Considerações finais de Anastasia no debate da Globo Minas

 

Abaixo, confira transcrição de trechos da participação de Anastasia no debate da Globo Minas

SEM REVISÃO

Programas do Governo do Estado para as estradas estaduais

O tema das estradas é muito importante. Vamos lembrar que nós temos estradas federais e estaduais. Nas estradas estaduais, o Governo de Minas, ao longo dos últimos oito anos, com o governador Aécio Neves e agora comigo, nós fizemos uma verdadeira revolução. Fizemos dois grandes projetos, o Proacesso, que levou para 200 municípios que não tinham ainda ligação por asfalto, eram estradas de terra. E fizemos o Pro-MG, para a recuperação das estradas estaduais em toda a Minas Gerais. E, ao mesmo tempo, estamos preparando agora o Caminhos de Minas, para interligar todo o Estado. Conseguimos fazer 50% de toda a malha rodoviária do Estado.

Rodovias federais e Anel Rodoviário de Belo Horizonte

Sobre as estradas federais, que são de responsabilidade da União, de fato, é necessário que elas sejam duplicadas, são grandes eixos e nós temos aqui a responsabilidade de todos os mineiros da bancada federal, do governador do Estado, de apresentarmos as propostas e as alternativas. No caso do Anel Rodoviário, por exemplo, houve um problema recente na licitação, por parte do Dnit. Imediatamente, como governador de Minas, fiz contato com o Ministro dos Transportes, oferecendo que o Estado possa fazer a licitação. Por que motivo? Porque nós mostramos competência, fizemos a Linha Verde, fizemos a Cristiano Machado, fizemos a Antônio Carlos, fizemos o Boulevard Arrudas, tudo de acordo com as melhores técnicas e em pouco tempo. Então, temos condições de fazê-lo.

BR-381

A BR-381 é a mais importante e prioritária obra federal em Minas Gerais, a Rodovia da Morte. Nós precisamos ter a sua duplicação. Lamentavelmente, o governo federal ainda não conseguiu apresentar o modelo adequado. É verdade que já manifestou interesse, começou a cogitar a licitação, mas o tempo se prolonga. A licença ambiental, por exemplo, foi concedida pelo Estado há três anos e nós estamos ainda aguardando o início das obras. Coloquei em meu plano de governo, inclusive, a possibilidade de termos estradas estaduais alternativas, enquanto essa obra federal não se realiza. Vamos nos empenhar de maneira firme, para que essa obra seja feita logo. E sabemos, de maneira muito clara, que estas estradas não só preservam a vida, mas também levam o desenvolvimento, geram empregos, permitem a circulação das riquezas, ou seja, a estrada é uma abertura fundamental para que todos os mineiros interajam, cheguem aos seus lares. Vamos trabalhar firme para que as estradas estaduais e as estradas federais em Minas sejam estradas modelares.

Metrô de Belo Horizonte

O metrô é uma empresa federal. Com a determinação que temos, juntamente com o prefeito Marcio Lacerda, já apresentamos propostas alternativas para que haja realização da obra do metrô, inclusive com parcerias privadas, aguardamos ainda a resposta do governo federal.   Essa proposta foi levada, inclusive, pelo então governador Aécio Neves  e pelo então prefeito Fernando Pimentel. Aguardamos e precisamos que o metrô avance, especialmente para Copa do Mundo e para melhorar o trânsito na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

Rio São Francisco

O tema do Rio São Francisco é muito importante e, de fato, o Governo de Minas tem uma posição firme. As informações sobre o destino das águas vêm do relatório de impacto ambiental, apresentado ao Ibama pelo próprio governo federal, são dados do próprio governo federal, portanto, que aludem a esses 60%, que mencionam esses 60%. E o pedido para essas barragens que foram feitas em território mineiro também veio do governo federal e nós estamos analisando para negar essas propostas e esses projetos que não interessam a nós mineiros e à revitalização do Rio São Francisco. O meio ambiente é muito importante e nós sabemos que a sua manutenção significa não só a qualidade de vida hoje de nós mineiros, mas das futuras gerações. E água é algo fundamental, porque água é uma grande riqueza. No futuro, os povos guerrearão por água e Minas é a caixa d´água do Brasil. Vamos manter o nosso Rio São Francisco, vamos revitalizá-lo de maneira muito firme.

Avanços nos indicadores da saúde em Minas Gerais

É bom esclarecer de modo muito claro as coisas aqui em Minas Gerais. Fizemos muito na área as saúde. Não fizemos tudo, porque nenhum governo consegue fazê-lo. Mas eu queria deixar, mais uma vez, bastante transparente, que nós conseguimos melhorar todos os indicadores da saúde. Nós reformamos 130 hospitais, aumentamos a distribuição de remédios gratuitos, fizemos unidades básicas de saúde. Minas é hoje o Estado que tem o maior número de equipes de Saúde da Família. Nós conseguimos melhorar, por exemplo, através dos Centros Viva Vida, a taxa de mortalidade infantil que caiu em 22%. São indicadores muito bons, mas temos que continuar evoluindo nesse ponto.

Agora, é interessante observar que determinados candidatos que nunca se preocuparam com a questão da saúde em Minas Gerais, que foram e ocuparam cargos de prestígio, surgem agora como defensores da saúde, querendo iludir e mostrar às pessoas, que nada foi feito. Eu evoco aqui e chamo o testemunho dos mineiros, do que o governo Aécio Neves fez ao longo desses últimos anos. O que foi feito na área da saúde, o que foi feito na área da educação, muita coisa. E nós sabemos que podemos e vamos continuar avançando. Na área da saúde, eu queira dizer que o nosso processo de descentralização já avançou demais. Nós vamos continuar fazendo as parcerias com as prefeituras, vamos continuar construindo os hospitais regionais e municipais, que vão atender de maneira muito efetiva a população, para permitir que as pessoas tenham a saúde mais próxima de sua casa. Esse é o grande desafio.

Agora, é bom lembrar que tudo isso se fez sob a égide do social, o social verdadeiro e não o social do discurso, que aparece agora na hora da campanha. O social que apresenta resultados, com ousadia, com metas, com programa bastante efetivo. Nós fizemos investimentos na área da saúde que aumentaram em 700% os recursos alocados neste segmento. E as pessoas percebem. É claro que vamos continuar evoluindo e evoluindo bastante. E eu quero dizer que a saúde é prioridade máxima do nosso governo. Foi de Aécio, é minha e será minha também no próximo mandato. Por que? Porque a saúde pública é aquilo que é mais importante para nós todos, porque cuida da nossa vida.

Promessas falsas, má fé e ataques de adversários para denegrir os mineiros

Então, eu peço de fato, a observação de cada um. Muito cuidado, nesse momento eleitoral, com as afirmativas que não têm nenhum amparo na realidade. Têm por objetivo, tão somente, iludir e lançar uma mancha ruim sobre aquilo que foi feito. As candidaturas não podem querer destruir, porque só podemos pensar na boa política se nós percebermos o avanço positivo e não criticando, destruindo, porque a crítica demasiada, ela desqualifica quem o faz, ela torna, na verdade, a inverdade uma realidade. E eu tenho certeza que as pessoas em casa percebem o que aconteceu em Minas Gerais ao longo desses anos.

É desconhecimento misturado com a má fé de tentar iludir as pessoas nesse momento eleitoral. Mas eu confio nos mineiros, porque eles conhecem a verdade e sabem o que foi feito.

Autonomia dos mineiros

Minas Gerais nunca aceitou e não aceita subordinação ou uma posição subalterna. O governador de Minas tem uma primeira preocupação com os mineiros. Deste modo, eu não acredito que qualquer que seja presidente, Serra, seja Dilma, Plínio, Marina, qualquer um deles terá condição de discriminar Minas Gerais ou qualquer outro estado da federação, porque isso não faz parte da democracia. Nós vamos manter uma posição de respeito, aliás, como Aécio e Lula tiveram durante esses anos, e agora eu também tenho com o  presidente da República, respeito e parceria. Isto é muito importante e que todos tenham consciência disso pela posição histórica e de autonomia de Minas Gerais. E é interessante que agora no momento da campanha apareçam candidatos que dizem ter prestígio, prestígio para conseguir  as obras, e durante esses anos tiveram no centro do poder e essas obras não apareçam. Faltou  o quê? Prestígio ou faltou vontade? Não sabemos.

Investimentos do Governo do Estado em saneamento básico

Em matéria de saneamento, nós temos um belo elenco de obras e ações importantes para mostrar. Primeiro, é bom lembrar que o saneamento hoje é considerado uma medida fundamental para melhorar a qualidade de vida e a saúde das pessoas. Onde há saneamento, os indicadores de saúde melhoram muito. E ficamos muito contentes em Minas Gerais com uma recente publicação do governo federal publicado em todos os jornais, colocando o ranking dos estados, a ordem dos estados de melhor saneamento. O primeiro, o Distrito Federal; o segundo é São Paulo e o terceiro é Minas Gerais, ainda que sejamos um Estado tão diferente e com regiões ainda tão desiguais, conseguimos um indicador muito bom na área do saneamento. Mas isso não pode nos tranqüilizar, ao contrário, temos que continuar investindo. Vou citar alguns exemplos. Primeiro, a constituição de uma subsidiária da Copasa, chamada Copanor, na região pobre de Minas, no Jequitinhonha, no Mucuri, no Norte. A Copanor já investiu centenas de milhões de reais do Tesouro do Estado, através dessa empresa, para levar água, abastecimento humano naquelas localidades que não tinham condições de receber um atendimento melhor. Foi um passo muito importante a favor dessas localidades.

Ainda mais: fizemos um programa chamado Linha Azul, no Rio das Velhas, com o objetivo da revitalização do Rio São Francisco, que eu reitero, nós somos contrários a sua transposição, mas favoráveis à sua revitalização. Os investimentos da Copasa no Rio das Velhas, em toda Bacia do São Francisco, têm diminuído bastante o grau de poluição. E, ao mesmo tempo, construímos mais de cem Estações de Tratamento de Esgoto por Minas Gerais afora, em todas as regiões, melhorando a qualidade das águas, quer no Sul, quer no Norte, quer no Triângulo. É um investimento muito grande que se realiza, na realidade proporcionalmente aos nossos recursos do que o PAC, porque o montante de recursos aplicados pela Copasa e pelo Tesouro do Estado é extremamente substancial na questão relativa ao saneamento. Mas vamos continuar investindo, em parceria com as prefeituras, em parceria com o setor privado. Aonde for possível, nós vamos continuar investindo em saneamento. E a Copasa é uma empresa modelo. Aliás, parabéns aos funcionários da Copasa que nos assistem. A Copasa foi eleita, mais uma vez, a melhor empresa de saneamento do Brasil e a sua qualidade é muito boa, é excepcional.

E a questão do saneamento, portanto, que é uma prioridade para nós, ela vai avançar, através dessa continuidade, na área do abastecimento e também na área do tratamento do esgoto, porque nós precisamos ainda ter um outro programa que está em execução em Minas Gerais: Minas Sem Lixões, para acabar com os aterros sanitários. Portanto, é muito complexa a tarefa do saneamento e estamos enfrentando-a com muita fibra, com muito ânimo e com excelentes resultados.
 
Redução da mortalidade infantil acima da média nacional e falsos dados repassados por outro candidato em relação aos investimentos em saneamento.

Reduzimos este indicador em 22% nos últimos anos, não houve nenhum Estado do Brasil que conseguiu indicador tão bom quanto o nosso. Vamos continuar melhorando. E a crítica pela crítica não leva a nada. E eu disse bem claro em relação ao volume de aplicações, a nossa Copasa recebe recurso da União alguma parte por empréstimo, não é doação. Ela é responsável pelo pagamento. Mais conhecimento, mais conhecimento da verdade é muito importante para administrar bem o nosso Estado de Minas Gerais.
 
Investimentos em segurança pública

O Fica Vivo, o Olho Vivo, o Plug Minas, o Poupança Jovem, o processo de integração das policias, tão aplaudido e reconhecido pelo Ministério da Justiça. O cinturão de segurança que se faz em Minas Gerais, desde 2005. Então, nós temos que reconhecer o que foi feito. Claro, que ainda falta muita coisa e a segurança pública é um processo. Minas é o estado que mais investe em segurança em relação ao seu orçamento. Isso conseguiu que nós melhorássemos os indicadores e ao mesmo tempo, as pessoas se sentissem mais seguras. Está uma situação ideal? Ainda não. Mas recentemente nós já temos números que colocam Minas Gerais em uma situação mais confortável no ranking brasileiro. Vamos continuar dando mais segurança e aumentando ainda mais o efetivo das políticas, que aumentamos em 10 mil homens só na Polícia Militar.
 
Escândalos nos Correios e declarações inverídicas do candidato do PMDB

Estamos vivendo uma grave crise de apagão postal e até uma crise política. Mas eu vou fazer a réplica estarrecido com o descompromisso do candidato (do PMDB) com a verdade. No bloco anterior, ele falava que foram vendidos 7 milhões de ações da Copasa e que isso representou R$ 700 milhões. A ação da Copasa, cada uma, é R$ 26. Multiplicado por 7 milhões de ações, nós temos R$ 160 milhões. Não existe nem perto de R$ 700 milhões. Acaba de falar que os reajustes dos servidores foram 0,45% em oito anos. Isso é patético e risível. A folha de pessoal do Estado, em oito anos, aumentou 89%. Claro que aquém do que gostaríamos. Mas isso demonstra de maneira clara o descompromisso absoluto do candidato com a realidade. Ele fecha os olhos e parece que agora na campanha só vem com fatos que são inverdades, que não têm amparo na realidade. Muito cuidado porque o medo é vir uma gestão dos Correios para cá. Muito perigosa e com base em mentiras.

No nosso governo, nós não toleramos e não admitimos corrupção em nenhum momento. Ao contrário do que ocorre em outras esferas, como os jornais permanentemente estão noticiando e relatando. Não só os jornais, as revistas, a televisão. Isso de fato nós não admitimos. Somos rigorosos, Aécio e eu, não toleramos a corrupção e eu vou continuar assim, com firmeza, com o que se refere à nossa honra, à nossa autoridade moral.
 
Novas propostas e continuidade aos avanços alcançados por Minas Gerais

Minas Gerais, de fato, é uma grande potência econômica e nos temos de ter uma obsessão que é agregar valor ao produto mineiro, ou seja, fazer com ele gere aqui em Minas mais riqueza. E como fazê-lo? Primeira etapa, nós temos que gerar uma infraestrutura para isso, uma infraestrutura social, econômica e física.  Fazer as estradas, os aeroportos, toda estrutura necessária de saneamento, de habitação, melhorar as escolas, a saúde, a segurança. Coisa que estamos fazendo. E os resultados estão aí e os mineiros acompanham e aplaudem o que foi feito no governo Aécio e agora no meu governo. Ou seja, criamos um ambiente propício e agora vamos dar um passo avante, vamos estimular  a vinda de novas empresas  para transformar estes produtos em Minas Gerais  através de uma legislação específica de incentivo.

Em meu plano de governo há proposta de criação de Desenvolvimento Regional  exatamente com esse objetivo. Aonde se produz café, vamos estimular as fábricas de beneficiamento do café. Aonde está o leite, vamos beneficiar as cooperativas e as fábricas que vão agregar valor ao leite, fazendo o leite em pó, o iogurte, o queijo. Da mesma forma, o minério de ferro, através das siderúrgicas. É um processo e isso vai levar a quê? Vai levar ao que é mais importante e que deve ser sempre a obsessão dos governos, a geração de empregos de qualidade. Porque um emprego de qualidade é fundamental. Um pai de família, uma mãe de família bem empregados, eles têm uma renda, eles têm dignidade. Ele vai melhorar a educação do seu filho, ele vai melhorar a saúde da sua família, ele vai melhorar as condições da sua casa. Então todos os governos têm que se esforçar muito pela geração de emprego. E eu fico muito feliz de ver que em Minas Gerais, nesses últimos meses, por exemplo, têm alcançado nesses itens excelentes resultados. O nosso PIB, o Produto Interno Bruto, que é o grau de riqueza de Minas, foi muito superior ao do Brasil e ao mesmo tempo, fomos o Estado, que proporcionalmente à sua população, mais gerou empregos de carteira assinada. Da mesma forma, atraímos mais empresas para Minas do que o Estado de São Paulo, pela primeira vez na nossa história.

Isso demonstra que nós estamos no caminho certo. Não podemos retroceder, não podemos voltar para trás. Temos que continuar avançando e, por isso mesmo, nesse avanço é que estamos apresentando essas novas ideias, sabendo que muito foi feito, mas ainda há muito o que fazer e por isso eu espero sempre a confiança dos mineiros para continuar a bela obra realizada em Minas pelo governador Aécio Neves e por toda a nossa equipe.
O governador de Minas tem a liderança desse processo de maneira muito enfática. Tem mostrado aos atores econômicos nacionais e internacionais essas riquezas de Minas, a geração de empregos aqui em Minas e a melhoria das condições para atrair mais empresas para Minas Gerais. Esse é o papel fundamental do governo em parceria com a sociedade, em parceria com os empresários. Vamos continuar nesse mesmo caminho, porque Minas vai bem e melhorará ainda mais.
 
Considerações finais

Em primeiro lugar, eu quero agradecer a você que nos acompanha até agora nesse debate. Mas agradecer ainda mais, durante esses últimos três meses da campanha, você me recebeu na sua casa, você me recebeu na sua cidade de maneira tão carinhosa e tão amiga. Juntamente com Aécio e Itamar Franco corremos toda Minas, mostrando as nossas ideais, as nossas propostas, o que fizemos. E nessas viagens, nos debates, nós vimos que fizemos muito por Minas, mas nada foi feito à toa. Foi feito com esforço para as pessoas e, mais do que isso, nós percebemos também que nós não fizemos tudo, até porque nenhum governo consegue realizar tudo. Qual é nosso estímulo agora nessa nossa candidatura à reeleição ao Governo de Minas Gerais? É continuar avançando, é continuar fazendo por Minas Gerais aquilo que sentimos que é a grande necessidade. É o avanço fundamental nas diversas políticas sociais, econômicas e de infraestrutura.

No próximo domingo, você vai decidir. Você vai decidir o futuro de Minas Gerais. É o eleitor mineiro soberano, autônomo, com base na sua história e na sua trajetória que de maneira livre vai decidir o nosso futuro. Compare as propostas, julgue o que nós fizemos ao longos dos últimos oito anos e tenho certeza que, lá dentro, você vai perceber que Minas avançou muito. Minas avançou e vai avançar mais inda. Por isso mesmo eu peço, peço o seu voto, o seu voto de confiança para Minas e pelo Brasil. Tenho certeza na vitória. Muito obrigada a todos.

Tags: , , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: