José Serra recebe grande manifestação de apoio em Brasília

Foto Marcos Brandão/ObritoNews

O candidato a presidente José Serra participou, na tarde desta quarta-feira, dia 6, em Brasília, de uma grande reunião com governadores, senadores, deputados eleitos e líderes de vários partidos em apoio à sua candidatura no segundo turno. Lideranças e parlamentares mineiros estiveram presentes como o presidente do PSDB de Minas Gerais, deputado Narcio Rodrigues; os senadores eleitos Aécio Neves e Itamar Franco e o governador Antonio Anastasia.

Ouça entrevista de Aécio Neves ao chegar ao Centro de Eventos e Convenções Brasil 21, onde aconteceu o encontro.
http://www.psdb-mg.org.br/midias/download/id/2817
Ouça também a entrevista do governador Antonio Anastasia
http://www.psdb-mg.org.br/midias/download/id/2818
 

Foto Marcos Brandão / ObritoNews

Confira, abaixo, transcrição das entrevistas

 

Entrevista de do senador eleito Aécio Neves (PSDB/MG) ao chegar ao encontro de governadores, senadores e deputados eleitos da Coligação “O Brasil Pode Mais” com o candidato a presidente José Serra.

Local: Centro de Eventos e Convenções Brasil 21, Brasília (DF)

Data: 06.10.2010

         SEM REVISÃO

Eu acho que nós temos uma grande chance de permitir que os brasileiros conheçam um pouco mais a história, e não só pela história, as propostas, as idéias e a diferença de cada um dos candidatos. O segundo turno, independente do resultado final, que esperamos seja a vitória do Serra, será muito importante para a democracia brasileira.

É natural que no segundo faça-se ajustes, eu quero ouvir o candidato, estaremos conversando com um pouco mais de tempo, mas eu acredito que a expectativa é muito positiva. Eu acho que fica um sentimento, pelo menos meu, muito pessoal, pelo menos se eu pudesse resumir o que eu penso hoje, que talvez pudesse ser inspiração, não para slogan, mas para um novo pensamento neste segundo turno; depois de um governo que pensa em excluir alguns como se não fossem brasileiros; depois de uma campanha onde se buscou colocar ou fortalecer a tese de “nós contra eles”; depois de um governo que primou pelo aparelhamento da máquina pública, eu diria que o companheiro Serra poderia iniciar este segundo turno dizendo que o Brasil somos todos nós. Eu acho que esse é a fórmula de nós incorporarmos, ou melhor, trazermos para o entorno e para o apoio da candidatura do companheiro José Serra setores que ainda não votaram nele, mas que compreenderão que seu governo é de inclusão, da generosidade, será um governo onde os partidos políticos estarão a serviço do país e não mais de um governo onde o país está a serviço de um partido político. Eu acho que esta é a grande diferença daquilo que poderá orientar a nova caminhada de José Serra no segundo turno.

Defesa do legado do presidente Fernando Henrique Cardoso

Eu acho que nós devemos defender isto com toda altivez e iniciar o segundo turno falando dele. Não teria havido o governo do presidente Lula, exatamente com os avanços do país, se não tivesse havido o governo do presidente Itamar Franco, com a coragem política de lançar o Plano Real, e se não tivesse havido o governo do presidente Fernando Henrique, que consolidou e abriu a nossa economia. Querem falar de privatizações, vamos falar delas. Se eles querem condenar as privatizações, então de alguma forma estão dizendo a cada cidadão brasileiro que pega o celular no seu bolso ou na sua bolsa e joga na lata de lixo mais próxima. Porque foi com a privatização do setor de telecomunicações que permitiu a universalização de acesso da população, por exemplo, a telefonia celular.

Nós devemos ter a coragem e a altivez de defender aquilo que foi construído ao longo dos últimos anos, até porque o Brasil – repito o que disse aqui mesmo há algum tempo atrás, no início de nossa campanha – ao contrário do que querem fazer entender alguns, o Brasil não foi descoberto em 2003 pelo atual governo. A construção desse Brasil que hoje avança, se fortalece e diminui suas diferenças sociais, se nós quiséssemos criar um marco do início desse Brasil, foi exatamente com a redemocratização lá atrás com o Tancredo e depois o marco do ponto de vista econômico com o presidente Itamar, avança com Fernando Henrique e continua com o presidente Lula.   Então se o Brasil hoje tem avanços que nós devemos registrar, nós somos parte fundamental para que esses avanços tenham ocorrido. Então é hora de …(inaudível), sair às ruas, às praças e defender que com o Serra nós teremos um governo mais eficiente e um Brasil menos excludente.

O candidato Serra está convencido disso?

Aécio Neves – Não sei, vou conversar com ele, mas já estou aqui externando algumas questões. Não é “colar” em ninguém. O José Serra, felizmente, diferente da candidata adversária, não precisa “colar” em ninguém, ele tem voo próprio. Eu repito uma frase do ex-presidente Fernando Henrique que me parece muito própria, ou novamente apropriada, que é dizer que o Serra é um líder. Acho que todos nós concordamos com isso. A candidata do governo ainda é reflexo de um líder. Mas nós somos um grupo político. Somos responsáveis por avanços extraordinários que o Brasil viveu ao longo dos últimos anos, das últimas décadas, aqui registrei alguns. E faço essa homenagem aqui, a frente do ex-presidente Itamar Franco, o ex-presidente Fernando Henrique foi importante para o Brasil. Nós não temos o que temer essa discussão. E repito o que disse: o Brasil vai conhecer um pouco melhor, sem máscaras, sem maquiagem, os dois candidatos. E eu acho que, sem desrespeito nenhum, ao contrário, porque tenho respeito pela candidata adversária, mas, aí, o Serra ganha com uma larga margem.

O senhor acha que o usa da imagem do presidente Lula já chegou à exaustão?

Aécio Neves – Eu vejo isso em análise de dentro da própria situação. E falo pelo meu Estado. Obviamente eu fiquei, como disse a vocês, absorvido pela eleição em Minas Gerais. Em Minas houve, sim, uma utilização em excesso da imagem do presidente. Se você chegasse a Minas nos últimos 15 dias da campanha, você acharia que o candidato ao Governo de Minas era o presidente Lula e não o candidato que lá estava. Em Minas o resultado foi este que está aí: a eleição de Itamar Franco, a eleição de Aécio e, principalmente, a eleição de Anastasia. Esperamos que no segundo turno seja também a eleição de José Serra.

Entrevista do governador de Minas Gerais, Antonio Anastasia, no encontro de governadores, senadores e deputados eleitos da Coligação “O Brasil Pode Mais” com o candidato a presidente José Serra.

Local: Centro de Eventos e Convenções Brasil 21, Brasília (DF)

Data: 06.10.2010

SEM REVISÃO

Como é que vai ficar exatamente este apoio ao Serra no segundo turno? O senhor mesmo já anunciou que quer dedicação total, que a transição do governo, que a escolha da nova equipe vai acontecer depois do turno. Daqui até lá, o que muda?
Governador Anastasia – Não muda nada. Pelo contrário, intensifica. Porque agora com a eleição estadual resolvida, os senadores, os deputados estaduais e federais, nós vamos concentrar todos os nossos esforços para a eleição presidencial. Já tínhamos um esforço grande no primeiro turno, mas vamos para o segundo turno muito animados. A reunião demonstra isso, muita força política. Vamos trabalhar junto aos nossos prefeitos, nossas lideranças, aos deputados eleitos. Exatamente com o objetivo de obtermos em Minas uma vitória para o nosso candidato José Serra.

O trabalho do sr., o esforço do sr. pessoalmente se dará de que forma?

Gov. Anastasia – Através de viagens, através de contatos políticos…Tudo aquilo que for exigido pela campanha nacional através das coordenações que estão sendo montadas. Não só na questão da televisão, mas no esforço político, demonstrando aquilo que é o fundamental: José Serra é o melhor candidato para o Brasil. É um homem que está ao lado da verdade, um homem que está preparado para dirigir o Brasil, que tem boas propostas e, mais do que tudo, que acredita na posição pública, o que para mim é o fundamental para termos um desenvolvimento do nosso país.

O Aécio disse hoje que vai…(inaudível) o  PV em Minas para tentar garantir o apoio do partido ao Serra. O senhor também pretende fazer essa….?

Gov. Anastasia – Claro. O partido Verde em Minas é um partido que já está no governo, desde o início apoiou o governador Aécio, é um partido aliado. Tenho certeza que o PV em Minas terá uma posição favorável. Vamos conversar com eles, sempre com muita calma, claro, dentro da autonomia do partido, para mostrar ao PV que a proposta do PSDB ao nível nacional é a melhor para o Brasil.

O sr. já tem uma agenda voltada para estas viagens de apoio ao Serra?

Gov. Anastasia – Ainda não porque estávamos esperando justamente esta reunião para começarmos. É bom lembrar que estamos no terceiro dia após as eleições. Tivemos o triste acontecimento do falecimento do sr. Aécio Cunha, então naturalmente nós já vamos começar as …. (inaudível) e não só as viagens, mas é muito importante ….(inaudível)

O sr. tem alguma previsão de gravação, do sr. gravar o apoio?

Gov. Anastasia – Certamente gravaremos. Vamos aguardar porque isto depende, é claro, da estrutura da campanha do presidente Serra. Mas vamos gravar e estaremos disponíveis de primeira hora para revertermos o quadro em Minas e, com isso, colaborarmos para a vitória nacional.

Tags: , , , , , , ,

4 Respostas to “José Serra recebe grande manifestação de apoio em Brasília”

  1. Paulo Williams Rocha Says:

    Parabéns Aécio Neves! Parabéns ao povo mineiro, que sabe fazer as melhores escolhas.
    Apesar de morar na região mais pobre do País. Sou nordestino e hoje moro em Fortaleza, sei o quanto é importante termos pessoas com orientação superior, no que diz respeito às escolhas que atingem à sociedade como um todo. O povo mineiro deu um grande exemplo de respeito e responsabilidade, para com o política regional e nacional. Gostaria muito de me engajar à campanha de SERRA. Mas, por aqui, sequer temos acesso a comitê, que esteja minimamente organizado, para realizar o tabalho básico de distribuição de adesivos. Gostaria de ter em meu carro e no da minha esposa o maior adesivo possível. Vivemos num país livre e democrático, mas em algumas regiões ainda se tem receio de manifestar opiniões.
    Surigo agora, na reta final da campanha presidencial, a união de todas as forças. Vou esperar para votar no Aécio na próxima.
    Nesta vejo que tá na hora de adotarmos postura mais firme e uso de temos como AGORA É SERRA!; SERRA NELES! etc..
    Também acho que esteja na hora de defender o que de melhor aconteceu no governo do presidente Fernando Henrique Cardoso. Não temos do que nos envergonharmos. Vamos confrontar números! Admitamos o que deu errado, mas partamos para a defesa do que deu certo! Todos os aspectos importantes do governo do PSDB precisam ser exaltados agora.
    Chega de ficarmos evitando o confronto preocupados com a suposta aprovação social do governo atual. Os resultados das urnas mostraram que a metade do país não está satisfeita.
    Temos muito pouco tempo e poucas oportunidades para convencer um número ainda maior de pessoas e, assim, elegermos o SERRA.
    Vamos também nos preocupar com os que deixaram de votar no primeiro turno. Vamos chamar a todos para a responsabilidade do seu papel definidor.
    Quem não votou, não gostaria de vê este governo perpetuar-se e não quis participar de qualquer maneira deste momento difícil da vida política deste pais. Vivemos uma ditadura branca, se não se pode fazer oposição e quem teria condições para tanto, se esconde, como forma de evitar desgastes.
    Vamos mobilizar a sociedade, vamos fazer mais e melhor. Estamos com uma oportunidade fabulosa. Ainda há tempo!
    Vamos a vitória com SERRA Presidente.
    Onde puder ajudar, darei minha contribuição, como tenho feito aguerridamente nos últimos dias, ainda que isoladamente. No limite das minhas possibilidades pessoais, sei que prcurei esclarecer pessoas semples, que mudaram de voto, a partir da oportunidade de uma nova visão dos fatos.
    Digam para a sociedade o que representa tanto protecionismo e defesa de interesses escusos. As pessoas estão sedentas por motivos para votar contra este governos centralizador, que se pretende instalar definitivamente, com riscos ao totalitarismo.
    Chega de o rouba mas faz!; dos escândalos nunca esclarecidos ou que tenham efetivamente punido algém; Chega de dizer que não sabia, que não era com ele, e blá, bla’, etc…
    Onde está a verdadeira oposição deste País. O PSDB é o único a essa altura de fazer a diferença.
    Parabéns ao Aécio!
    Parabéns ao Povo Mineiro.

  2. nilzete nascimento alves Says:

    ESTAMOS JUNTOS NESTE SEGUNDO TURNO .
    APEZAR QUE ESTAMOS COM O GOVERNO E PREFEITO NO OUTRO LADO ,
    MAIS VAMOS JUNTOS COM FORÇA TOTAL ESPERAMOS E ESPERAMOS EM DEUS QUE O FAÇA O MELHOR PARA O NOSSO PAÍS .
    UM FORTE ABRAÇO

  3. Silvana makus Says:

    Acho que chegou a hora de todos os políticos do PSDB e DEM se unirem em prol da candidatura de José Serra para chegarmos à presidência.Eu acredito que temos muita chance mas terá que haver uma integração total.Agora é a hora ,temos que acreditar que unidos Políticos e povo Venceremos!vamos arregaçar as mangas e partir para luta.Não podemos mais deixar o Brasil nas mãos dessa facção criminosa”COMO DISSE o PRESIDENTE FERNANDO HENRIQUE “.O povo está do nosso lado ,ninguém aguenta mais os desmandos de um presidente que não soube honrar o cargo que lhe foi confiado pelo voto popular.Lembrem que HITLER tbém foi eleito pelo voto popular era um mito que se impôes pela violencia e depois matou 6 milhoes de judeus e levou a humanidade a uma das mais sangrentas querras. Populismo cruel leva a isso .Vamos então lutar com toda nossa força para mudarmos essa política suja que ameaça nossa Democracia .

  4. LUCIA MARIA DE OLIVEIRA FELIX Says:

    Paulo Williams, Para me engajar na campanha Serra aqui em Brasília, fui ao Partido, peguei material de campanha (jornal do Serra, bandeiras, adesivos) e fui para as ruas de Brasília, feiras, universidades, rodoviária, etc) e distribui muito material. Outra forma de campanha mais moderna é entrar no http://www.serra45.com.br e entrar para o Time Serra, e enviar mensagens a amigos, familiares, conhecer a vida e os passos do Serra nessa nova campanha que é o segundo turno. Vamos juntos por um Brasil melhor. Serra é + Brasil.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: