do Centro Viva Vida Zilda Arns. Os gestores do Consórcio também prestaram homenagem ao senador Aécio Neves; ao secretário de Estado de Saúde, Antônio Jorge; ao ex-secretário de Estado de Saúde, Marcus Pestana, e ao ex-subsecretário de Vigilância em Saúde, Luiz Felipe Caram.

Durante a solenidade, também foram empossados o vice-presidente, prefeito de Setubinha, João Barbosa Neto, e o secretário do Consórcio, prefeito de Caraí, Jenner João Gomes Neiva. Deixou o cargo de presidente o prefeito de Carlos Chagas, Milton José Tavares de Quadros.

Fundado em 1995, o Consórcio Intermunicipal de Saúde Entre Vales do Mucuri e Jequitinhonha, com sede em Teófilo Otoni, atende 277 mil pessoas e tem 22 municípios vinculados. O projeto objetiva a ampliação de procedimentos oftalmológicos, cardiológicos, neurológicos, dermatológicos, além de exames de ultrassonografia.

Ação pioneira do Governo de Minas, os Consórcios Intermunicipais apoiam municípios vizinhos a se associarem para gerir e prover conjuntamente serviços de saúde à população. Anualmente, os Consórcios de Saúde realizam cerca de 700 mil consultas especializadas e 700 mil procedimentos, beneficiando 697 municípios e 12 milhões de pessoas. Desde 2003, foram investidos mais de R$ 200 milhões nos consórcios. Para 2011, o objetivo é atingir 100% do Estado.

O secretário de Estado de Saúde, Antônio Jorge, destaca o papel dos Consórcios Intermunicipais de Saúde para Estado, municípios e, especialmente, para a população.

“Os consórcios em Minas Gerais trabalham sem diferenças partidárias e sempre em prol da população. Eles são, hoje, ferramenta fundamental para a gestão municipal e estadual pela natureza do trabalho na saúde, onde há exigências de escala populacional para que tenhamos racionalidade econômica na ação da saúde. Os pequenos municípios se congregam numa única iniciativa através dos consórcios e isso tem sido exemplo de eficiência para todo país. Vamos festejar mais uma iniciativa exitosa”, disse o secretário.

Leia também Anastasia assina decreto para intensificar política de prevenção às drogas

Fonte:Com informações da Agência Minas

Tags: , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: