José Serra diz que a luta continua

Em seu pronunciamento a militantes e aliados após o resultado das eleições presidenciais, o candidato pelo PSDB, José Serra (SP), avisou na noite desse domingo, dia 31 de outubro, que continuará lutando pela democracia. “Nós vamos dar a nossa contribuição ao país em defesa da pátria, da liberdade, da democracia, do direito que todos têm de falar e de serem ouvidos.”

O discurso foi feito no comitê de campanha do tucano, em São Paulo. Emocionado, ele agradeceu ao povo brasileiro pelos 43,6 milhões de votos, à militância, e aos aliados eleitos – foram dez governadores, no total. “Eu disputei com muito orgulho a Presidência. Quis o povo que não fosse agora, mas sou grato aos 43,6 milhões de brasileiros que votaram em mim”. E destacou: “Nós recebemos com respeito e humildade a voz do povo nas ruas”.

Serra desejou à presidente eleita, Dilma Rousseff (PT), que “faça bem para o País”. Ele acrescentou, no entanto, que a luta está apenas no começo. “A minha mensagem de despedida não é um adeus, mas um até logo”, avisou. “E para os que nos imaginam derrotados, quero dizer: nós apenas estamos começando uma luta de verdade.”

O tucano reconheceu o carinho e apoio da militância, que lutou e se empenhou pela sua eleição, e disse que chega ao final da campanha cheio de energia. “Eu recebi tanta energia nessa campanha, foram sete meses de muita energia”, disse. “O problema é como dispender essa energia nos próximos dias. Essa energia que me foi passada de todo o Brasil”, completou.

Serra afirmou ainda que sua campanha enfrentou “forças duríssimas” e agradeceu aos militantes e simpatizantes. “Eu vim aqui para falar da confiança e da esperança”, disse. “Nesses meses, quando enfrentaram forças terríveis, vocês cavaram uma grande trincheira, construíram uma fortaleza, conquistaram a defesa da liberdade no Brasil.”

Em mensagem direcionada aos jovens, o candidato afirmou que ele próprio já sonhou e lutou “por um país melhor, mais justo e democrático, onde os políticos fossem servidores do nosso povo, e não se servissem do nosso povo”. Nos últimos oito anos, o Partido dos Trabalhadores (PT) loteou a máquina pública, distribuindo cargos a aliados e afilhados partidários.

Serra terminou o discurso, que durou 15 minutos, recitando o último verso do Hino Nacional do Brasil. O tucano foi acompanhado pelos militantes, emocionados, que o aguardavam desde o início da tarde no comitê de campanha. E encerrou: “A luta continua. Viva o Brasil.”

Veja íntegra do discurso

Fonte: Agência Tucana

 

Tags: ,

2 Respostas to “José Serra diz que a luta continua”

  1. fernando Says:

    O PSDB DEVE SEGUIR ARISCA O QUE O PRES. SÉRGIO GUERRA DISSE: O PARTIDO TEM QUE LANÇAR UM CANDIDATO A PRESIDENTE JÁ EM 2012, DIGO EU AÉCIO PRESIDENTE

  2. Diego Murilo Says:

    Concordo com o Serra de que a luta continua, mas torna-se imperativo que o PSDB assuma uma postura mais aberta e descentralizada de São Paulo, embora reconheçamos a importancia de nossos irmãos paulistas na construção de um projeto nacional. Mas sem dúvida alguma o Aécio tem apartir de agora melhores condições de buscar ampliar o leque e apoios, conversando com outras setores da sociedade cívil como movimentos socias, sindicatos, entidades, com outras forças políticas do país e aproximar nosso diálogo com os brasileiros que morar no Norte e Nordeste do País. É impresindivél uma liderança com o carisma de Aécio e disposto a dialogar. Agora é Aécio Presidente

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: