Anastasia assina, nos EUA, contratos de financiamentos para Minas

Minas Gerais ganha nesta quinta-feira, dia 8,  mais US$ 598 milhões para investimentos nas áreas de educação, saúde, infraestrutura e meio ambiente. O governador Antonio Anastasia, candidato à reeleição pela coligação Somos Minas Gerais, assina nesta tarde, em Washington, nos Estados Unidos, contrato de empréstimo de US$ 137 milhões com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Os recursos serão aplicados em projetos de infraestrutura de transporte e logística como o Proacesso – maior programa de pavimentação de estradas do país – com 3.882 km de rodovias já asfaltadas ligando 152 municípios. Amanhã, Antonio Anastasia assinará outro contrato com o Banco Mundial (Bird) no valor de US$ 461 milhões. Ao todo serão contratados empréstimos no valor de US$ 598 milhões com os dois organismos de fomento.

Além do Proacesso, que ainda tem 68 obras em andamento de um total de 225 trechos a pavimentar, o empréstimo do BID atenderá o Programa de Recuperação e Manutenção Rodoviária do Estado de Minas Gerais (ProMG), que inovou o sistema de gerenciamento de rodovias estaduais, garantindo recuperação e manutenção constante das estradas. O ProMG já recuperou 12 mil km de rodovias em todas as regiões do Estado desde 2003. Os recursos do BID também serão destinados ao Proseg, programa que realiza intervenções para melhorar a operação do trânsito, com foco na segurança viária, como melhorias em sinalização e cruzamentos.

O governador será recebido nesta tarde, no BID, pelo vice-presidente de Países, Roberto Vellutini, e pela vice-presidente para América Latina e Caribe, Pamela Cox. No final da tarde, o governador se encontra, na Embaixada Brasileira, com o embaixador do Brasil nos Estados Unidos, Mauro Vieira.

Na sexta-feira, dia 9, Antonio Anastasia assinará contrato com o Banco Mundial (Bird) no valor de US$ 461 milhões. O recurso é um financiamento adicional ao Programa Parceria para o Desenvolvimento II que permitirá ao Estado acelerar sua recuperação dos efeitos da crise financeira e investir em iniciativas de redução da pobreza no Estado, com ênfase nas regiões do Norte, Jequitinhonha e Mucuri.  Entre as ações previstas, estão o combate à pobreza, obras de infraestrutura, melhoria da qualidade do ensino regular e profissionalizante, investimentos em saúde e profissionalização do serviço público, entre outras.

Tags: , , , , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: