Anastasia apresenta propostas para ampliar atendimento da educação básica em Minas Gerais

Antonio Anastasia, Aécio Neves e Itamar Franco se emocionam ao serem recepcionados com “chuva” de pétalas de rosas preparada por moradores de Barbacena. Foto Victor Schwaner / Nitro

O governador Antonio Anastasia, candidato à reeleição, o ex-governador Aécio Neves e o ex-presidente Itamar Franco, candidatos ao Senado, se emocionaram com a festa preparada pelos moradores de Barbacena para recebê-los, na manhã deste sábado, dia 11. A cidade das rosas recepcionou os candidatos com uma verdadeira “chuva” de pétalas durante a passagem pelas ruas do centro de Barbacena.

Anastasia aproveitou a visita para levar aos moradores da cidade as propostas de seu Plano de Governo para o período de 2011 a 2014, lançado nesta semana em Belo Horizonte. Durante entrevista, o governador destacou as propostas, programas e metas que quer aplicar com o intuito de melhorar ainda mais os indicadores da educação do Estado. Minas Gerais lidera no país o ranking do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) do Ministério da Educação (MEC).

“Minas Gerais já evoluiu bastante. Temos hoje um Ideb que é o melhor do Brasil, do Ministério da Educação, que muito nos honra, mas sabemos que temos de avançar ainda muito. E esse avanço vai significar, cada vez mais, novas metodologias, melhoria da estrutura física das escolas, mas, em especial, a valorização dos professores e um programa inovador que estamos lançando: o Professor da Família, com o objetivo de ajudar aqueles alunos que estão com alguma deficiência escolar”, disse o governador.

A proposta do programa “Professor da Família” é criar um atendimento nos moldes do Programa Saúde da Família (PSF), em que o médico presta atendimento nos lares. O novo programa vai garantir um reforço escolar para alunos das escolas públicas estaduais de municípios de até 50 mil habitantes. Os alunos que precisarem do reforço receberão  em casa a visita de um professor, a cada 15 dias. Mais perto da família, os educadores poderão interagir com pais e estudantes sobre a escola, os deveres de casa, as dificuldades dos alunos e as necessidades de pais e familiares no campo da educação.  

Valorização dos professores
Anastasia também destacou que a valorização dos professores é sua prioridade, já que educação e magistério fazem parte de sua vida pessoal desde o seu nascimento. “Educação pública é uma prioridade muito grande. Falo isso com muita tranquilidade, primeiro por ser professor, de uma escola pública, de uma universidade pública, filho e neto de professoras do Estado. Educação é a nossa garantia do futuro”, afirmou.

De 2003 a 2009, 100% das escolas estaduais receberam melhorias de infraestrutura, 100% das escolas foram beneficiadas com aquisição de mobiliário e equipamentos e 126 novos prédios de escolas rurais foram atendidos com construção, ampliação ou reforma. As Escolas em Tempo Integral foram expandidas para 1.919, atendendo 105.000 alunos em 4.300 turmas.
 
Chuva de pétalas
Antonio Anastasia, Aécio Neves e Itamar Franco foram recepcionados por centenas de pessoas na Rua XV de novembro, no centro de Barbacena, também conhecida como a “cidade das rosas”. Do alto dos prédios e casarões históricos, os moradores homenagearam os candidatos com chuvas de pétalas de rosas.

Emocionado, Anastasia destacou a importância histórica de Barbacena para Minas Gerais. Ele lembrou que a cidade foi palco de um dos mais importantes episódios do cenário político do Estado. “Barbacena é uma terra especial. É uma cidade muito importante na nossa política, terra da revolução liberal, com famílias políticas, com o povo que gosta muito de política. Uma cidade muito relevante na economia e na história de Minas Gerais e, portanto, vim aqui com muita honra nessa caminhada, honrando o passado, o presente, mas, mais importante, o futuro da querida Barbacena”, disse o governador.

Ao discursar para os eleitores na Praça dos Andradas, o ex-governador Aécio Neves voltou a defender empenho para acabar com o excesso de concentração de recursos nas mãos da União. Ele se comprometeu a lutar, junto com Itamar Franco, pelos interesses dos municípios mineiros junto ao governo federal. “O Senado precisa de pessoas comprometidas com o Estado e com os municípios”, afirmou.
 
Saúde
O governador Antonio Anastasia também se comprometeu, caso reeleito, a manter os altos investimentos do Governo do Estado em Barbacena na área da saúde. Durante os governos Aécio Neves/Antonio Anastasia, foi atendida uma antiga reivindicação dos moradores de Barbacena: a construção do Hospital Regional. Além disso, a Santa Casa de Misericórdia recebeu cerca de R$ 8 milhões para melhorias e modernização do atendimento à população de Barbacena.

“A continuidade desses investimentos e, cada vez mais, transformando a saúde de qualidade próximas às pessoas, com hospitais regionais, e certamente aqui também vamos investir mais ainda no ProHosp, para termos um atendimento com segurança”, disse Anastasia.

Plano de Governo do governador Antonio Anastasia
Propostas e ações para o Ensino Fundamental, Ensino Médio,
Educação de Jovens e Adultos e Formação Profissional de 2011 a 2014

 

• Implantar, com reajustes anuais, as novas tabelas de remuneração dos servidores da Educação, a partir de janeiro de 2011, e manter o Prêmio por Produtividade com pagamento anual;
 
• Ampliar o número de alunos em tempo integral nas escolas, para que as crianças possam receber maior atenção. Hoje são 105 mil crianças nessa condição. Em quatro anos, esse número deverá atingir 350 mil;
 
• Ampliar as oportunidades de acesso à educação profissional técnica de nível médio, disponibilizando 400 mil novas vagas no Programa de Educação Profissional (PEP);
 
• Implantar o Programa Professores da Família em municípios com até 30 mil habitantes e Índice de Educação Básica (Ideb) menor do que a média estadual. O programa visa garantir a alunos das escolas públicas estaduais a visita periódica de professores da família, para interagir com os pais e alunos sobre a escola, os deveres de casa, suas dificuldades e necessidades no campo da educação;
 
• Ampliar o número de vagas no turno diurno destinadas ao ensino médio, dos atuais 60,32% para 75%, em quatro anos;
 
• Contemplar os professores das Apaes na política de valorização do servidor;
 
• Fortalecer a equipe do Programa de Intervenção Pedagógica (PIP) que atua na implementação do Projeto Alfabetização no Tempo Certo e ampliar a abrangência do programa para as demais séries do ensino fundamental, incluindo, especialmente, orientação didático-pedagógica e apoio às escolas para o ensino de matemática e ciências;
 
• Ampliar o Programa Escola Viva, Comunidade Ativa, para garantir o acesso e permanência na escola de todos os alunos com necessidades especiais;
 
• Promover a segurança na escola e seu entorno mediante parcerias com a Polícia Militar, prefeituras, Ministério Público, Conselho Tutelar, Juizado da Infância e da Juventude, Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds) e outras instituições;
 
• Promover a melhoria das condições do transporte escolar para alunos da rede pública;
 
• Adotar, na preparação da merenda escolar, o Programa de Educação Alimentar voltado para a saúde das crianças e jovens;
 
• Ampliar a abrangência da Rede Mineira de Formação Profissional Técnica de Nível Médio, dos atuais 155 para 200 municípios;
 
• Desenvolver programas de alfabetização para jovens e adultos, especialmente nas regiões onde a taxa de analfabetismo supera a média do Estado;
 
• Manter o projeto Veredas, destinado à formação, em curso normal superior, de professores dos anos iniciais do ensino fundamental;
 
• Implantar e manter a Rede Mineira de Formação de Educadores, constituída por universidades credenciadas pela Secretaria de Educação, para o desenvolvimento profissional dos servidores;
 
• Instalar, no espaço atualmente ocupado pela Secretaria de Estado da Educação, o campus da Cidade Educativa, um centro de formação de recursos humanos para a área educacional, especialmente preparado para receber, simultaneamente, 400 servidores;
 
• Desenvolver e implantar o sistema de certificação ocupacional de professores;
 
• Construir 400 Casas-Escola, preferencialmente no meio rural;
 
• Promover o exame de certificação ocupacional de gestores educacionais, condição necessária para ocupar o cargo de diretor de escola e para concorrer a uma vaga no mestrado profissional em Gestão Escolar.

Anúncios

Tags: , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: