Governadores do PSDB divulgam agenda de compromissos

Foto Michel Rios

Na primeira reunião que fizeram depois de eleitos, nesta quarta-feira, dia 15, os oito governadores do PSDB divulgaram, ao fim do encontro, a Carta de Maceió. Nela, eles reforçaram o compromisso de construir uma ampla agenda nacional de trabalho e discussões.

Este compromisso, segundo o documento, será  focado no desenvolvimento econômico e social e no fortalecimento das relações do partido com a sociedade, com sua base política e partidária, com o Governo federal e com os municípios.

Leia a íntegra do documento:

CARTA DE MACEIÓ

Os governadores eleitos pelo Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), reunidos em Maceió, capital do Estado de Alagoas, em 15 de dezembro de 2010, reafirmam seu compromisso de construir uma ampla agenda nacional de trabalho e discussões.

Um compromisso focado no desenvolvimento econômico e social e no fortalecimento das relações do partido com a sociedade, com sua base política e partidária, com o Governo federal e com os municípios.

Afinal, o PSDB saiu das últimas eleições como uma força política transformadora, com o apoio de mais da metade da população e do PIB brasileiros.

Além do desafio de governar bem oito unidades da federação, é necessário manter a coerência e a qualidade de seu discurso político.

Nesta Carta de Maceió, os governadores eleitos ratificam sua identidade com os valores e princípios fundamentais do PSDB: a consolidação da democracia, a estabilidade econômica, o bem-estar de todos os brasileiros, a ética na política e a liberdade de expressão.

Inspirados por esses objetivos, os governadores do PSDB vão trabalhar juntos para:

Cooperação entre Governos: promover, de forma constante e crescente, a cooperação entre os respectivos governos, aproveitando as experiências de sucesso de cada estado, principalmente, na competente e vitoriosa política de profissionalização da gestão pública;

Relação com o Governo Federal: estabelecer com o Governo federal uma relação altiva de respeito mútuo, com responsabilidade e independência, na busca do entendimento para enfrentar os graves desequilíbrios regionais e sociais;

Pacto Federativo: colaborar de forma crítica e democrática para restabelecer o equilíbrio do pacto federativo,  promovendo: i) a revisão dos mecanismos de transferências voluntárias; ii) o estabelecimento da responsabilidade compartilhada entre União-Estados-Municípios; iii) uma agenda robusta de investimentos necessários ao desenvolvimento;

Segurança Pública: cobrar a participação adequada do Governo federal no financiamento da segurança pública, mediante a transferência de recursos de forma regular e automática;

Fórum dos Governadores: tornar permanente este fórum de governadores do PSDB, para estabelecer um processo dinâmico e duradouro de interação e coordenação das ações, propostas, posicionamento político;

Apoio a Alagoas: por fim, os  governadores do PSDB declaram seu irrestrito apoio à implantação do Estaleiro Eisa em Alagoas, empreendimento fundamental para o combate à pobreza e a redução da desigualdade regional;

Antônio Anastasia – Governador de Minas Gerais

Anchieta Júnior – Governador de Roraima

Beto Richa – Governador do Paraná

Geraldo Alckmin – Governador de São Paulo

Marconi Perillo – Governador de Goiás

Simão Jatene – Governador do Pará

Siqueira Campos – Governador de Tocantins

Teotonio Vilela Filho – Governador de Alagoas

Maceió, 15 de dezembro de 2010

Ouça entrevista do governador Antonio Anastasia

Parte 1
http://www.agenciaminas.mg.gov.br/audios/download/mjaxmdeymtuxmzm4ntjfmtutmtitmtaglsblbnryzxzpc3rhigfuyxn0yxnpysatig1hy2vpideubxaz
Parte 2
http://www.agenciaminas.mg.gov.br/audios/download/mjaxmdeymtuxmzqwmdlfmtutmtitmtaglsblbnryzxzpc3rhigfuyxn0yxnpysatig1hy2vpidiubxaz

Confira, abaixo, transcrição da entrevista

Evento: Reunião governadores eleitos do PSDB

Local: Maceió – AL

Data: 15/12/10

Assuntos: PSDB, relação com o governo federal

Governador, qual a impressão que o senhor tem e a importância do PSDB, um fórum permanente, como este, que se inicia a partir de hoje aqui em Maceió?

Em primeiro lugar, queria agradecer a iniciativa do governador Teotônio Vilela em nos convidar, os governadores do PSDB, junto ao nosso presidente, o senador Sérgio Guerra, para estarmos aqui em Maceió nessa primeira reunião dos governadores do PSDB. O PSDB tem oito governadores, governamos quase metade do Brasil em termos de população e de PIB. Uma grande responsabilidade. Vamos discutir aqui projetos em comum, programas em comum, a identidade do partido para fortalecermos o partido e o mais importante, percebermos quais são aquelas ações que podem beneficiar as populações de nossos estados.

Como fortalecer ainda mais o PSDB na visão política do senhor?

Cada vez mais, ouvindo a sociedade, participando com as entidades da sociedade civil, com os sindicatos, com as universidades, apresentando nossos programas. Cada estado aqui governado pelo PSDB tem programas muito exitosos que têm de ser compartilhados e difundidos para levarmos à população do Brasil, como um todo, o que é a gestão do PSDB, o que a gestão Tucana, que é uma gestão eficiente e responsável.

Particularmente para Minas Gerais, como vai ser o comportamento, o entendimento com a presidente Dilma a partir de janeiro, já que passou a eleição. Aqui em Alagoas, por exemplo, o governador Teo Vilela teve uma relação muito boa nos últimos anos com o presidente Lula. Como é que vai ser a relação do Governo de Minas com o governo federal?

Também em Minas Gerais o presidente Lula teve um relacionamento muito bom com o governador Aécio e, agora, com o meu governo nesses últimos meses. Tenho certeza que vamos ter com a presidente Dilma um relacionamento respeitoso e federativo, como tivemos ao longo dos últimos anos.

O que o senhor espera, particularmente, como governador de um Estado tão importante, que é o Estado de Minas Gerais, nesse novo governo que está por vir?

Naturalmente, sou otimista, porque acho que todo governo tem de começar com boas perspectivas. Acredito que os governos estaduais estão começando muito bem, naturalmente com muito estímulo, e a presidente da República também, naturalmente queremos vê-la realizando suas ações e, mais importante, respeitando a Federação. Tenho certeza que os governadores, como também os prefeitos de todos os partidos, seremos todos parceiros na construção de um Brasil melhor.

Sobre o relacionamento com a presidente Dilma

Será um bom relacionamento. Administrativo, respeitoso, naturalmente, cada um na sua esfera de competência, mas tendo certeza que vamos continuar trabalhando, como, aliás, foi feito no tempo do presidente Lula e do governador Aécio em Minas.

Aécio Neves, no Senado, será um grande braço-direito na administração do senhor?

Não há dúvida. O senador Aécio é o grande líder político de Minas Gerais, um dos maiores líderes políticos do Brasil, e no Senado será uma grande referência, juntamente com o presidente Itamar Franco, e com o atual senador Eliseu Resende, dos interesses de Minas.

Tags: , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: