Governador Anastasia entrega novas viaturas para o Corpo de Bombeiros

Foto Omar Freire / Imprensa MG

O governador Antonio Anastasia entregou, nesta terça-feira, dia 14, 70 viaturas para batalhões, companhias e unidades do Corpo de Bombeiros de 22 municípios mineiros. Os investimentos com as novas viaturas superam R$ 13 milhões, recursos decorrentes da Taxa de Incêndio e do Projeto Estruturador Modernização da Logística de Unidades Operacionais que Compõem as Áreas Integradas.

Segundo o governador Antonio Anastasia, a entrega das novas viaturas ao Corpo de Bombeiros faz parte do projeto do Governo de Minas em melhorar permanentemente as forças de segurança pública do Estado.

“Estamos em um processo contínuo de aprimoramento e fortalecimento do Corpo de Bombeiros, que se dá mediante novos equipamentos adquiridos com a Taxa de Incêndio. Também temos a melhoria permanente do capital humano dos valorosos soldados do fogo, com aumento do seu efetivo e melhores condições de trabalho, objeto hoje de uma importante resolução na área da qualificação profissional”, disse o governador.

Os 22 municípios beneficiados com as novas viaturas são: Araguari, Araxá, Barbacena, Belo Horizonte, Betim, Contagem, Divinópolis, Governador Valadares, Ipatinga, Itajubá, Ituiutaba, Januária, Juiz de Fora, Muriaé, Patos de Minas, Ribeirão das Neves, São Lourenço, Sete Lagoas, Ubá, Uberaba, Uberlândia e Unaí.

Dos 70 equipamentos entregues, 17 são Auto Bombas Tanque, 14 Auto Bombas Salvamento, 26 Unidades de Resgate, 10 Auto Patrulhas de Vistoria (modelo Fiat Palio) e 1 Moto.

Desde 2004, foram arrecadados R$ 179 milhões com a Taxa de Incêndio. Desse, R$ 105 milhões foram repassados aos municípios. O montante arrecadado possibilitou a compra de 652 viaturas e milhares de equipamentos, como jet skis, barcos, botes infláveis, desencarceradores, máscaras e vestuário para os bombeiros, como pares de botas, capacetes e conjuntos de roupa.

O secretário de Estado de Defesa Social, Moacyr Lobato de Campos Filho, destacou o esforço do Governo do Estado em contemplar e prover o Corpo de Bombeiros daquilo que é essencial à sua atividade finalística.

“São entregues aqui viaturas modernas, equipamentos contemporâneos, que têm por objetivo permitir a facilitação das atividades próprias de uma corporação que tem no exercício da coragem a matéria prima de seu labor diário. O governador Antonio Anastasia tem estabelecido a necessidade que as instituições integrantes do Sistema de Defesa Social sejam instituições modernas, ativas e eficazes”, disse o secretário.

Qualificação

Durante a solenidade de entrega das novas viaturas, foi realizada a assinatura da resolução conjunta entre a Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sectes), o Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais e a Fundação Centro Tecnológico de Minas Gerais (Cetec) para instituir um grupo de trabalho com a missão de apresentar propostas para a criação de um centro tecnológico voltado para formação e aperfeiçoamento dos quadros do Corpo de Bombeiros.

O comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Gilvam Almeida Sá, explicou que a nova resolução, que irá instituir o Sistema de Ensino do Corpo de Bombeiros, promoverá, através do ensino técnico, pós-médio e superior, a transmissão de conhecimentos científicos e tecnológicos, humanísticos e gerais, indispensáveis à educação e à capacitação dos bombeiros.

“A formação, o aperfeiçoamento e a especialização do bombeiro irão torná-lo ainda mais apto a atuar como operador do Sistema Bombeiro Militar de prevenção e intervenção a catástrofes. Vários já são os cursos realizados pelo Corpo de Bombeiros. Nossa meta, em um futuro bem próximo, é poder anunciar que controlamos os efeitos de catástrofes e diminuímos significativamente o número de mortos e feridos”, disse o comandante.

Além do coronel Gilvam Almeida Sá, assinaram a resolução o secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Alberto Portugal, e o presidente do Cetec, Alfredo Gontijo de Oliveira. O secretário de Estado de Cultura, Washington Mello, também compareceu à solenidade.

Corpo de Bombeiros

Desde 2002, a frota dos Bombeiros passou de 350 para 1.135 viaturas, o que representa um aumento de 220%. Além disso, a idade média da frota passou de 15 para sete anos. Das novas viaturas, 652 foram adquiridas com a Taxa de Incêndio, enquanto outras 108 foram compradas com outros investimentos, como convênios.

O efetivo também foi aumentado consideravelmente. Hoje são 5,6 mil homens, contra 3,6 mil em 2002. O salário inicial dos soldados e oficiais teve variação de 104% cada. A remuneração do soldado de 1ª classe passou de R$ 1.000 para R$ 2.041. Já um 2º tenente, primeiro posto ocupado por oficiais após período transitório, passou de R$ 2.165 para R$ 4.421.

Nos últimos oito anos, foram criadas 16 unidades da corporação, passando de 34 para 50 unidades. Atualmente, o Corpo de Bombeiros atende a 290 mil chamadas, número 68% superior a 2002.

Fonte: Agência Minas

Tags: , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: