Anastasia quer novos programas para continuar avanços na segurança, educação e saúde

O governador Antonio Anastasia, candidato à reeleição, apresentou nesta quarta-feira, dia 22, durante entrevistas a três emissoras de rádio de Belo Horizonte, diversos pontos de seu Plano de Governo, que foi lançado no início deste mês com 365 compromissos com os mineiros para os próximos quatro anos. O governador ressaltou que os últimos oito anos foram extremamente positivos para Minas Gerais, com a apresentação de resultados expressivos em todas as áreas das políticas públicas.

Anastasia lembrou que este trabalho à frente do Governo do Estado é reconhecido pelos mineiros e a grande proposta é avançar nesses programas, com grandes inovações. “É por isso que queremos continuar e dar mais avanços a esses programas que fizemos em Minas nos últimos anos”, afirmou o governador, que concedeu entrevista às Rádios Liberdade FM, Band News FM e CBN.

A segurança pública foi um dos principais temas abordados pelo governador Antonio Anastasia, que chegou a ocupar o cargo de Secretário de Defesa Social, no primeiro mandato do governador Aécio Neves. Ele destacou que o modelo de segurança pública implantado em Minas, e tido como modelo pela Secretaria Nacional de Segurança Pública, foi fundamental para reduzir os indicadores de criminalidade a patamares de 10 anos atrás.
 

Segurança
Ele lembrou que uma das ações inovadoras de Minas Gerais foi o processo de integração das ações das polícias Militar e Civil, principalmente nas áreas de inteligência e políticas de prevenção à criminalidade.

“Mais importante que essa unificação foi o trabalho de inteligência e coordenação da ação dessas polícias, e ao mesmo tempo programas preventivos como o Fica Vivo! O resultado foi a queda dos indicadores de criminalidade, que voltaram aos níveis de 1999. Temos que melhorar mais estes índices, para que as pessoas se sintam seguras”, disse Anastasia.

As propostas do Plano de Governo do governador para os próximos quatro anos incluem a continuidade do processo de aumento do efetivo das polícias, que tiveram o acréscimo de 10 mil homens nos últimos anos. Anastasia também quer ampliar o programa Cinturão de Segurança nas divisas de Minas para impedir a migração do crime organizado de outros estados. Da mesma forma, o plano propõe uma ação mais ostensiva nas zonas rurais do interior do Estado e o combate e a repressão ao tráfico de drogas.

“Criamos este programa chamado Cinturão de Segurança, fortalecendo as Polícias Civil e Militar exatamente nas fronteiras do Estado e vamos aprimorá-lo. Estou propondo no Plano de Governo um novo programa chamado Segurança Rural, para proteger aquelas pessoas que vivem na zona rural e onde nós temos um número menor de efetivo e, ao mesmo tempo, temos que combater o consumo de drogas como o crack, por meio da prevenção, a repressão, através da Polícia Civil e também oferecer a parte terapêutica aos dependentes químicos”, afirmou Antonio Anastasia.
 
Saúde
O governador Antonio Anastasia destacou, durante as entrevistas, a importância das parcerias com as prefeituras e outras entidades para melhorar o atendimento à população de Minas Gerais na área de saúde. Além da construção de novos hospitais regionais, ele destacou que o seu Plano de Governo terá como principal objetivo a redução dos indicadores de mortalidade infantil e materna. Nos últimos anos, Minas Gerais já apresenta reduções nestes indicadores melhores do que a média nacional.

“Vamos continuar investindo muito em saúde. Estamos fazendo agora o Hospital Metropolitano do Barreiro, em parceria com Prefeitura de Belo Horizonte e investindo muito para reduzir os indicadores, por exemplo, de mortalidade infantil, de mortalidade materna, melhorando a saúde dos idosos com programa como o Mais Vida. Portanto, estamos desenvolvendo essas inovações. A saúde é uma prioridade fundamental”, afirmou.
 
Educação e valorização dos professores
Considerada um das maiores prioridades do Plano de Governo para os próximos quatro anos, a educação continuará tendo uma atenção especial, principalmente na melhoria das estruturas físicas das escolas, reforço escolar para os alunos e na valorização dos professores e profissionais do setor. O governador Antonio Anastasia lembrou que Minas Gerais lidera no país o ranking do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) do Ministério da Educação (MEC).

Depois da universalização do acesso à educação básica, o maior foco do Governo do Estado nos próximos quatro anos, de acordo com Antonio Anastasia, será o Ensino Médio, com os programas destinados à contenção da evasão escolar e a melhoria da qualidade de ensino. Todos estes projetos passam pela valorização da carreira do Magistério.

“Houve uma evolução, mas essa evolução tem que continuar ainda mais e isso passa pela valorização da carreira do Magistério, tornando-a mais atraente. Temos que melhorar o ensino médio, com a contenção da evasão escolar. E para isso, criamos o programa Poupança Jovem para prestigiar os nossos alunos do ensino médio nas escolas públicas, que passam a ser o maior foco do Estado nos próximos anos. Queremos o primeiro lugar no Ensino Médio, assim como ocorreu no Ensino Fundamental”, disse o governador.
 
Valorização do Servidor
Antonio Anastasia destacou, ainda, o trabalho desenvolvido pelo Governo de Minas nos últimos oito anos para atender às reivindicações históricas dos servidores públicos estaduais e para a valorização da carreira. Os resultados diretos puderam ser observados com a regularização do pagamento dos salários em dia, do décimo terceiro em parcela única e no reajuste para todas as categorias.

Para avançar nestas conquistas, o Plano de Governo para os próximos quatro anos prevê o envio de um projeto de lei à Assembleia Legislativa para que o reajuste do funcionalismo possa ser feito, como base na variação da arrecadação do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

“Os servidores são testemunhas do esforço feito pelo governo e há o meu compromisso, no Plano de Governo, de apresentar novamente à Assembleia, como fizemos em 2006, o projeto de lei, agora com as reformas necessárias, adequações, para que os servidores tenham os reajustes anuais com base na variação do ICMS. O ICMS é o grande tributo do Estado e como a arrecadação tem subido, tenho certeza que os reajustes também serão muito positivos a partir de 2011”, disse Antonio Anastasia.
 
Geração de Empregos
Durante as entrevistas às emissoras de rádio, o governador revelou que gostaria de ser reconhecido, no futuro, pelo grande número de empregos gerados em Minas Gerais e pela redução das desigualdades regionais.  Segundo ele, depois de todos os investimentos que foram realizados em infraestrutura, o grande objetivo é conseguir diversificar a economia do Estado, com a agregação de valor aos produtos. Estes são os pilares do programa que prevê a criação das Zonas de Desenvolvimento Regional, previsto no Plano de Governo.

“Tenho uma grande vontade de ser reconhecido como o governador dos empregos. Vamos continuar nos esforçando porque ainda temos muitas desigualdades regionais no Estado e temos a necessidade cada vez maior de diversificar a economia de Minas e agregar valor aos nossos produtos. Com a infraestrutura pronta, podemos atrair empresas e conceder incentivos tributários e de crédito específicos, em troca da garantia da geração de empregos e da atração de uma cadeia de fornecedores. Isso vai gerar uma situação econômica muito positiva para Minas”, concluiu Antonio Anastasia.

Tags: , , , , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: