PSDB elege 53 deputados federais, 5 senadores e 4 governadores no 1º turno

O governador reeleito de Minas, Antonio Anastasia, com José Serra durante evento de campanha em Belo Horizonte

O PSDB comprovou nas urnas, mais uma vez, seu papel de destaque no cenário político de Norte a Sul do país. Além de José Serra ter sido escolhido por 33 milhões de brasileiros para a Presidência, levando o tucano ao 2º turno com a petista Dilma Rousseff, o partido elegeu já neste domingo quatro governadores – inclusive nos dois maiores colégios eleitorais do país (SP e MG). Além disso, a legenda terá em cinco unidades da federação (AL, GO, PA, PI e RR) candidatos que disputarão uma segunda rodada de votações em 31 de outubro, abrindo a possibilidade de o PSDB comandar o maior número de estados a partir de 2011. No Congresso, a princípio serão 53 deputados e 10 senadores – sendo cinco eleitos neste 3 de outubro – que exercerão mandato na próxima legislatura.

É importante ressaltar que o TSE considerou nulos os votos dados a candidatos enquadrados pela Lei da Ficha Limpa. A decisão foi fruto da indefinição do Supremo Tribunal Federal sobre a validade da legislação para o atual pleito. Caso vençam na Justiça posteriormente, esses políticos terão seus votos considerados válidos e deverá haver nova proclamação de resultados. Isso pode levar a uma mudança do cálculo das bancadas e do quadro dos eleitos, tanto no Congresso quanto nos governos.

Na Câmara, 28 integrantes da atual bancada conquistaram a reeleição (nomes em negrito na lista abaixo). O secretário-geral do PSDB, Rodrigo de Castro, que já havia sido o deputado federal mais votado em MG em 2006, repetiu o feito: 271 mil pessoas o apoiaram nas urnas. No Senado, obtiveram um mandato até 2018 os seguintes tucanos: o ex-governador de Minas Gerais Aécio Neves; o ex-deputado federal Aloysio Nunes Ferreira (SP), que teve 11 milhões de votos no berço político do PSDB; o deputado federal Paulo Bauer (SC), além de Lúcia Vânia (GO) e de Flexa Ribeiro (PA), ambos reeleitos (nomes em negrito na lista).

O PSDB tem mais cinco senadores titulares com mandato até 2015: Alvaro Dias (PR), Cícero Lucena (PB), Mário Couto (PA), Marisa Serrano (MS) e Marconi Perillo, que foi para o 2º turno na disputa pelo Governo de Goiás.

Há, ainda, parlamentares das atuais bancadas do partido que disputaram cadeiras em outras Casas legislativas com sucesso. É o caso do presidente nacional do PSDB, senador Sérgio Guerra (PE), eleito deputado federal com a maior votação em sua coligação (167 mil), e do também senador Eduardo Azeredo (MG), que conquistou uma vaga na Câmara. Como já foi destacado, o deputado Paulo Bauer foi eleito senador em SC, enquanto o deputado Freire Junior obteve uma cadeira na Assembleia Legislativa de Tocantins. Já o deputado Rômulo Gouveia (PB) é vice do candidato a governador Ricardo Coutinho (PSB), que disputará o 2º turno.

Nos estados, os governadores tucanos eleitos derrotaram aliados do governo Lula. Em SP, Geraldo Alckmin foi escolhido para governar pela 3º vez o estado, comandado pelo PSDB há 16 anos. Já Antonio Anastasia, candidato à reeleição, venceu de virada as eleições em Minas Gerais, enquanto Beto Richa foi eleito governador do Paraná tendo o senador Flávio Arns como vice na chapa. Por sua vez, em Tocantins o partido ganhou com Siqueira Campos, que já ocupou o cargo. Os tucanos que concorrerão no 2º turno são: Teotonio Vilela Filho (AL), Marconi Perillo (GO), José de Anchieta Junior (RR), Simão Jatene (PA) e Sílvio Mendes (PI).

53,3 milhões
É o número de eleitores em SP, MG, PR e TO, estados onde o PSDB venceu a disputa para o governo já no primeiro turno.

Veja abaixo a lista dos candidatos a deputado, senador e governador pelo PSDB eleitos neste domingo:

Região Centro-Oeste

Goiás
Câmara: Carlos Alberto Leréia, João Campos e Leonardo Vilela
Senado: Lúcia Vânia

Mato Grosso
Câmara: Nilson Leitão

Mato Grosso do Sul
Câmara: Reinaldo Azambuja

Região Nordeste

Alagoas
Câmara: Rui Palmeira

Bahia
Câmara: Antonio Imbassahy e Jutahy Junior

Ceará
Câmara: Raimundo Gomes de Matos

Maranhão
Câmara: Carlos Brandão, Pinto Itamaraty e Helio Santos

Paraíba
Câmara: Ruy Carneiro e Romero Rodrigues

Pernambuco
Câmara: Bruno Araujo e Sérgio Guerra.

Região Norte

Acre
Câmara: Márcio Bittar

Amapá
Câmara: Luiz Carlos

Tocantins
Câmara: Eduardo Gomes
Governador eleito: Siqueira Campos

Pará
Câmara: Nilson Pinto, Wandenkolk Gonçalves e Zenaldo Coutinho
Senado: Flexa Ribeiro

Roraima
Câmara: Berinho Bantim

Região Sudeste

Espírito Santo
Câmara: Cesar Colnago

Minas Gerais
Câmara: Carlaile Pedrosa, Domingos Sávio, Eduardo Azeredo, Eduardo Barbosa, Marcus Pestana, Narcio Rodrigues, Paulo Abi Ackel e Rodrigo de Castro.
Senado: Aécio Neves
Governador reeleito: Antonio Anastasia

Rio de Janeiro
Câmara: Andreia Zito e Otavio Leite

São Paulo
Câmara: Bruna Furlan, Carlos Sampaio, Dib, Duarte Nogueira, Emanuel Fernandes, Edson Aparecido, José Aníbal, Julio Semeghini, Luiz Fernando Machado, Mara Gabrilli, Mendes Thame, Ricardo Tripoli e Vaz de Lima.
Senado: Aloysio Nunes
Governo eleito: Geraldo Alckmin

Região Sul

Rio Grande do Sul
Câmara: Nelson Marchezan Junior

Paraná
Câmara: Alfredo Kaefer, Delegado Francischini e Luiz Carlos Hauly.
Governador eleito: Beto Richa

Santa Catarina
Câmara: Jorginho Mello e Marco Tebaldi
Senado: Paulo Bauer

Tags: ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: