Obras no Mineirão seguem rigorosamente calendário previsto

O secretário Sérgio Barroso reafirmou o desejo de que a abertura da Copa seja no Mineirão. Fotos Lucia Sebe/Secom MG

Máquinas, caminhões, oito equipamentos e 72 homens trabalham em ritmo acelerado na obra de modernização do Estádio Governador Magalhães Pinto, Mineirão. Em visita ao estádio, nesta terça-feira (1º), o secretário de Estado Extraordinário da Copa do Mundo, Sérgio Barroso, reafirmou o desejo de que a abertura da Copa seja no Mineirão. “Não é apenas um sonho meu, é um sonho de todos os mineiros”, destacou.

A obra segue rigorosamente o calendário previsto. Depois dos reforços estruturais e do rebaixamento do campo, há pouco mais de um mês o Mineirão entrou na terceira e última etapa da obra. Atualmente, o local onde ficavam as cadeiras inferiores está sendo demolido. A geral e a arquibancada inferior já não existem mais. As cabines de imprensa também já começaram a ser removidas. Do lado de fora do estádio, equipes se dividem para fazer trabalhos de topografia para elaboração de inventários das estruturas de concreto e dos elementos como placas, postes e árvores. Além disso, ainda nesta semana começa a ser colocado o tapume no entorno do Mineirão e, até 20 de março, todas as cadeiras vermelhas da arquibancada superior, já doadas para outros estádios municipais mineiros, terão sido transferidas.

Com relação ao Aeroporto Internacional Tancredo Neves, o secretário se mostrou confiante de que a expansão do Terminal 1 estará concluída para a Copa 2014. Bastante animado com o andamento das obras relacionadas à Copa do Mundo, principalmente a modernização do Mineirão, Barroso brincou com os jornalistas. “Nós estaremos aqui no dia 31 de dezembro de 2012 fazendo o reveillon com 64 mil pessoas”.

Segurança, visibilidade e conforto

As obras da terceira etapa de modernização do Mineirão tiveram início no dia 22 de dezembro de 2010 e estão previstas para terminar em dezembro de 2012. Nesta fase, será feita toda a adequação do Mineirão aos padrões exigidos pela Fifa, garantindo mais segurança, visibilidade e conforto ao torcedor e melhores condições de trabalho para os profissionais que atuam no estádio em eventos esportivos e não esportivos. Esta etapa está sendo executada pelo Consórcio Minas Arena, formado pelas empresas Construcap S.A. Indústria e Comércio, Egesa Engenharia S.A. e Hap Engenharia Ltda. O valor estimado é de R$ 654 milhões, custeado pelo consórcio.

As obras de modernização do Mineirão incluem, também, a cobertura adicional das arquibancadas e a esplanada no entorno do Mineirão, onde funcionarão o estacionamento coberto e a área de serviço, com a abertura de lojas e restaurantes. Ainda nesta fase, será construída a passarela ligando o Mineirão ao Mineirinho, arena que será usada como centro de apoio às atividades da Copa.

Primeira e segunda etapas

A primeira etapa de obras teve início no dia 25 de janeiro de 2010 e término no final de junho do mesmo ano. Ela corrigiu as anomalias estruturais das vigas de sustentação do Mineirão (realizada com o estádio ainda aberto para atividades). Para tanto, o Governo de Minas investiu R$ 8,2 milhões.

Já a segunda etapa de obras começou em junho de 2010 e terminou em dezembro do ano passado. Essa fase foi marcada pelo rebaixamento do gramado em 3,4 metros e pela demolição de parte da arquibancada inferior e da geral. As obras foram executadas pela Detronic Desmontes e Terraplanagem S/A e utilizaram recursos estaduais da ordem de R$ 3,5 milhões.

Fonte: Agência Minas

Tags: ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: