Política moderna é a que alia conhecimento técnico à sensibilidade política, diz Anastasia

O governador Antonio Anastasia participou, em Belo Horizonte, de sabatina do jornal Folha de S. Paulo e do portal Uol. Foto Marcus Desimoni

O governador Antonio Anastasia, candidato à reeleição pela coligação “Somos Minas Gerais”, participou nesta terça-feira, dia 10, em Belo Horizonte, de sabatina promovida pelo jornal Folha de S. Paulo, na qual respondeu a perguntas de jornalistas de uma plateia de aproximadamente 200 pessoas. No início da sabatina, Antonio Anastasia afirmou que tem toda experiência política e administrativa para conduzir o Estado aos avanços que necessita nas áreas econômicas e sociais. Segundo o governador, a política que exerce à frente do Governo do Estado é moderna por se basear na união da gestão pública de qualidade com a sensibilidade política, passando ao largo dos métodos ultrapassados da “politicagem”.

“Nos dias de hoje, os políticos têm que ter conhecimento técnico e os técnicos têm que ter sensibilidade política. Na minha formação pessoal, me dediquei a vida inteira à administração pública, tanto na formação acadêmica, técnica, como a experiência. Em matéria de conhecimento e sensibilidade política, tenho plenas condições de exercer o Governo do Estado, mas não tenho experiência em politicagem e passo ao largo dela. ”, afirmou Antonio Anastasia.

O governador reiterou que no velho método, do político negativo, aquele que está envolvido nas denúncias, em demagogia e falsas promessas. Ele destacou que o projeto de governo defendido por ele, pelo ex-governador Aécio Neves e pelo ex-presidente Itamar Franco, candidato ao Senado, não comunga destes métodos ultrapassados da chamada “politicagem”.

 “O método novo de se fazer política é o que estamos fazendo aqui em Minas, com muita honradez, com muita probidade, com base e indicadores e resultados e que nos tornou um paradigma até internacional”, disse Antonio Anastasia, ao lembrar que a forma de administrar o Estado, implantada nas gestões Aécio Neves e Antonio Anastasia, é indicada como modelo mundial a outros países pelo Banco Mundial (Bird) e pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Antonio Anastasia destacou, durante a sabatina, que a construção de um novo projeto é um processo gradativo de avanço. “Nós representamos um projeto político que fala de uma continuidade, não de um continuísmo. De uma continuidade com permanentes avanços. Nós fizemos muito, mas falta muito mais para fazer”, afirmou.
 
 Desenvolvimento social

Antonio Anastasia citou o modelo de gestão adotado pelo Governo de Minas como o pressuposto para o Estado recuperar a capacidade de investir em áreas como saúde, segurança pública, educação e infraestrutura. Para ele, o País precisa encarar de frente a discussão nacional sobre a questão da gestão de qualidade, responsabilidade nos gastos públicos e planejamento nos investimentos. Segundo Anastasia, o Brasil atingirá um estágio mais elevado de desenvolvimento social, quando for adotada uma gestão pública de qualidade.

“O Brasil só vai ingressar no estágio de civilização que desejamos, quando tiver uma administração pública profissional. O atual Governo Federal, lamentavelmente, nunca deu valor a isso. Não vejo nos princípios, na concepção, na visão de mundo e de governo que tem os nossos adversários, o menor traço de preocupação”, afirmou o governador.

Confira íntegra da sabatina de Antonio Anastasia

Anúncios

Tags: , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: