Governador Anastasia inaugura hospital municipal em Uberlândia

O Hospital e Maternidade Dr. Odelmo Leão Carneiro é o primeiro hospital inteligente público do Brasil. Foto Wellington Pedro

O governador Antonio Anastasia participou, na noite desta segunda-feira, dia 15, da inauguração do Hospital e Maternidade Municipal Doutor Odelmo Leão Carneiro, em Uberlândia. O hospital, construído em dois anos, é resultado de uma parceria do Governo de Minas com a Prefeitura de Uberlândia, que contou com investimento de R$ 61 milhões, sendo R$ 43 milhões do Estado e R$ 18 milhões do município. 

“Com a inauguração do espaço físico e de equipamentos desse hospital, temos o melhor hospital público do Brasil, o que dá um passo avante no patamar das nossas exigências. Uberlândia tem, a partir de agora, um belo exemplo de hospital público que permite às pessoas, de maneira inteiramente gratuita, ter acesso a um serviço de altíssima qualidade, com respeito à vida e extrema eficiência”, afirmou o governador.

O Hospital e Maternidade Municipal de Uberlândia atenderá a população de Uberlândia, estimada em 600 mil habitantes, e contribuirá para desafogar o atendimento no Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), referência de alta e média complexidade, aumentando a oferta de leitos e serviços para municípios da região.

Com modernas instalações, o hospital foi projetado para ser referência em saúde, oferecendo serviços especializados e tecnologia de ponta. São 258 leitos, sendo 40 para UTI adulto, 10 de UTI neonatal, 16 de cuidados intermediários, 51 de maternidade, 45 de pediatria e 96 de internação. A proposta é garantir atendimento de qualidade e, ao mesmo tempo, gerar economia de energia e no consumo de água para reduzir custos de manutenção e cooperar com o meio ambiente.

“Junto com o Estado, fizemos não um hospital qualquer, mas o mais moderno hospital público do país. Aqui temos equipamentos só encontrados nos hospitais Albert Einstein e Sírio Libanês de São Paulo. Esse hospital prova que onde há parceria e trabalho sério, há resultados positivos”, afirmou o prefeito de Uberlândia, Odelmo Leão.

Hospitais regionais

A construção do Hospital e Maternidade Municipal de Uberlândia faz parte da expansão do ProHosp, programa que está melhorando a qualidade do atendimento em 128 hospitais que atendem pelo SUS em Minas. Até 2012, o Governo de Minas construirá hospitais regionais em mais cinco municípios (Belo Horizonte, Divinópolis, Juiz de Fora,
Uberaba e Sete Lagoas), com investimentos de R$ 400 milhões do Tesouro do Estado.

“Gostaria de ver hospitais dessa categoria não só em toda Minas, mas em todo o Brasil. Esse hospital é, de fato, de causar inveja positiva, porque nos estimula, nos incentiva a tomarmos esse hospital como um novo paradigma, um novo modelo a ser seguido, o melhor hospital público do Brasil, aqui, em Minas Gerais. Estamos fazendo
o hospital regional em Divinópolis, que tem exatamente a mesma concepção. O nosso esforço, nosso compromisso, nossa responsabilidade, é estender essas condições excelentes de saúde a toda Minas Gerais”, afirmou o governador.

Durante a solenidade, Antonio Anastasia assinou o termo de autorização para o início das atividades operacionais do hospital. O governador e o prefeito de Uberlândia, Odelmo Leão, entregaram o Certificado de Acreditação da Unidade de Atendimento Integrado (UAI) São Jorge ao pastor Gilberto Marquez, da Organização Não Governamental (ONG) Missão Sal da Terra. A Acreditação é um sistema de avaliação e certificação da qualidade de assistência à saúde para estimular esses serviços a atingirem padrões mais elevados.

O secretário de Estado da Saúde, Antônio Jorge de Souza Marques, e o secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Sérgio Barroso, acompanharam o governador na viagem a Uberlândia. Ao final da solenidade, Antonio Anastasia visitou as instalações do hospital e assistiu a um show pirotécnico, em comemoração à inauguração da unidade hospitalar. Representantes da comunidade civil e lideranças políticas também participaram do evento.

Atendimento especializado

No hospital de Uberlândia, a população contará com especialidades médicas nas áreas de urologia, otorrinolaringologia, ortopedia, saúde bucal, clínica médica, clínica cirúrgica, ginecologia e obstetrícia. Também poderá realizar exames de tomografia, ressonância e ultra-som.

O hospital foi pensado para dar conforto a pacientes e familiares. As camas são eletrônicas e em cada apartamento tem um armário para ser guardada a medicação do paciente e um computador onde poderá ser consultado o seu prontuário. Foi ainda construído estacionamento com 745 vagas para automóveis e 35 vagas para moto.

“Para minimizar o risco de infecção hospitalar, os leitos contam com pia e vaso sanitário individuais, para descarte de dejetos. Temos em cada um dos leitos de UTI, persianas para que os pacientes tenham noção do dia e da noite. Isso ajuda na recuperação”, explicou o secretário municipal de saúde, Gladstone Rodrigues.

Racionalização de energia e água

Uma das principais marcas do Hospital Municipal de Uberlândia é a preocupação com a economia operacional para evitar desperdício de recursos públicos. Para melhorar a circulação de ar e o aproveitamento máximo da luminosidade natural, foram construídos corredores largos e abertos, janelas amplas em locais estratégicos,
clarabóias em ambientes fechados e pés direito altos ou rebaixados, de acordo com a necessidade. Salas de espera, enfermarias e corredores não precisam de iluminação artificial durante o dia.

A luz elétrica será desligada em horários de pico e substituída por geradores, o que reduz em até 75% do custo de energia. Os ambientes bem iluminados e ventilados evitam a propagação de fungos e bactérias. O ar condicionado é inteligente: resfria o ambiente e produz água quente, o que permite ao hospital ter água a 60º durante 24
horas. Outra fonte de energia natural são as telhas térmicas que transformam a energia solar em calor e mantém a água quente. Todo hospital será abastecido por esta água a custo zero.

Ouça entrevista do governador Antonio Anastasia. Assuntos: inauguração do hospital, atendimento à saúde em Minas, leis delegadas, reforma administrativa, novo secretariado
http://www.agenciaminas.mg.gov.br/audios/download/mjaxmdexmtuymtu0mzbfmtutmtetmtagzw50cmv2axn0ysbhbmfzdgfzaweglsbob3nwaxrhbcb1ymvybg5kawegb2subxaz
Leia transcrição da entrevista

Fonte: Agência Minas

Tags: , ,

Uma resposta to “Governador Anastasia inaugura hospital municipal em Uberlândia”

  1. edislene de fátima nascentes Says:

    Parabéns governador de minas! o povo com saúde em mais acesso tem sempre a ganhar..obrigado por ajudar os menos favorecido..por isso sua estrela esta sempre brilhando.tà vendo que meu voto valeu apena.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: