Governador Antonio Anastasia apresenta modelo de gestão do Mineirão

O governador Antonio Anastasia durante coletiva no Mineirão - Foto Carlos Alberto/Imprensa MG

O governador Antonio Anastasia apresentou, nesta quinta-feira, dia 22, o modelo de gestão do Estádio Governador Magalhães Pinto (Mineirão) que será adotado após as obras de modernização do estádio para receber os jogos da Copa 2014. A proposta, semelhante à adotada com êxito em países da Europa e da Ásia, e ainda inédita no país, prevê um modelo de gestão compartilhada entre o Governo do Estado e iniciativa privada.

“Nosso objetivo é apresentar ao Brasil e ao mundo um estádio que vai servir à Copa das Confederações e à Copa do Mundo, mas que depois permaneça como uma arena de futebol, como um grande espaço multiuso para esportes, cultura e lazer. É um investimento expressivo e estamos inovando na questão da governança”, afirmou o governador em entrevista no Mineirão.

A exemplo das modificações realizadas nos maiores estádios da França, Alemanha e Cingapura, o novo modelo de gestão compartilhada do Mineirão garantirá o controle do estádio pelo Governo do Estado. Caberá à iniciativa privada a realização dos investimentos e execução da terceira etapa de obras de modernização do Mineirão, além da operacionalização e manutenção do estádio por 25 anos.

A primeira e a segunda etapas das obras do Mineirão estão sendo executadas com investimento de R$ 11,2 milhões, recursos próprios do Governo de Minas. Segundo o governador, os clubes também serão representados por meio da Federação Mineira de Futebol na definição dos valores dos ingressos. 

“A responsabilidade está bem clara. A determinação e o comando pertencem ao Governo, que é o dono do estádio. Os clubes terão as datas dos jogos, terão a receita. Então é um conforto de jogar em um local muito mais adequado para isso. E o mais importante, o grande beneficiado será naturalmente a torcida e aqueles que vão frequentar, os espectadores, a sociedade mineira. Teremos aqui um equipamento multiuso, extremamente moderno”, disse. 

Indicadores de qualidade

O novo modelo de gestão prevê contraprestação financeira do Estado, que pagará anualmente, ao longo de 25 anos, determinado valor pelo investimento. A empresa também terá receita vinculada à exploração das áreas comerciais do estádio. Para garantir qualidade na gestão do Mineirão, o Governo Antonio Anastasia estabeleceu indicadores de qualidade de prestação de serviços que a empresa vencedora do processo de licitação cumprirá. 

“O Estado vai pagar anualmente, ao longo de 25 anos, um valor pelo investimento e ela também terá uma certa receita, vinculada à exploração das áreas comerciais e também de determinados setores do estádio”, disse o governador.

O Governo do Estado fará o monitoramento da gestão do estádio. Técnicos do governo farão acompanhamento permanente para garantir o nível de prestação de serviço, como grau de satisfação dos torcedores e dos clubes de futebol; qualidade da manutenção da infraestrutura; limpeza das instalações, inclusive banheiros, satisfação dos usuários (torcedores, imprensa, clubes), entre outros.

Caso o consórcio não atinja os indicadores estabelecidos, o Estado poderá impor penalidades ao empreendedor, reduzindo a margem de receita e até mesmo interrompendo a concessão, assumindo integralmente a gestão do estádio.

Espaço multiuso 

O governador Antonio Anastasia acredita que os torcedores que forem ao Mineirão terão um espaço multiuso extremamente moderno. Segundo ele, esse modelo compartilhado de gestão entre o poder público e a iniciativa privada tem sido adotado em vários países. Com a modernização, o Governo de Minas pretende levar as famílias de volta ao estádio e fortalecer o futebol mineiro. 

“O nosso projeto tem por objetivo principal a Copa do Mundo, mas não é só a Copa do Mundo, nós temos que pensar depois da Copa do Mundo. É um investimento grande. Então nós temos que ter durante os anos que se seguirem à Copa do Mundo um equipamento que seja bem utilizado, bem usufruído pelos clubes e pela população de Minas”, afirmou.

Consulta Pública

Com o objetivo de garantir transparência e ouvir as contribuições de todos os interessados, o projeto para a terceira etapa de obras do Mineirão e o modelo de gestão compartilhada para o estádio serão levados à consulta pública a partir da próxima quarta-feira, dia 28. Documentos relativos a plantas arquitetônicas, descrição de modelo econômico adotado, minuta do contrato e do edital e caderno de encargos com as responsabilidades do Governo Antonio Anastasia e do concessionário estarão disponibilizados no site www.estadopararesultados.mg.gov.br pelo período de 30 dias. Qualquer pessoa poderá acessar o site, deixar sugestões e tirar dúvidas a respeito do projeto. 

Obras

A terceira etapa, prevista para ser iniciada em dezembro de 2010, está preliminarmente orçada em R$ 607,8 milhões, sendo R$ 370,3 milhões para intervenções no estádio e R$ 237,5 milhões para as obras da esplanada, anexos e estacionamentos. O valor final do investimento será conhecido com a publicação do edital de licitação, prevista para junho deste ano. 

Para viabilizar a realização das obras de modernização dos estádios, foi disponibilizada pelo BNDES linha de crédito no valor de R$ 400 milhões para cada uma das 12 cidades sedes da Copa de 2014. Este valor poderá ser utilizado pelo parceiro privado que vencer a licitação para realização das obras do novo Mineirão. 

Estão previstas intervenções como a cobertura das arquibancadas e a construção da esplanada no entorno do Mineirão, com estacionamento para 4.100 vagas e área de serviço, com lojas e restaurantes. Também será construída passarela ligando o Mineirão ao Mineirinho, arena que será usada como centro de apoio às atividades da Copa. 

As intervenções no estádio serão realizadas observando os padrões exigidos pela FIFA, garantindo mais segurança, visibilidade e conforto ao torcedor e melhores condições de trabalho para os profissionais que atuam no estádio em eventos esportivos e não esportivos.

Melhorias para torcedores 

O presidente do Comitê Executivo do Núcleo Gestor das Copas, Tadeu Barreto, disse que o governo realizou uma pesquisa para saber também quais as principais demandas do público para o estádio. “Os torcedores e frequentadores do Mineirão querem uma praça de alimentação, com bares e restaurantes, mais segurança e higiene”, disse.

O Mineirão entrou em obras em janeiro deste ano. Inicialmente, foram realizadas obras de correções estruturais. Em julho será iniciada a segunda etapa de obras com a demolição da “geral” e o rebaixamento do gramado em 3,5 metros para dar melhor visibilidade ao público. A partir dessa fase, o Mineirão será fechado ao público e os jogos dos times da capital serão transferidos para a Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, na região Central do Estado. No final do ano, os jogos poderão ser realizados também no estádio Independência, em Belo Horizonte. Os dois estádios estão sendo reformados e ampliados pelo Governo Antonio Anastasia.

O que muda no Mineirão 

Estacionamento com 4.100 vagas

Capacidade de público será de 69 mil torcedores

Gramado será rebaixado em 3,5 metros 

120 corredores e 250 catracas permitirão acesso de 100 mil espectadores/hora 

64 guichês de atendimento 

Vestiários remodelados 

Área para camarotes com oito mil metros quadrados

Área de imprensa ampliada, com a adequação dos estacionamentos para caminhões de grande porte, remodelamento das cabines de transmissão e realização de melhorias físicas e nos sistemas de telecomunicações 

Tribuna central com plataforma para câmeras, com capacidade para 1.375 observadores, mil mesas de trabalho e 300 postos para comentaristas 

Dois telões de alto desempenho, com dimensões de 12 x 6,8 metros, em tecnologia LED SMD 

Sistema de vigilância videodigital com monitoramente por câmeras internas e externas

Ingressos eletrônicos

Novas saídas de emergência

Leia também Transcrição da entrevista do governado Antonio Anastasia no Mineirão

Fonte: Agência Minas

Anúncios

Tags: , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: