Aécio agradece apoio recebido e destaca ações para a redução da pobreza no Estado

Em visita ao Vale do Jequitinhonha, ao lado de Anastasia e Itamar, Aécio diz que mineiros não querem o fim do desenvolvimento. Foto Emmanuel Pinheiro

O ex-governador Aécio Neves, candidato ao Senado, demonstrou nesta sexta-feira, dia 3, enorme satisfação pelo apoio aos candidatos da Coligação “Somos Minas Gerais” recebido da população e lideranças políticas de todas as regiões do Estado.  Para o ex-governador, esse reconhecimento é fruto do trabalho que ele e o governador Antonio Anastasia, candidato à reeleição, desenvolveram nos últimos oito anos, firmando parcerias com todos os 853 municípios mineiros. Aécio, Anastasia e o ex-presidente Itamar Franco visitaram na tarde desta sexta-feira os municípios de Araçuaí e Almenara, no Vale do Jequitinhonha.

Aécio Neves destacou que ele e Anastasia sempre pautaram as ações e investimentos do Governo do Estado com o intuito de contribuir para a redução da pobreza e da desigualdade social entre as regiões mineiras.  Em Araçuaí, Aécio e Anastasia foram acompanhados por 1.500 pessoas, segundo cálculos da Polícia Militar, durante caminhada que fizeram pela cidade.

“Estou muito feliz de poder, depois de quase oito anos como governador, viajar por Minas Gerais e receber sempre essa manifestação de apreço, de carinho e de reconhecimento de um trabalho sério que fizemos em Minas durante todos esses anos. E não somos nós que dissemos isso. É a população de Minas Gerais, a população do Norte, dos Vales do Jequitinhonha e do Mucuri”, declarou Aécio Neves.
 
Reconhecimento da ONU
Além da população e das lideranças políticas, o trabalho desenvolvido pelo Governo de Minas também obteve reconhecimento internacional. Um relatório da Organização das Nações Unidas (ONU), divulgado em março deste ano, aponta que Minas Gerais conseguiu alcançar antecipadamente várias metas estipuladas com o objetivo de reduzir a pobreza extrema pela metade até 2015.

Pactuados em 2000 por 191 nações, os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio se resumem em oito metas: erradicar a extrema pobreza e a fome; oferecer educação básica de qualidade a todos; promover a igualdade entre os sexos e a autonomia das mulheres; reduzir a mortalidade infantil; melhorar a saúde materna; combater o HIV/AIDS, a malária e outras doenças; garantir a sustentabilidade ambiental; e estabelecer parcerias para o desenvolvimento.De acordo com o relatório da ONU, Minas Gerais reduziu a proporção de pessoas pobres de 53,5%, em 1991, para 25% em 2008. A meta prevista para 2015 era de 26,8% do total da população.

A taxa de mortalidade infantil em Minas também apresentou significativa redução. Em 1994, ela era de 181 crianças menores de cinco anos para cada 1.000 nascidas vivas. Este número caiu para 17 crianças em 2008 em Minas. A meta estipulada pela ONU para a taxa de mortalidade infantil para 2015 era de 60,4 crianças para cada 1.000 nascidas vivas.

O cumprimento antecipado em Minas das metas da ONU para erradicar a pobreza no mundo se deve ao novo ordenamento da gestão administrativa do Estado, implantado com o Choque de Gestão, como ficou chamado o conjunto de medidas adotadas em 2003 para recuperar as finanças do Estado. Com as contas organizadas, o Estado retomou o crédito internacional, recuperou a capacidade de investimentos e garantiu o crescimento econômico e social da população. 

Prioridade nos investimentos
De 2003 a 2009, o Governo de Minas investiu R$ 4,7 bilhões em ações de redução da pobreza e das desigualdades regionais.  O Norte de Minas e os Vales do Jequitinhonha e Mucuri são os que têm recebido o maior investimento per capita. Neste período, para cada um real investidos nas outras regiões do Estado, o Governo do Estado investiu o dobro no Norte e vales do Jequitinhonha e Mucuri.

“Pela primeira vez na história de Minas Gerais, gastamos mais por habitante nesta região Norte, Jequitinhonha e Mucuri, do que no restante do Estado. A realidade das nossas estradas está aí. Não é ninguém que vai dizer isso. As pessoas comprovam isso. Os investimentos na saúde e na educação aumentaram. Há um processo em andamento em Minas Gerais, hoje, que não deve ser interrompido em benefício dos mineiros”, disse o ex-governador.

Pelo Proacesso, foram mais R$ 317 milhões na pavimentação de 24 trechos, totalizando 641 quilômetros. Ainda estão em andamento outros 15 trechos (477 quilômetros), com investimentos de R$ 290 milhões e previsão de conclusão para o final deste ano.

Na saúde, foram R$ 232 milhões na macrorregião Nordeste, com população estimada em 938 mil habitantes. Já na educação, somente com a reforma de 410 escolas, o Governo do Estado investiu R$ 88 milhões, beneficiando 229 mil alunos.

No saneamento básico, o Estado criou a Copanor, subsidiária da Copasa, que está levando água tratada e esgotamento sanitário para as regiões mais pobres de Minas Gerais. As tarifas cobradas são reduzidas e subsidiadas pelo Governo do Estado.
 
Pesquisas confirmam crescimento de Anastasia
A nova pesquisa Datafolha divulgada nesta sexta-feira, dia 3, confirma a disparada da candidatura de Antonio Anastasia na preferência dos eleitores mineiros. Na medição do Datafolha, o governador subiu 18 pontos nas intenções de voto no Estado em menos de um mês. Na pesquisa Datafolha realizada entre os dias 9 e 12 de agosto, Antonio Anastasia tinha 17% das intenções de voto. Nos números divulgados no dia 27 do mês passado, ele tinha 29%.  Agora Anastasia já tem 35% das intenções de voto.

O candidato do PMDB, Hélio Calixto Costa, continua caindo nas pesquisas. Ele ficou estacionado durante todo o mês de agosto e, na pesquisa de hoje, apresentou uma queda de três pontos, passando de 43% para 40%. A nova pesquisa Datafolha foi realizada nos dias 31 de agosto e 1º de setembro. Foram ouvidos 1.652 eleitores. A margem de erro é de dois pontos percentuais. A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MG) com o número 66737/2010.´

O crescimento da candidatura do governador Antonio Anastasia também foi comprovado pela pesquisa DataTempo/CP2, divulgada nesta sexta-feira. Na medição onde os eleitores declaram espontaneamente o voto ao candidato escolhido, o governador Antonio Anastasia tem 25% da preferência da população e está à frente do seu principal adversário que tem 24%.

Anúncios

Tags: , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: