Serra, Anastasia e Aécio discutem, em Uberaba, o futuro do agronegócio

O evento foi promovido pela Associação Brasileira dos Criadores de Gado Zebu (ABCZ). Foto Emmanuel Pinheiro/Nitro Imagens

O candidato do PSDB à presidencia da República, José Serra , ao lado do governador Antonio Anastasia e do ex-governador Aécio Neves falou do futuro do agronegócio brasileiro para pecuaristas, prefeitos e líderes políticos do Triângulo mineiro, em Uberaba. Assim que chegou ao aeroporto da cidade, José Serra lembrou da necessidade de se implantar o gasoduto na região para viabilizar a fábrica de amônia, além do esforço e dos investimentos feitos na região durante o governo Aécio e do atual governo para viabilizá-lo.

O ex-governador Aécio Neves explicou que foi firmado um compromisso entre a Cemig (Companhia Energética de Minas Gerais ) e a Petrobras para viabilizar a obra. O estado investiu R$ 500 milhões e não há justificativa, segundo Aécio Neves, para que a Petrobras não dê andamento à obra: “O que o governo federal e a Petrobras colocaram como obstáculo para que a planta de amônia fosse para Uberaba era que fosse construído o gasoduto e nós assumimos, objetivamente com a presidência da Cemig e a presidência da Petrobras, o compromisso do governo do Estado de construir o gasoduto. Investimos R$ 500 milhões e não há justificativa para que a Petrobras não adiante no sentido de garantir o início da planta, uma obra que é para três anos”. (veja trecho da entrevista)

Na sede da ABCZ (Associação Brasileira de Criadores do Gado Zebu), o ex-governador Aécio Neves falou das questões consideradas por ele como essenciais para garantir o pleno desenvolvimento do Triângulo Mineiro, como a infra-estrutura adequada, com estradas e postos de melhor qualidade para viabilizar o escoamento da produção. O investimento na melhoria genética do rebanho também foi defendida por ele. São investimentos como os que têm sido feitos no Estado é que tem garantido, segundo o ex-governador, que Minas Gerais cresça mais do que os outros estados brasileiros e até mesmo do que os Tigres Asiáticos. “Criou-se um ambiente adequado no estado para garantir novos investimentos. Em nenhum estado brasileiro gerou-se mais empregos do que em Minas Gerais”, frisou.

O governador Antonio Anastasia criticou a falta de autonomia de estados e municípios nas áreas e setores onde o estado tem que agir. Ele defende a criação de um sistema semelhante ao do SUS ( Sistema Único de Saúde) em áreas como a de meio ambiente para definir o papel de cada um. “Temos uma dívida ambiental, mas quem acaba pagando é o produtor rural. É preciso criar mecanismos para definir responsabilidades e torná-las mais cristalinas para a sociedade”, defendeu o governador mineiro.

Após o encontro na sede da ABCZ, José Serra, o governador Antonio Anastasia e o ex-governador Aécio Neves, além de outras lideranças tucanas, como o presidente do PSDB/MG, deputado Narcio Rodrigues, caminharam no calçadão da Rua Arthur Machado, no centro de Uberaba. Tomaram um cafezinho e comeram pastel, em uma lanchonete tradicional da cidade.

Fotos: Emmanuel Pinheiro/Nitro Imagens

Anúncios

Tags: , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: