Pesquisa aponta redução do medo entre os mineiros na área de segurança pública

A Pesquisa da Percepção de Medo no Estado de Minas Gerais revela que os mineiros estão sentindo menos medo e confiam mais nas instituições policiais. O estudo mostra que a sensação de medo da população em Minas Gerais caiu de 53,6% em 2008, para 51,2% em 2009, com redução de 4,8%. Já o percentual de confiança na atuação das polícias é de 67,7% em Belo Horizonte, 60,7% na Região Metropolitana da capital, 70,8% nas cidades polo do interior e 67,9% em cidades com até 10 mil habitantes. Os levantamentos foram realizados pelo Centro de Estudos de Criminalidade e Segurança Pública da Universidade Federal de Minas Gerais (Crisp-UFMG) a pedido da Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds).

Em Belo Horizonte, a redução no Indicador Geral de Medo foi de 17% (passando de 54% em 2008 para 46,2% em 2009) e na Região Metropolitana de BH de 12,5% (60,3% em 2008 para 53,6% em 2009). Em cidades polo das macrorregiões do Estado (Governador Valadares, Juiz de Fora, Montes Claros, Patos de Minas, Poços de Caldas, Salinas e Uberlândia), a redução percentual foi de 10,2%. Apenas nas cidades com menos de 10 mil habitantes houve um aumento nesse indicador, da ordem de 14,3%.

O percentual da população de Minas Gerais que sente pouco medo aumentou em 2,4%, passando de 28% em 2008 para 30,4% em 2009. O percentual de pessoas que não sentem medo nenhum se manteve estável, representando 18,4% dos entrevistados.

Leia matéria completa Pesquisa aponta redução do medo entre os mineiros na área de segurança pública

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: